Fronteiras da Ciência

O coração pulsante da Via Láctea

Episódio 05 - Temporada 13

Em 2019 não só meio acadêmico, mas o mundo inteiro, ficou fascinado com a primeira imagem de um buraco negro, M87, obtida pela colaboração Event Horizon Telescope (EHT) integrando dados interferométricos, sinais de rádio coletados por oito radiotelescópios que cobriam quase todo o planeta: o processamento e análise bem sucedida de uma quantidade descomunal de informações nos mostraram, pela primeira vez, que "cara" tem (em rádio), um buraco negro supermassivo. Há poucos dias atrás, em 12 de maio de 2022, a equipe do EHT anunciou seu segundo feito, que foi imagear Sagittarius A* (Sgt A*), que ocupa o centro de nossa galáxia - a Via Láctea, superando novas dificuldades técnicas, muito mais complexas que as anteriores. Neste episódio, voltamos a conversar com a colega Thaisa Storchi Bergmann do Departamento de Astronomia do IF-UFRGS, especialista reconhecida internacionalmente neste tema, e avaliamos as primeiras impressões acerca desse fascinante feito tecnológico e científico. As imagens que vemos representam uma grande transformação, não só inaugurando uma nova era do estudo desses insólitos objetos astronômicos, como confirmando diversas predições astrofísicas acumuladas durante um século, e vindicando, mais uma vez, os acertos da Teoria da Relatividade Geral de Einstein. Pelo menos cientificamente, estamos a viver tempos maravilhosos.

Produção e edição: Jorge Quillfeldt
Créditos da Imagem: ESO/Jose Francisco Salgado (josefrancisco.org), EHT Collaboration

Imagem representando o episódio do podcast
Logo do Napead Logo da Sead Logo da Ufrgs 85 Anos

O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Brasil (CAPES) – Código de Financiamento 001.