Schreinsbücher de Colônia

Schreinsbücher são registros de diferentes tipos de transações imobiliárias realizadas ao longo da Idade Média. O nome Schreinsbuch significa “livro do armário”, porque esses livros ficavam guardados em armários trancados à chave.

Os Schreinsbücher de Colônia são divididos – como a própria cidade – em bairros, que correspondiam à antiga divisão em paróquias (Alban, Aposteln, Brigida, Kolumba, Laurenz, Martin, Niederich, Peter, Sententiarum, Severin, Schöffenschrein entre outros). O acervo é constituído por documentos em latim e em alemão distribuídos em cem rolos de microfilmes doados ao NPH em 2018 pela Professora Dra Cybele Crossetti de Almeida. Seus originais encontram-se no Arquivo Histórico Municipal de Colônia, na Alemanha, compreendendo um total de 535 livros em 551 volumes, estendendo-se de 1220 a 1798. Originalmente, cada livro tem cerca de 40 x 30 cm de tamanho e uma média de 400 páginas (aproximadamente 200 folios).

Em construção – Catálogo Schreinsbücher de Colônia