Temas Específicos

O Caminho das Estrelas

O programa mostra as principais diferenças entre um planetário e um observatório, e apresenta a lenda da Mboitatá sobre o surgimento da luz. Introduz também elementos da astronáutica, os foguetes V2 e Sputinik. Com a recriação do repórter Esso e áudio original do lançamento da Vostok1, conta a história de Yuri Gagarin, o cosmonauta russo que realizou o primeiro voo tripulado, registrando do espaço uma nova visão da Terra.

Com duração de aproximadamente 37 minutos, esse programa é recomendado para estudantes a partir do 5° ano fundamental e possui conteúdo predominantemente histórico Trata das características de um observatório astronômico, apresentação do planetário e seus recursos; constelações dos hemisférios sul e norte; o início da astronáutica; os foguetes V2 e Sputinik; o voo da Vostok1; o primeiro homem no espaço. Programa com acessibilidade: áudio descrição.

A um Passo de Júpiter

A superfície marciana é a base de lançamento da nave-fantasia que leva os passageiros ao gigante do Sistema Solar. Suas nuvens coloridas e densa atmosfera são atrações da viagem, que apresenta também os hipotéticos habitantes que sobreviveriam no mundo gasoso de Júpiter e seus diversos satélites.

Com duração de aproximadamente 45 minutos, esse programa é recomendado para estudantes a partir do 7° ano fundamental. Apresenta o planeta Júpiter, referindo-se pouco aos demais. Trata sobre as características físicas, os movimentos, dimensões, temperatura e atmosfera do maior planeta do Sistema Solar. Mostra os principais satélites – Calisto, Ganimedes, Io e Europa: características gerais e hipóteses para uma possível existência de vida no planeta.

Voar: Do Sonho a Realidade

Uma incursão pelo sonho e realidade, que levou à construção de máquinas capazes de voar. O programa foi realizado no centenário do voo do 14-Bis e apresenta os inventos de Santos Dumont, suas aventuras com balões e a primeira vez que voou.

Com duração de aproximadamente 40 minutos, esse programa é recomendado para estudantes a partir do 7° ano fundamental. Apresenta conteúdo predominantemente histórico e não fala sobre Sistema Solar. Destaca as máquinas voadoras de Leonardo da Vinci; a lenda de Ícaro; as constelações; Bartolomeu de Gusmão e o balão Passarola; o balão Brasile e os dirigíveis; Augusto Severo e o dirigível Pax; 14-Bis; a aviação moderna.

O Céu de 1500

A esquadra de Cabral parte do velho mundo levando com ela João Faras, médico e astrônomo do rei. Novas configurações celestes são descobertas durante a viagem marítima pelo hemisfério sul e, pela primeira vez, um cientista estuda o céu do Brasil.

Com duração de aproximadamente 30 minutos, esse programa é recomendado para estudantes a partir do 6° ano fundamental. Não mostra o Sistema Solar, pois o conteúdo é histórico da concepção de época (1500). Trata sobre a apresentação de João Faras; constelações de Órion, Escorpião, Ursa Maior, Boeiro, Leão, Virgem; condições da esquadra em sua chegada ao Brasil e determinação das coordenadas na nova terra; céu do Brasil: constelações do Cruzeiro do Sul e Centauro; rápida apresentação dos povos da América e suas concepções astronômicas; cometa observado pela frota de Cabral; características dos cometas.

Kuát Iae (Sol e Lua)

Sobre uma Terra plana, com o mar em volta, apoia-se a imensa abóboda do céu. Neste céu moram almas dos feiticeiros mortos, antas que caminham na Via-Láctea, e animais que olham através da luz das estrelas. Kuát e laẽ é uma incursão pela astronomia indígena e pela visão do mundo dos indígenas brasileiros. Um universo fundamentado por mitos que regulam as relações entre o homem, a Terra e o céu.

Com duração de aproximadamente 53 minutos, esse programa é recomendado para estudantes a partir do 6° ano fundamental. Não fala dos planetas do Sistema Solar. Apresenta conteúdo predominantemente histórico voltado para a cultura indígena, trata sobre o mito do primeiro homem; o mito de Kuát e Iaẽ; origem do dia e da noite: o Sol e a Lua; as forças da natureza: raio, trovão, chuva; arco-íris e meteoros: as flechas incendiárias; Plêiades e Vênus: os antepassados celestes; constelações indígenas; concepções de mundo

O Céu da Bandeira do Brasil

O programa apresenta o céu da cidade do Rio de Janeiro em 15 de novembro de 1889, dia da proclamação da República, que serviu de base para os positivistas conceberem a Bandeira da República. Apresenta detalhadamente as constelações e estrelas presentes na Bandeira Nacional.

Com duração de aproximadamente 48 minutos, é recomendado para estudantes a partir do 7° ano fundamental. Trata de fatos históricos e não mostra o Sistema Solar. Culmina com a proclamação da República; bandeiras históricas do Brasil; astros visíveis no dia e chuva de meteoros; concepção da Bandeira pelos positivistas; as estrelas e constelações que representam os Estados.