Por quanto tempo um vírus pode permanecer em um corpo morto? Parte 3.

Terceira parte da série de posts baseados na entrevista concedida pelo virologista americano Matthew Koci, professor do Departamento de Ciência Avícola da Universidade Estadual da Carolina do Norte, EUA. A entrevista completa pode ser vista aqui.

Pergunta: Por quanto tempo seria possível detectar um vírus em um cadáver? Por exemplo, seríamos capazes de examinar restos mortais de animais ou humanos daqui a 10 anos para estimar melhor o impacto da COVID-19?

Koci: A maioria dos dados que temos sobre a sobrevivência do SARS-Cov-2 é, na verdade, de um teste de laboratório chamado reação em cadeia da polimerase por transcriptase reversa, ou RT-PCR, para abreviar. Este teste de laboratório detecta a presença do genoma do vírus. Os genomas estarão lá independentemente de o vírus ainda poder infectar você ou não. Se você fez o teste, ou viu um vídeo de pessoas recebendo o cotonete nasal, esse cotonete coleta amostras para o teste RT-PCR.

O teste RT-PCR nos diz se o vírus está lá. No início da infecção e durante o tempo em que você se sente péssimo, a suposição é (e é uma suposição realmente segura) que, se você for positivo no RT-PCR, você está infectado e muito provavelmente contagioso para outras pessoas. Em algum ponto após a recuperação, você ainda será positivo para o vírus por RT-PCR, mas pode não ser mais contagioso. Isso ocorre porque algumas das partes do vírus detectadas podem ser apenas estilhaços de vírus remanescentes da guerra travada entre o sistema imunológico e o vírus.

Não temos nenhum dado sobre o SARS-CoV-2 no que se refere a cadáveres, mas podemos olhar para exemplos de outros vírus novamente. Normalmente, se o vírus infeccioso é detectado por dias a semanas, o genoma do vírus pode ser detectado por meses a anos. Um estudo que analisa por quanto tempo o vírus Ebola pode sobreviver após a morte pode detectar o vírus infeccioso 10 dias após a morte, mas ainda detecta o genoma do vírus 10 semanas depois.

SERÁ POSSÍVEL IDENTIFICAR VÍRUS EM CADÁVERES DE DÉCADAS OU SÉCULOS ATRÁS? NÃO PERCA A CONTINUAÇÃO AMANHÃ…

FONTE: Quanto tempo os vírus podem sobreviver em um corpo morto? Matt Shipman, North Carolina State University. https://medicalxpress.com/news/2020-05-viruses-survive-dead-body.html. 21 DE MAIO DE 2020.