ORGANIZAÇÃO SOCIAL DAS POPULAÇÕES AMERÍNDIAS E NEGRAS

Estudos sobre as múltiplas formas pelas quais populações ameríndias e negras – afro-brasileiras ou africanas – se constituem como sujeitos sociais, relacionam-se e constroem uma dada realidade social, e como reagem, resistem ou interagem com as estruturas sociais, políticas e econômicas em que estão inseridas, no passado e no presente.