Ciência com Afeto

Episódio 12 - Trajetórias de pesquisa: o permanente “home office” das mulheres rurais

Episódio 12

Nesse episódio de Trajetórias de Pesquisa na Ciência com Afeto você conhecerá a trajetória de pesquisa e de vida da Jaqueline Patricia Silveira, que além de nos contar sobre desafios, medos e superações relacionados especialmente a sua vida acadêmica, apresentará alguns resultados preliminares de sua tese. Em sua pesquisa de doutorado, Jaqueline tem como tema principal o trabalho de mulheres inseridas em propriedades rurais que se dedicam à agroindustrialização de alimentos. 

Gravamos essa conversa quando a COVID-19 ainda não tinha chegado ao Brasil. E, nesse sentido, o que o mundo todo está vivendo atualmente em termos de distanciamento social e home office, não é bem uma novidade para as mulheres rurais. A pandemia tem evidenciado uma discussão que é muito cara ao mundo rural: a Divisão Sexual do Trabalho e a sobrecarga de trabalho das mulheres. Enquanto no contexto urbano, as mulheres geralmente saem de suas casas para trabalhar, retornando ao final do dia, o que torna clara a separação entre trabalho produtivo e reprodutivo, nas propriedades rurais essas atividades se misturam e os espaços público e privado se confundem o tempo todo. O "home office" é o cotidiano das agricultoras. 

E como essas reflexões podem trazer pistas para as mulheres, sejam as que vivem em espaços rurais, sejam as que vivem em espaços urbanos, para refletir sobre os modos como estamos vivendo? Se esse tema instiga sua curiosidade, vem com a gente nessas reflexões!

Esse episódio é apresentado por Fabiana Thomé da Cruz e Kellen Cristine Pasqualeto, contou com o apoio de Jaqueline Patricia Silveira, Daiana Schwengber e Gabriela Leal, com a edição de Fábio Tavares e com o apoio técnico de Luís Fernando Heckler.

 

Referências

- Documentário mencionado no episódio:

Sozinhas: a história de mulher que sofrem violência no campo. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=XEuJ9XT2yX8&t=70s

- Trecho do livro recitado por Gabriela Leal:

Torto Arado, de Itamar Vieira Junior. Editora Todavia, 2019.

Imagem representando o episódio do podcast
Logo do Napead Logo da Sead Logo da Ufrgs 85 Anos

O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Brasil (CAPES) – Código de Financiamento 001.