Quer saber como é a resposta imune do hospedeiro à infecção pelo SARS-CoV-2?

A resposta fisiológica a uma infecção viral é geralmente iniciada após a replicação (multiplicação) do vírus. Assim que o vírus entra na célula, a célula infectada detecta a presença de replicação viral através de receptores de reconhecimento de padrões (PRR, na sigla em inglês), que são proteínas capazes de reconhecer os padrões moleculares associados aos patógenos. Os PRR reconhecem o RNA formado pela replicação viral e ativam a resposta celular ao vírus.

Há dois programas antivirais gerais: 1) mediado pela indução de alguns tipos de interferon (proteínas produzidas pelos leucócitos) e 2) mediado pela secreção de quimiocinas (proteínas que atraem células do sistema imunológico).

Porém, a resposta do hospedeiro a um vírus não é uniforme e as infecções podem ter diferentes graus de morbidade e mortalidade. Os autores caracterizaram a resposta do hospedeiro à infecção pelo SARS-CoV-2 e viram que ele induz uma resposta antiviral mais reduzida, marcada por baixos níveis de interferon e altos níveis de quimiocinas.

PARECE QUE CONHECIMENTOS SOBRE IMUNOLOGIA SÃO MUITO ÚTEIS PARA ENTENDERMOS COMO ESSE VÍRUS ATUA.

FONTE: Imbalanced Host Response to SARS-CoV-2 Drives Development of COVID-19. Blanco-Melo D, Nilsson-Payant BE, Liu WC, Uhl S, Hoagland D, Møller R, Jordan TX, Oishi K, Panis M, Sachs D, Wang TT, Schwartz RE, Lim JK, Albrecht RA, tenOever BR. Cell. 2020 May 13. pii: S0092-8674(20)30489-X. doi: 10.1016/j.cell.2020.04.026.