O que ainda não sabemos sobre a COVID-19?

Continuando o tema do nosso post de ontem (21/07/2020), listamos agora o que ainda precisamos aprender sobre o novo coronavírus e a doença que ele causa. Os dois posts têm como fonte uma matéria publicada na ScienceNews.

Seis meses é um tempo muito curto para termos aprendido tanto quando aprendemos sobre esse vírus. Mas ainda existe muito o que aprender. Algumas perguntas simplesmente precisam de tempo para serem respondidas.

Por exemplo, ainda não é claro por que o novo vírus é tão mais contagioso do que a SARS ou a MERS, que infectaram menos do que 10 mil pessoas. Também não é conhecida a frequência de disseminação do vírus por pessoas assintomáticas.

Alguns cientistas continuam a estudar como o vírus entra e sai das células e quais tipos de células ele pode infectar. Outros procuram o animal a partir do qual o vírus pulou para os seres humanos, o que pode ajudar na compreensão de como esse pulo aconteceu e guiar políticas para monitoramento desses animais.

Em termos da doença propriamente, os pesquisadores ainda não sabem a quantas partículas virais uma pessoa tem que ser exposta para ficar doente e por que algumas pessoas ficam gravemente doentes enquanto outras não.

Alguns pacientes podem ter problemas de saúde após a sua recuperação, mesmo tendo tido apenas sintomas leves. As pessoas que se recuperam aparentemente desenvolvem anticorpos capazes de protegê-las contra uma nova infecção, mas apenas o tempo dirá a duração dessa proteção. Respostas para essas e outras questões são cruciais para o planejamento da reabertura de comércio e escolas.

Uma coisa que os cientistas sabem é que o coronavírus não irá embora tão cedo, se é que irá. A imunidade de rebanho só acontecerá quando dois terços da população estiver imune, seja por terem sido infectados ou por uma vacina. Ambos estão longe de acontecer no momento, apesar de ser esperado que uma vacina eficaz seja descoberta até o final do ano.

Enquanto nós caminhamos para os próximos seis meses, os pesquisadores irão continuar a aprender novas coisas sobre o vírus o mais rápido possível. Dessa forma, a corrida se tornou uma maratona.

FONTE: Here’s what we’ve learned in six months of COVID-19 — and what we still don’t know. Erin Garcia de Jesus. ScienceNews JUNE 30, 2020. https://www.sciencenews.org/article/coronavirus-covid-19-pandemic-six-months-what-we-know