Música Antiga #61 – Grandes nomes da Música Antiga: Nikolaus Harnoncourt

Dando sequência à série “Grandes nomes da Música Antiga”, o episódio trata da trajetória de Nikolaus Harnoncourt (1929-2016), uma das figuras mais importantes do movimento voltado para a recuperação da música do passado a partir de uma perspectiva histórica de interpretação. No programa, além de comentários, audições de obras de Heinrich Ignaz Franz von Biber (1644-1704), Johann Sebastian Bach (1685-1750) e Ludwig van Beethoven (1770-1827). Este episódio foi ao ar no dia 17 de julho de 2019.

Ouça o episódio pelo player abaixo:

Músicas tocadas neste episódio:

Primeiro movimento (“Vivace”) da sonata para viola da gamba e cravo em Sol menor, BWV 1029 – Johann Sebastian Bach – Intérpretes: Nikolaus Harnoncourt (viola da gamba) e Herbert Tachezi (cravo).

Sonata Sancti Polycarpi – Heinrich Ignaz Franz von Biber – Intérprete: Concentus Musicus Wien, sob a direção de Nikolaus Harnoncourt.

Jesus Alegria dos Homens”, coro/final da Cantata n° 147, “Coração e Boca e Atos e Vida” – Johann Sebastian Bach – Intérpretes: Concentus Musicus Wien e coro, sob a direção de Nikolaus Harnoncourt.

Final da Paixão Segundo São Mateus – Johann Sebastian Bach – Intérpretes: Concentus Musicus Wien, Coro Arnold Schoenberg e Meninos Cantores de Viena, sob a direção de Nikolaus Harnoncourt.

Quarto movimento (“Allegro”) da Sinfonia n° 5, em Dó menor, Op. 67 – Beethoven – Intérprete: Concentus Musicus Wien, sob a regência de Nikolaus Harnoncourt.

Trabalhos citados no episódio:

HARNONCOURT, Nikolaus. O discurso dos sons: caminhos para uma nova compreensão musical. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1988.

HARNONCOURT, Nikolaus. O diálogo musical: Monteverdi, Bach e Mozart. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1993.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.