Notícias

Notícias

Justiça impede demolição de casarão para construção de prédio…

casarao-jardinsO Tribunal de Justiça de São Paulo emitiu uma liminar em caráter de urgência que impede a demolição de um casarão da década de 40 nos Jardins, em São Paulo, mostrou o SPTV. A construtora Gafisa comprou o terreno para a construção de um prédio de 16 andares.

O casarão foi inspirado no filme “E o vento levou”. Ele ganhou o apelido pelos moradores do bairro de “casa das árvores”. “Essa região é uma ilha verde, são 95 árvores”, disse o morador Luiz Queiroz.

O terreno foi comprado há cinco anos e essa é a segunda ação que tenta impedir a construção do empreendimento. Na primeira, os moradores tentaram barrar o projeto pedindo a preservação das árvores no local. A Justiça deu ganho de causa para a empresa porque a vegetação existente não justificaria o embargo da obra. A Gafisa disse que o projeto vai manter 90% das árvores

Essa segunda ação pede a preservação do imóvel. O autor da ação, o advogado Nicholas Miranda, disse que o local poderia ser ressignificado. “Hoje, patrimônio histórico e cultural em diversos países é um ativo econômico. Poderia instalar aqui um centro de criatividade”.

O arquiteto Nelson Coelho Nascimento ressalta a importância do imóvel: “Essa casa é a única restante desse tipo de arquitetura e de construção no terreno com essa vegetal em volta”.

A Gafisa informou que o projeto “respeita os termos da lei”, que parou a obra assim que recebeu a liminar do TJ, e não informou se entrará com recurso.

Fonte original da notícia: G1 São Paulo