Foto: Bibiana Davila
Foto: Bibiana Davila
22 maio, 2018

Espera e expectativa nas visitas ao Laboratório de Anatomia Humana

Mau tempo não inibiu a presença dos visitantes ao Instituto de Ciências Básicas da Saúde


Porto Alegre amanheceu cinza no último sábado, dia 19 de maio, com uma insistente chuva fina e temperaturas que finalmente lembravam que o verão já chegou ao fim. Neste cenário, é difícil de acreditar que às 9h da manhã, uma fila já se formava no Instituto de Ciências Básicas da Saúde, com jovens estudantes de Ensino Médio trajando toucas e casacos de inverno, com guarda-chuvas à mão. Difícil de acreditar, mas verídico: os estudantes aguardavam ansiosamente pelas visitas ao Laboratório de Anatomia Humana.

No final da fila, Raquel de Jesus Barbosa e Juliana dos Santos Raimundo esperavam juntas por sua vez. Alunas do cursinho pré-vestibular Universitário, elas saíram de Torres às sete da manhã para participar do UFRGS Portas Abertas. Interessadas nos cursos de Nutrição e Fisioterapia, as jovens partiriam para os campi Saúde e Olímpico, após a visita ao ICBS.

Além delas, a fila reunia alunos de Santa Cruz do Sul, Gravataí, entre outras cidades gaúchas. Interessados em cursos da área da saúde misturavam-se aos curiosos, enquanto à espera pela visita aumentava a expectativa de todos.

Vitória Oliveira Batista, estudante de Biomedicina da UFRGS, monitorava à entrada dos visitantes e os avisava sobre os procedimentos dentro do Laboratório de Anatomia. O cheiro de formol já era forte, mesmo no corredor. No lado de dentro, alunos e técnicos explicavam as partes humanas expostas, assim como os processos para preservá-los.

“É engraçado porque a gente vê que alguns estão super empolgados, enquanto outros parece que vão passar mal a qualquer momento”, relata Vitória. Para Leonardo Jung, técnico do Departamento de Ciências Morfológicas da UFRGS, “no início é assim mesmo, mas depois a gente se acostuma com o Laboratório”.

Além desta atividade, o Instituto também ofereceu visitas guiadas à biblioteca, palestras sobre parasitologia, virologia, imunologia e sobre o uso de modelos animais para a descoberta de medicamentos. Também foi apresentado o curso de Biomedicina, que tem sede no ICBS.

Texto: Bibiana Davila