APRESENTAÇÃO

O Núcleo de Pesquisa em Antropologia do Corpo e da Saúde (Nupacs) foi criado em 1989, a partir de uma pesquisa de grande porte sobre sexualidade, saúde reprodutiva e AIDS, que recebeu financiamento da OMS. O núcleo ficou conhecido por desenvolver pesquisas nas áreas de antropologia da saúde, relações de gênero, corpo, sexualidade, bem como por ter desenvolvido aportes metodológicos voltados para a especificidade da pesquisa na área de saúde e a interface entre procedimentos etnográficos e possibilidades de quantificação e sistematização de dados. Mais recentemente tem também desenvolvido pesquisas na área de propriedade intelectual e direito a acesso a medicação; risco, saúde ocupacional e cultura de segurança; gênero e ciência; história da medicina; sofrimento social.