Será que as vacinas contra a COVID-19 ajudam no caso de pessoas que já tiveram a doença?

Leiam o extrato da reportagem da Science News que preparamos para vocês. A reportagem original pode ser lida aqui.

Algumas pessoas que foram infectadas com o coronavírus questionaram se realmente precisam de vacinas.  Ainda não está claro quanto tempo dura a imunidade após uma infecção. Estudos mostraram que os anticorpos permanecem no sangue por, pelo menos, oito meses após ficarem doentes, mas alguns pacientes recuperados foram reinfectados.

Uma dose de vacina pode ser suficiente para proteger as pessoas que já tiveram COVID-19, sugerem estudos baseados em laboratório. Uma dose para aqueles que se recuperaram de uma infecção anterior aumenta os anticorpos de ataque do vírus a níveis semelhantes aos de pessoas vacinadas que receberam duas doses de uma vacina de mRNA.

Os anticorpos não são a única parte da resposta imune que se beneficia da vacina, embora as proteínas imunes sejam cruciais para prevenir a infecção. Uma única dose foi suficiente para os pacientes recuperados atingirem altos níveis de um subconjunto de células imunológicas chamadas células T. As células T ajudam a coordenar e aumentar a resposta imunológica quando uma pessoa é exposta ao vírus novamente.

Isso sugere que as pessoas que tiveram COVID-19 e foram vacinadas com uma única dose poderiam estar tão protegidas quanto as pessoas totalmente vacinadas que nunca ficaram doentes. Mas se isso acontece no mundo real, fora do laboratório, não está claro.

FONTE: How coronavirus vaccines still help people who already had COVID-19. Erin Garcia de Jesús. Science News 19 de agosto de 2021. https://www.sciencenews.org/article/coronavirus-vaccines-help-covid-infected-already-pandemic