Aprendendo sobre o Diabetes

Leia mais sobre como manter o controle sobre a doença

SAIBA MAIS
Vídeos

Assista vídeo-aulas e animações que o ajudarão no controle do diabetes

SAIBA MAIS
Fórum

Entre em contato com outros pacientes e com médicos especialistas

SAIBA MAIS
Sobre a LIDIA

A LIDIA foi criada por um grupo multidisciplinar de profissionais da área da Saúde ligados à UFRGS e ao Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Esse grupo constatou uma grande dificuldade de acesso à informação sobre Diabetes em Língua Portuguesa e em linguagem acessível aos pacientes e à comunidade em geral.

SAIBA MAIS
Entendendo o diabetes
O Diabetes Melito é uma doença crônica que apresenta diferentes classificações conforme a sua etiologia. Dentre os seus tipos, existe o diabetes melito tipo 1, que possui prevalência de 5-10% entre todos os casos de diabetes, e é mais prevalente em crianças e adolescentes. Entretanto, existem casos de diabetes melito tipo 1 em adultos, o qual é chamado de diabetes autoimune latente do adulto (LADA) ou de diabetes tipo 1 do adulto.  O diabetes melito tipo 1 ocorre devido a destruição das células beta do pâncreas por mecanismos autoimunes, o que ocasiona uma deficiência completa de insulina. A insulina é um hormônio que atua na entrada da glicose (“açúcar”) nas células insulino-dependentes do corpo humano. Ou seja, sem insulina a glicose não consegue entrar nessas células e acaba se acumulando na corrente sanguínea, o que gera a hiperglicemia (níveis altos de açúcar no sangue).  O que muitas pessoas não sabem é que o diabetes tipo 1 tem subtipos, chamados de 1A e 1B, que são diferenciados pela presença de anticorpos: -- O diabetes tipo 1A possui autoanticorpos positivos, podendo ser desencadeado por fatores genéticos ou por fatores ambientais. Alguns autoanticorpos que já foram identificados no sangue de indivíduos com diabetes tipo 1A são: anticorpo anti-ilhotas, anticorpo anti-insulina, anticorpo anti-desacarboxilase do ácido glutâmico, anticorpo antitransportador de zinco, anticorpo antitirosina-fosfatase IA-2 e IA-2B.  -- No diabetes tipo 1B, os anticorpos não são detectados, e a sua etiologia é considerada idiopática.  Independentemente dos subtipos, o diabetes tipo 1 tem início rápido e apresenta sintomas como polidipsia (aumento da sede), polifagia (aumento da fome), poliúria (aumento da frequência urinária) e perda de peso. Em uma a cada 3 pessoas o diabetes tipo 1 se apresenta inicialmente com cetoacidose diabética (leia mais no texto “Cetoacidose Diabética”, publicado em 15/12/2020).  O tratamento do diabetes tipo 1A e 1B é semelhante, e inclui insulinoterapia e medidas não farmacológicas, como exercícios físicos e dieta balanceada, que devem ser recomendados por um profissional de saúde capacitado.   Gabriela D. L. G. Scherer Débora Wilke Franco Gabriela Heiden Teló DIABETES MELITO TIPO 1 E SEUS SUBTIPOS

O Diabetes Melito é uma doença crônica que apresenta diferentes classificações conforme a sua etiologia. Dentre os seus tipos, existe o diabetes

Diabetes e Insuficiência Cardíaca

Você sabia que pacientes com diabetes mellitus (DM) tipo 1 e tipo 2 apresentam risco duas a quatro vezes maior para o desenvolvimento de insuficiênc

Hipoglicemia noturna

A hipoglicemia noturna é caracterizada pelo índice glicêmico menor do que 70mg/dL (estado de alerta) durante o período de sono, podendo ser chamad