Área de Concentração

A área de concentração do PPGCol é a saúde coletiva, entendida como campo de conhecimento de natureza interdisciplinar, cujo objeto é construído nos limites do biológico e do social, compreendendo a investigação dos determinantes da produção social das doenças, as políticas de saúde e o processo de organização dos serviços de saúde.

Linhas de Pesquisa

Saúde, Sociedade, Educação e Humanidades

Agrega domínios de conhecimentos das Ciências Sociais e Humanas para a compreensão das relações entre Sociedade, Educação, Cultura e Saúde. Inclui estudos qualitativos sobre a epistemologia da saúde coletiva, a promoção da saúde, as relações entre história, cultura e saúde, a saúde mental coletiva, a gestão do trabalho e da educação na saúde.

Epidemiologia e Métodos quantitativos

Contempla estudos quantitativos, de teor descritivo ou analítico com abordagem dos problemas de saúde sob o enfoque epidemiológico e social, nos temas relativos aos determinantes da saúde/doença, perfis de morbidade e mortalidade, indicadores de saúde e condições de vulnerabilidade, produzindo conhecimento para os sistemas e serviços de saúde.

Políticas, planejamento, gestão e avaliação em saúde

Contempla estudos quantitativos e qualitativos, referentes à análise de políticas e sistemas de saúde, avaliação em saúde, gestão do trabalho na saúde, tecnologias e processos organizativos e instrumentos de planejamento e gestão em saúde.

Comitê de Ética/Plataforma Brasil

Para que seu projeto seja avaliado pelo CEP/UFRGS, alguns procedimentos de encaminhamento foram alterados e deverão seguir OBRIGATORIAMENTE os passos constantes no link http://www.ufrgs.br/cep/orientacoes ou através do fone 3308-3738.

Grupos de Pesquisa

Grupo de Estudos em Saúde Coletiva (Gesc)

O Grupo de Estudos em Saúde Coletiva (Gesc) é um grupo de pesquisa que reúne docentes, pesquisadores e estudantes (doutorandos, mestrandos e bolsistas de iniciação científica), além de profissionais da saúde que aceitaram o desafio de refletir sobre a Saúde Coletiva como campo científico e âmbito de práticas. Nesse sentido, produzem conhecimentos acerca do objeto Saúde, onde operam distintas disciplinas que o contemplam sob vários ângulos, atuando em diferentes organizações e instituições, dentro e fora do espaço convencionalmente reconhecido como setor da saúde. Isso implica considerar a diversidade e especificidade dos grupos populacionais e das individualidades com seus modos próprios de ter saúde, adoecer e/ou representarem tal processo.

O Gesc foi criado na Escola de Enfermagem da Ufrgs em 2004 e desenvolve pesquisas que envolvem os campos da Política, Planejamento e Gestão em Saúde, das Ciências Sociais e Humanas em Saúde e dos Estudos Epidemiológicos e Saúde Ambiental, por meio da construção metodológica de estudos híbridos (quali-quantitativos) e da triangulação de métodos, visando aprofundar o conhecimento no campo da Saúde Coletiva. O objetivo final é contribuir para a produção de conhecimentos que subsidiem a ação e a formulação de políticas públicas.

Para atingir estes objetivos e a formulação de projetos, o Gesc desenvolve:

  • projetos disciplinares e interdisciplinares;
  • metodologias múltiplas de pesquisa que tenham como propósito desvendar a complexidade das temáticas em estudo;
  • tecnologias de comunicação, envolvendo serviços, profissionais e estudantes;
  • seminários e oficinas de pesquisa, envolvendo o ensino de graduação, de pós-graduação e a extensão;
  • parcerias entre professores, pesquisadores e alunos da EEnf/Ufrgs com outras unidades da Ufrgs, com outras universidades e instituições de pesquisa no Brasil e no exterior;
  • parcerias entre a universidade e os serviços, em particular, com a atenção básica em saúde no âmbito municipal.

Do ponto de vista acadêmico e institucional, as repercussões esperadas com a atuação do Grupo de Pesquisa são: consolidar a estrutura acadêmica necessária para estimular o desenvolvimento de pesquisas, por meio da construção de um espaço de crítica, que tenha influência nas políticas públicas e no desenvolvimento social das populações.

Como linhas norteadoras, privilegia abordagens temáticas que utilizam referenciais e categorias socioanalíticas no campo da Saúde Coletiva, da Educação em Saúde, das práticas de trabalho e da conformação do processo de trabalho e organização de serviços. Articulam-se investigações na compreensão dos eventos e significados que condicionam a Atenção Básica em Saúde e a Saúde da Família e Comunidade, possibilitando a construção do cuidado de saúde a indivíduos e grupos.

Membros do Grupo: Tatiana Engel Gerhardt (coordenadora), Alcides Silva de Miranda, Alcindo Antônio Ferla, Izabella Barison Matos, Maria Alice Dias da Silva Lima, Marta Júlia Marques Lopes, Ricardo Burg Ceccim, Stela Nazareth Meneghel e Tatiana Engel Gerhardt (docentes pesquisadores). O grupo conta atualmente com 24 estudantes (12 doutorandos, 10 mestrandos, 4 bolsistas de Iniciação Científica) e 2 técnicos.

Linhas de Pesquisa:

  • Políticas Públicas e Sistemas de Saúde: envolve domínios do conhecimento como políticas públicas; institucionalização das práticas de saúde; organização do sistema de saúde; estrutura e regulação do setor da saúde;
  • Planejamento, Gestão e Avaliação em Saúde: abrange estudos sobre organização, planejamento e gestão de políticas e gerenciamento de serviços e sistemas de Saúde, gestão do trabalho e da educação na saúde, economia da saúde e avaliação econômica do setor da saúde;
  • Promoção, Vigilância e Educação da Saúde: constitui-se de estudos em epidemiologia, vigilância da saúde, demografia e saúde e determinantes da saúde;
  • Saúde, Sociedade e Humanidades: envolve domínios do conhecimento como antropologia, sociologia, economia, geografia, direito e arte em suas relações com a saúde, contemplando, também, a ética e bioética na atuação em saúde e na produção de conhecimento.

Acesse o Diretório do Grupo de Pesquisa

ROTAS CRÍTICAS – Desigualdades Sociais Racializadas e Generificadas

O grupo trabalha o tema das desigualdades sociais generificadas e racializadas transversalmente na graduação de saúde coletiva, residência multiprofissional, mestrado e doutorado. O grupo tem produzido, individualmente e no coletivo, artigos e material bibliográfico, mas também encontros, seminários e projetos de extensão.
Temas:
Equidade de gênero, classe e raça, Estudos epidemiológicos e análise de situação de saúde, Políticas de saúde e gênero, Mulheres em situação de violência, Feminicídios.
Pesquisadores:
Alcindo Antônio Ferla, Daniel Canavese de Oliveira, Fernanda Souza de Bairros, Joyce Mendes de Andrade Schramm, Luciana Barcellos Teixeira, Rodrigo Tobias de Sousa Lima, Stela Nazareth Neneghel
Pós-doutorandos: Rita de Cássia Maciazeki Gomes, Roger Flores Ceccon

Acesse o Diretório do Grupo de Pesquisa