Processo de Industrialização RS (1889-1945) e Movimento Operário

A Coleção Processo de Industrialização no Rio Grande do Sul (1889-1945) e Movimento Operário é fruto de projeto de pesquisa desenvolvido em meados dos anos 1980 e que teve por objetivo localizar, identificar e reproduzir registros existentes em diferentes instituições e acervos sobre o processo de industrialização e a classe operária no estado do Rio Grande do Sul.

O conjunto documental é composto de cópias fotostáticas, microfilmadas ou manuscritas e inclui também fichas que descrevem 2.200 títulos/documentos, indicando referência bibliográfica, o número de chamada nas instituições em que podem ser consultadas e o resumo do conteúdo. As fichas estão disponíveis no NPH em papel ou na publicação “Guia Preliminar de Fontes para o Estudo do Processo de Industrialização no Rio Grande do Sul (1889-1945)”, que é um dos principais resultados do projeto de pesquisa que deu origem à coleção. A documentação reunida nessa publicação reúne:

-Documentos públicos oficiais das instâncias federal, estadual e municipal, como: relatórios e mensagens de órgãos do Poder Executivo; Anais do Poder Legislativo; constituições, leis, decretos, atos, regulamentos e projetos; comunicações oficiais; boletins e informes; dados estatísticos, catálogos de exposições etc.;

-Documentos públicos não-oficiais, como publicações de partidos políticos, associações, empresas, congressos, edições comemorativas, periódicos, fotos, livros, teses, dissertações e monografias, entre outros.

Participaram da captação de registros e da organização da coleção os/as seguintes pesquisadores/as:

  • Sandra Jatahy Pesavento (Coordenação)
  • Adolar Koch,  Heloisa Reichel e Silvia Petersen (Execução)
  • Ana Pailó, Francisco Carvalho Junior, Ligia Fagundes, Lizete Kummer, Luiz Gaiger, Márcia Lewis, Maria Stephanou, M. Angélica Izu Sailer, Naira Vasconcellos, Rosane Phiebig, Susane Espírito Santo (apoio técnico)
  • Acácia Maduro e Claudia Heinzelmann (estudantes colaboradores)

Catálogo Coleção Processo de Industrialização RS (1889-1945) e movimento operário

Parte do acervo reunido pelo projeto sobre o processo de industrialização no Rio Grande do Sul embasou mais diretamente os estudos da professora Sandra Jatahy Pesavento sobre a economia no Rio Grande do Sul de 1889 a 1945.  Essa documentação é composta por registros de diversas naturezas, incluindo artigos, atas, boletins, correspondências, estatutos, recortes de jornal, leis e decretos, além de documentos manuscritos pela própria Pesavento e outros relacionados aos apoios financeiros concedidos ao projeto pela FAPERGS, pelo CNPq e pela FINEP. Esse conjunto está distribuído em 21 caixas e recebeu o nome da coordenadora do projeto, a historiadora Sandra Jatahy Pesavento.

Catálogo Acervo Sandra Jatahy Pesavento