Quais os critérios recomendados pela Organização Mundial da Saúde para a liberação dos pacientes de COVID-19 do isolamento?

Preparamos um extrato do documento da Organização Mundial da Saúde (OMS) com orientações sobre a liberação dos pacientes do isolamento. Esses critérios se aplicam a todos os casos de COVID-19, independente da severidade da doença.

Os critérios iniciais divulgados pela OMS em documento anterior requeriam que o paciente estivesse clinicamente recuperado e tivesse dois resultados negativos no RT-PCR em amostras sequenciais com pelo menos 24 horas de diferença. Como esses critérios não eram viáveis para uso em alguns países, a OMS recomendou novos critérios, que não requerem testes moleculares.

• Pacientes sintomáticos: 10 dias após o aparecimento dos sintomas, mais três dias sem sintomas (incluindo ausência de febre e sintomas respiratórios). Por exemplo, se o paciente teve sintomas por dois dias, deverá ser liberado do isolamento após 13 dias (10 + 3 dias) da data do início dos sintomas. Se o paciente teve sintomas por 14 dias, deve ser liberado após 17 dias (14 + 3 dias) após o início dos sintomas. Um paciente com sintomas por 30 dias, deve ser liberado 33 dias (30 + 3 dias) após o início dos sintomas.

• Casos assintomáticos: 10 dias após o teste positivo para o SARS-CoV-2.

Os países podem continuar a usar o teste molecular como critério para liberação.

Evidências mostram a raridade das partículas virais que podem ser cultivadas a partir de amostras respiratórias nove dias após o aparecimento dos sintomas, especialmente em pacientes com doença leve, usualmente acompanhadas pelo aumento dos níveis de anticorpos neutralizantes e resolução dos sintomas. Portanto, parece seguro liberar os pacientes do isolamento com base em critérios clínicos, requerendo o tempo mínimo de isolamento de 13 dias. É importante notar que os critérios clínicos requerem que os sintomas do paciente estejam resolvidos por pelo menos três dias antes da liberação.

Apesar do risco de transmissão após a resolução dos sintomas ser mínimo, com base no conhecimento atual, ele não pode ser completamente descartado. Não existe nenhuma abordagem com risco zero.

Em pacientes com doença severa que ficaram sintomáticos por um período prolongado, uma abordagem laboratorial também pode auxiliar na decisão sobre a duração do isolamento. Essa abordagem laboratorial pode incluir medidas da carga viral (quantidade de partículas virais) e de anticorpos neutralizantes.

Leia o documento na íntegra.

FONTE: Criteria for releasing COVID-19 patients from isolation. Scientific Brief. Organização Mundial da Saúde. Publicado em 17 de junho de 2020.

21 respostas para “Quais os critérios recomendados pela Organização Mundial da Saúde para a liberação dos pacientes de COVID-19 do isolamento?”

  1. Bom dia! Meu marido iniciou sintomas de dores de cabeça dia 28/09, a dor persistiu no dia seguinte e a noite teve febre, no dia 30/09 colheu PCR e deu positivo, ficamos em isolamento social e ele isolado em um cômodo da casa, na sexta dia 02/10 eu colhi o meu e deu negativo, meu filho de 4 anos tb testou negativo. No dia 14/10 ele foi liberado p voltar às atividades mas o IGM de 4,7 reagente, ficamos receosos e ele ainda se mantém dormindo em outros quarto e permanecendo de máscara em casa..ele ainda pode estar positivo p transmitir o vírus?

    1. Oi, Nádia. IgM reagente significa possibilidade de ainda estar infectado e transmitindo o vírus, mas já se sabe que algumas pessoas apresentam IgM reagente muito tempo após a infecção ter acabado. Por precaução, o melhor é continuar com o que vocês estão fazendo: tomando cuidados para não se infectarem enquanto ele apresenta IgM reagente.

  2. meu namorado teve contato com uma pessoa que testou positivo dia 16.11 quanto tempo de isolamento ele precisa ficar lembrando que ele não esta sentindo nada ?

    1. Oi, Luisa. O prazo para o isolamento é, pelo menos, 14 dias após a exposição ao vírus. Mas nem todo mundo que é exposto ao vírus fica infectado. Talvez fosse bom o teu namorado fazer um teste para verificar. Como já se passaram 10 dias da exposição, não é mais esperado que ele tenha sintomas graves. Também já se passou muito tempo para o RT-PCR. O melhor seria ele esperar mais quatro dias para finalizar o isolamento e realizar o teste sorológico quantitativo, com coleta de sangue em laboratório, para ver IgM e IgG em separado.IgM reagente é associada à fase aguda da doença, com possibilidade de infecção ativa e transmissão do vírus. Esse anticorpo começa a aparecer nos testes, em média, entre 5 a 7 dias após a exposição ao vírus. Já IgG começa a aparecer após 14 dias e indica uma exposição ao vírus ocorrida há mais tempo. Com o passar do tempo, o esperado é que os resultados fiquem IgM não reagente e IgG reagente, significando que a pessoa teve a doença, mas não está mais com COVID-19.

  3. Uma pessoa que teve início de sintomas leves entre os dias 28 e 29 novembro e e após perceber que seguiu os sintomas mesmo sendo leves e entrou em isolamento no dia 03/12 e faz o exame PCR no dia 04, deve ficar até que dia de isolamento se ela já está no sexta ou sétimo dia de sintomas. Mesmo aguardando resultado do exame se ela cumprir o isolamento qual dia vai poder voltar às atividades.

    1. A recomendação da agência europeia é de que, após 3 dias sem febre acompanhado de melhora do quadro clínico, e desde que já tenham se passado 10 dias do início dos sintomas, pacientes leves podem sair do isolamento. Espero ter ajudado.

  4. Olá. Comecei a ter sintomas no dia 20/11, foram sintomas leves apenas coriza e perda de ofato. Dia 23/11 decidi ir ao médico, mesmo me deu o encaminhamento e me orientou a esperar mais alguns dias p realizar o exame, segui a orientação e no dia 27/11 mesmo sem mais nenhum sintoma (exceto a perda de ofato) fiz o exame e deu positivo. Meu esposo começou a ter sintomas (um pouco de tosse que durou 2 dias apenas e perda de ofato) 10 dias depois de mim, fez o exame que também deu positivo. Minha dúvida é: devo reiniciar minha quaretena e manter em isolamento até o final da quarentena dele?
    (Nós dois não temos mais nenhum sintoma exeto o ofato que já está voltando, temos sentindo uma melhora significativa nos últimos dias).

    1. Olá Talita,
      Vale o mesmo que para a gripe; se te curaste, não estás mais transmitindo. Não precisa seguir de quarentena. Espero ter ajudado.

    1. Olá Wernfried,
      Se vocês dois testaram positivo para COVID, podes ficar junto dele. Caso haja alguma dúvida sobre um de vocês estar ou não com COVID, vocês devem ficar distanciados um do outro. Espero ter ajudado.

  5. Não tive sintoma nenhum mas ontem resolvi fazer o teste rápido nasofaringe e testei REAGENTE, e meu marido testou NÃO REAGENTE. Entrei em isolamento social, mas quando devo fazer novo teste, e qual teste fazer, pra ter certeza que não estarei mais com o vírus? E o meu marido?

    1. Oi, Cristina. Os testes rápidos não são adequados para diagnóstico individual porque dão muitos resultados falsos. É provável que o teu resultado seja um falso-positivo. Faça teste sorológico quantitativo, com coleta de sangue em laboratório, para ver IgM e IgG em separado. IgM reagente é associada à fase aguda da doença, com possibilidade de infecção ativa e transmissão do vírus. Esse anticorpo começa a aparecer nos testes, em média, entre 5 a 7 dias após a exposição ao vírus. Já IgG começa a aparecer após 14 dias e indica uma exposição ao vírus ocorrida há mais tempo. Com o passar do tempo, o esperado é que os resultados fiquem IgM não reagente e IgG reagente, significando que a pessoa teve a doença, mas não está mais com COVID-19.

      1. Boa tarde começei a sentir os sintomas dia 27 de novembro e dia 04 fiz o teste do nariz ai depois de 08 dias recebi o exame e deu positivo e mais eu estou bem so estou cem ofato e hoje fez 15 dias ja posso sair do isolamento ou tenho que fazer outro exame

        1. Olá Victor,
          Se estás sem febre há mais de 3 dias e os outros sintomas melhoraram, podes sair do isolamento. Espero ter ajudado.

  6. Dia 28/11 tive contato com uma pessoa positiva para o vírus. A minha amiga que mora comigo começou apresentar sintomas no dia 02/12, porém eu não. No dia 07/12 fizemos o exame RT-PCR, o meu deu positivo e o dela negativo. Dia 09/12 eu fiz o teste rápido e deu negativo para o vírus. Minha dúvida é em relação a minha quarentena, já acabou? Eu refaço algum exame?

    1. Olá Eduarda,
      O teste rápido não deve ser usado para monitorar a infecção aguda. Deves permanecer em isolamento pelo menos 10 dias após a coleta do nariz e depois só sair se tiveres melhorado dos sintomas e sem febre por pelo menos 72h. Espero ter ajudado.

  7. Minha mãe e meu pai tiveram sintomas de covid iniciando no dia 30/11….Dores no corpo,perda de olfato e paladar,dor de cabeça,coriza. Tive contato com eles então iniciei o isolamento 4 dias depois comecei com sintomas eu e meu esposo,leves,coriza,perda de paladar e olfato e um pouco de tosse. Minha mãe fez o teste mais não saiu ainda o resultado (Sus)…ela e meu pai já estão bem melhor,eu e meu esposo sinto melhor a cada dia,sigo tratando em casa,muito líquido, chás, água enfim…minha dúvida é preciso fazer o exame após cumprir minha quarentena e sem nenhum sintoma,ou passando os dias e sem sintomas nenhum posso sair do isolamento sem necessidade de ir ao médico fazer o teste. Grata

    1. Olá Andressa,
      Não é necessário repetir o exame. Conte 10 dias a partir do início dos sintomas. Se nesse dia não tiveres tido febre por 72 e estiveres melhor dos sintomas, podes deixar o isolamento. Ainda assim, recomendo manter as medidas de proteção e distanciamento. Espero ter ajudado.

  8. Olá!
    Meu noivo teve contato com uma pessoa que testou positivo para Covid, está em isolamento a 7 dias sem sentir nada.
    Já pode sair do isolamento, ou precisa ficar os 14 dias mesmo sem sentir nenhum sintoma.
    Ele não fez nenhum exame de diagnostico.

    1. Olá Liliane, são 14 dias, pois conta o período de provável incubação mais o período em que seu noivo poderia estar transmitindo o vírus como assintomático. Espero ter ajudado.

  9. Olá!
    Meu noivo teve contato com uma pessoa que testou positivo para Covid, está em isolamento a 7 dias sem sentir nada.
    Já pode sair do isolamento, ou precisa ficar os 14 dias mesmo sem sentir nenhum sintoma.
    Ele não fez nenhum exame de diagnostico.

Os comentários estão desativados.