Questões para a História Negra do Rio Grande do Sul


 

 

Apresentação

 

O Simpósio Questões para a História Negra do Rio Grande do Sul insere-se no Novembro Negro na UFRGS. Direcionado a professores/as, estudantes de graduação e de pós-graduação, pesquisadores/as e público em geral, o evento colocará em discussão as pesquisas e interpretações da história da população negra no Rio Grande do Sul, reunindo pesquisadores/as e detentores/as de saberes das realidades sociais, políticas e econômicas, dos discursos e representação das populações negras na história do estado.

A organização do simpósio partiu da constatação de que os estudos históricos tenderam a minimizar ou invisibilizar as experiências negras, subordinando-as a determinados eixos estruturantes – vinculados, sobretudo, ao escravismo, à marginalização, à exclusão e ao racismo. Espera-se que o evento possa fornecer um quadro mais amplo das diferentes esferas de participação negra, de modo a permitir uma visão geral das variadas experiências históricas no período escravista e no pós-abolição, das vivências nos mundos rural e urbano, nas esferas privada e pública; das formas de organização social em comunidades quilombolas, clubes e associações; e de interação social, nas diversas circunstâncias, contextos e ambientes em que viveram. Para isso, estão sendo convidados/as experientes e jovens pesquisadores/as do mundo negro, bem como escritores, cineastas e detentores de saberes que produzem e divulgam conhecimento acerca dos negros/as gaúchos/as.

O Simpósio Questões para a História Negra do Rio Grande do Sul é uma promoção do Núcleo de Pesquisa em História (NPH), do Laboratório de Estudos sobre os Usos Políticos do Passado (LUPPA) e do Departamento de Educação e Desenvolvimento Social da Pró-Reitoria de Extensão da UFRGS (PROREXT/DEDS).

Apoio