Feminismos: algumas verdades inconvenientes

Carreira e Família

Episódio 11

Neste episódio, Fernanda Staniscuaski ( Instituto de Biociências  da UFRGS  ) conversa com Carolina Brito ( Instituto de Física da UFRGS ) sobre o impacto da família e em particular dos filhos na carreira das mulheres. Fernanda é fundadora e coordenadora de um projeto chamado “Parent in Science”, que foi criado para quantificar o impacto dos filhos na carreira das cientistas brasileiras e criar ações para mitigar tais impactos. Os estudos conduzidos pela equipe do projeto mostram que o nascimento do primeiro filho reduz muito a produção acadêmica das mulheres e permite que elas entendam quais são os mecanismos responsáveis pelo longo período até a retomada da  produtividade. Fernanda nos conta também como estes dados e o trabalho frente às instituições já trouxe alguns avanços para minimizar o impacto da família na carreira das mulheres.

Para quem quiser conhecer mais sobre este assunto, acesse gratuitamente a aula sobre "Carreira e Família ” com a Profa.  Fernanda Staniscuaski na plataforma Lúmina da UFRGS (https://lumina.ufrgs.br/).

Importante: em função da pandemia de Covid-19, os episódios EAD ainda não estão disponíveis.

Imagem representando o episódio do podcast
Logo do Napead Logo da Sead Logo da Ufrgs 85 Anos

O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Brasil (CAPES) – Código de Financiamento 001.