Produtos DIET, LIGHT e ZERO. Qual a diferença?

5 maio, 2017    tags:

Produtos DIET, LIGHT e ZERO costumam causar confusão na hora da compra. Mas afinal, qual pode ajudar a emagrecer? E qual é mais indicado para quem convive com diabetes?

Os produtos DIET são aqueles em que é retirado um dos componentes nutricionais, como açúcares, sódio, gorduras, proteínas, entre outros. Esses alimentos são indicados para pessoas que tem restrições alimentares ou não querem consumir algum desses ingredientes, como, por exemplo, pacientes com diabetes. Por isso, não basta que a inscrição DIET venha impressa na embalagem. É preciso que o rótulo especifique qual nutriente foi retirado ou substituído. A maioria dos alimentos DIET disponível, por ser voltada a pacientes com diabetes, é isenta de açúcar ou possui açúcares de absorção lenta, embora possa conter gordura. O alimento DIET não é necessariamente menos calórico que o alimento tradicional. Por exemplo, chocolates e sorvetes DIET costumam ser mais calóricos do que o produto normal, pois acrescenta-se gordura para manter sabor e maciez ao produto.

O que faz um produto ser LIGHT é a redução em, pelo menos, 25% de algum nutriente como açúcar, gordura, sal e colesterol. Isso costuma reduzir o conteúdo energético, ou seja, reduz o número de calorias. Logo, costumam ser indicados em dietas para emagrecer. No entanto, para que a redução de peso aconteça, a quantidade deve ser similar a que se comeria do produto normal. Um grande erro é exagerar no consumo do produto LIGHT e acabar ganhando peso.

Por fim, os produtos ZERO possuem exclusão total de um ingrediente. Logo, existem produtos “zero açúcar”, “zero gordura”, “zero sódio”, entre outros. Grande parte dos produtos ZERO são reduzidos em calorias e açúcares, podendo ser utilizados tanto por pacientes com diabetes quanto por quem deseja perder peso.

Uma vez que a leitura dos rótulos pode ser difícil, sempre vale consultar um médico ou nutricionista no caso de dúvidas. Eles poderão lhe dizer se estes produtos são adequados ou não para a sua saúde.

Fonte: Dr. Mateus Dornelles Severo (texto adaptado)