Música Antiga #59 – Interculturalismo na Música Antiga

O episódio assinala os diálogos interculturais que têm caracterizado cada vez mais o cenário internacional relativo aos grupos dedicados à interpretação histórica da música do passado. Com exemplos que envolvem repertórios bem diversos, tais como o medieval e o renascentista europeus, o da América Espanhola do século XVII, o persa, o árabe e o judeu antigos, são destacados três conjuntos musicais: o Constantinople, o Sarband e o The Ivory Consort. Este episódio foi ao ar no dia 03 de julho de 2019.

Ouça o episódio pelo player abaixo:

Músicas tocadas neste episódio:

Branle de la Raye – Thoinot Arbeau, pseudônimo de Jean Tabourot – Constantinople.

Harbi (radif) – Anônimo (persa tradicional) – Intérprete: Constantinople.

Zarambesques – Lucas Ruiz de Ribayaz (século XVII) – Intérpretes: Constantinople, José Angel Gutierrez e Teresita de Jesús Islas.

Ayyu-ha s-saqi Qum Yedid nafsi – Anônimo – Intérprete: Sarband.

Laudemus Virginem (Livro Vermelho fol. 23) – Anônimo – Intérprete: Sarband.

Adir La-Na – Anônimo – Intérprete: The Ivory Consort.

Shalom L’ven Dodi – Anônimo – Intérprete: The Ivory Consort.

Jesus of Nazareth – Sarband a partir de Johann Sebastian Bach – Intérprete: Sarband.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.