Diabetes, e agora?

2 abril, 2017    tags: compartilhar diagnóstico

 

Ao receber o diagnóstico de diabetes, é normal inicialmente sentir-se confuso e um pouco perdido sobre como proceder diante dessa situação. O diabetes é uma doença crônica que necessita de controle regular e empenho do paciente e de sua equipe de atendimento. É fundamental que o paciente possa contar com uma equipe multidisciplinar de profissionais, porém mais que isso, é preciso haver uma participação ativa do paciente durante o seu tratamento. Seu médico, orientador físico ou nutricionista podem ouvir suas necessidades, aconselhá-lo na luta por seus objetivos e proporcionar-lhe informações, porém fica a cargo do paciente tomar as decisões que afetam a sua saúde e que geram mudanças.

Projetar um plano de tratamento junto com sua equipe é necessário para estabelecer algumas metas, e os métodos usados para tanto incluem, principalmente, planejamento alimentar e exercício físico, além de, frequentemente, incluir também um plano de medicação. Controlando o diabetes através de uma vida saudável, é possível prevenir ou retardar muitas complicações resultantes desta doença.

Buscar suporte na família ou em pessoas que também estiveram nessa situação também pode ajudar. O apoio e o estímulo de outras pessoas nesse momento podem ser mais eficientes do que tentar enfrentar tudo isso sozinho. Aprender sobre diabetes e esclarecer todas as dúvidas que surgirem ao longo do tempo ajudam a otimizar ainda mais o tratamento.

O segredo para tratar o diabetes pode estar em estabelecer pequenos objetivos de cada vez, e de forma bem clara. Sucesso é qualquer progresso e não apenas alcançar a meta final de imediato. O paciente com diabetes, mais do que qualquer outro envolvido, será o principal responsável pelas mudanças e pela melhora de sua saúde, buscando auxílio de profissionais e participando ativamente do seu tratamento.