Projeto de Renovação do Centro de Referência do Povo Negro

SMDS

7 de Julho de 2021

Uma proposta inovadora está com projeto em desenvolvimento na Coordenação de Direitos e Promoção de Igualdade Racial

Em reunião hoje, 07/07, a coordenadora Adriana Santos e a diretora de Direitos Humanos da Secretaria de Desenvolvimento Social, Márcia Chaves Moreira, conversaram com as professoras e referências na comunidade negra Naiara Oliveira e a Maria da Graça Paiva sobre o esboço de um projeto de renovação do Centro de Referência do Povo Negro. A intenção, entre outras ações, é disponibilizar o acervo do poeta e idealizador do Dia da Consciência Negra, Oliveira Silveira.
A valorização desse espaço é uma maneira de potencializar a cultura negra, afirma Adriana Santos . “Esse projeto vai além da gestão, é um política pública de estado, uma salvaguarda das conquistas e histórias do nosso povo”, explicou a coordenadora enquanto mostrava as expectativas para o espaço situado na Av. Ipiranga, 311.
Montar a biblioteca Oliveira Silveira e organizar lá o acervo do poeta da consciência negra é uma das metas. De acordo com a filha do intelectual, que completaria 80 anos em agosto, no apartamento do pai estão guardados livros, documentos e jornais que ele guardou ao longo da vida. “Se ele manteve e organizou foi com algum objetivo. Também tem poemas inéditos, coisas que eu ainda não consegui catalogar, esse acervo precisa ser perpetuado”, afirma Naiara.
A professora Maria da Graça Paiva enfatizou a que parcerias com a universidade são fundamentais e destacou o potencial que este acervo pode ter para os estudantes. “Isso significa uma coisa linda, finalmente os alunos de graduação vão ter acesso à bibliografia de Oliveira Silveira”, destaca a professora que também está promovendo cursos de extensão na UFRGS sobre o trabalho do poeta.

Imagem e link de acesso a notícia na página da SMDS no Facebook.

Fonte: https://www.facebook.com/1195812850467527/posts/4021539831228134/?sfnsn=wiwspwa