Prêmios recebidos
Prêmio BNDES
2014 (34ª Edição)
2º lugar : Jorge Armindo Aguiar Varaschin – “Para além do populismo econômico: uma interpretação da política econômica do governo João Goulart (1961 – 1964)”.
2011 (32ª Edição)
3º lugar: Edilean Kleber da Silva Bejarano Aragón – “Três Ensaios sobre Política Monetária no Brasil: Assimetrias nos Efeitos Reais de Choques Monetários, Preferências do Banco Central e Regras Monetárias Ótimas”
2008 (30ª Edição)
5º lugar: Kellen Fraga da Silva – “Metas de Inflação para Economias Emergentes: Uma Avaliação Empírica dos seus Efeitos sobre o Desempenho Macroeconômico”
2007 (29ª Edição)
2º lugar: César Rodrigues van der Laan – “Liberalização da Conta de Capitais: Evolução e Evidências para o Caso Brasileiro Recente (1990/2005)”
2000 (23ª Edição)
5º lugar: Regina C. Madalozzo – “Um Modelo de Nairu para o Brasil”
1993 (17ª Edição)
3º lugar: Hélio Henkin – “Inflação Alta na América Latina – Uma Análise da Trajetória das Teorias Estruturalistas”
1992 (16ª Edição)
2º lugar: Divanildo Triches – “Demanda por Moeda no Brasil e a Causalidade entre Variáveis Monetárias e Taxa de Inflação 1972/87”
1992 (15ª Edição)
1º lugar: Giácomo Balbinotto Neto – “A Indexação Salarial: Teoria e Evidência”
1989 (13ª Edição)
4º lugar: Neio Lúcio Peres Gualda – “Índice de Preços ao Consumidor – Um Estudo sobre sua Determinação no Brasil”
1981 (5ª Edição)
2º lugar: Pedro Cezar Dutra Fonseca – “A Reorientação da Economia Gaúcha na República Velha: A Política Econômica e os Fundamentos dos Conflitos Políticos”
4º lugar: Maria Heloisa Lenz – “A Categoria Econômica Renda da Terra”
1981 (5ª Edição)
3º lugar: Edilean Kleber da Silva Bejarano Aragón – “Três Ensaios sobre Política Monetária no Brasil: Assimetrias nos Efeitos Reais de Choques Monetários, Preferências do Banco Central e Regras Monetárias Ótimas”
Outros Prêmios
Prêmio CORECON/RS (2017)
1º Lugar – “Fatores Socioeconômicos e Psicossociais Relacionados à Prevalência da Depressão no Brasil” – Orientador: Giácomo Balbinotto Neto – Autor: Eduardo Fernandes da Silveira
3º Lugar – “Os efeitos da liberalização financeira externa sobre o desempenho macroeconômico brasileiro, entre 1995 e 2014: um estudo a partir dos modelos MS-VAR e VEC” – Orientador: André Moreira Cunha – Autor: Pedro Perfeito da Silva
Prêmio IESS (2017)
1º lugar no VII Prêmio IESS na Área de Economia, Prof. Giácomo Balbinotto Neto e o aluno Luis Carlos Morricone de Melo – “Assimetria de informação a partir de regulação do mercado de saúde suplementar no Brasil: Teoria e Evidências”
Prêmio do Ministério da Fazenda de Economia (2015)
1º lugar no Tema 4 da 4ª Edição do Prêmio, Prof. Marcelo Savino Portugal e o aluno André Francisco Nunes de Nunes – “Choques no spread de crédito bancário e suas implicações para a condução da política monetária no brasil.”
Prêmio CORECON/RS (2015)
Flávio Vasconcellos Comim (professor do PPGE) é o Economista do Ano de 2015
Economista Destaque Especial é o professor André Moreira Cunha (professor do PPGE)
Prêmio CORECON/RS (2015)
DISSERTAÇÕES DE MESTRADO – 3º lugar Titulo: “O Boom de preços de commodities e a economia brasileira nos anos 2000”
Autora: Clarissa Black
Orientador: André Moreira Cunha
Universidade: UFRGS
Prêmio SBE (2013)
Econometria – Eduardo Horta e professores Emmanuel Guerre (Queen Mary University of London) e Marcelo Fernandes (EESP/FGV e Queen Mary University of London) – “Smoothing Quantile Regression”.
Prêmio ANBIMA de Renda Fixa (2013)
2º lugar: João Caldeira – “Measuring risk in fixed income portfolios using yield curve models”
Prêmio ANBIMA de Renda Fixa (2012)
2º lugar: João Caldeira – “Otimização de Carteiras de Renda Fixa: Uma Abordagem Baseada em Modelos Fatoriais Dinâmicos Heterocedásticos”
Prêmio CORECON/RS (2011)
Carlos Nelson dos Reis (ex-professor do PPGE) é o Economista do Ano de 2011
Economista Destaque Especial é o professor Roberto Camps de Moraes (ex-professor do PPGE)
Prêmio Pesquisador Gaúcho (FAPERGS) (2011)
Prof. Pedro Fonseca – Pesquisador Destaque na área de Economia e Administração
Prêmio CNI de Economia (2011)
1º lugar: Riovaldo Alves de Mesquita e Giácomo Balbinotto Neto – “Produtividade, Demografia e Sustentabilidade da Previdência Social”
Prêmio Brasil de Economia(17ª Edição) (2011)
2º lugar: Fernando Ferrari Filho e Gustavo Teixeira Ferreira da Silva – “A Crise Financeira Internacional de 2007-08 e a Grande Depressão de 1929: Uma Análise Comparativa”
Congresso da ALACDE(15ª Edição) (2011)
Prêmio Poder Cívico: Cristiano Oliveira e Giácomo Balbinotto Neto – “The Deterrence Effects of Guns Law in Games with Asymmetric Skills and Infomration”
Congresso da ALACDE(14ª Edição) (2010)
Premio Microsoft de Derecho Y Economia: Prof. Giácomo Balbinotto Neto – “A História do Pensamento em Direito e Economia Revisitado: Conexões com o Estudo da Responsabilidade Civil no Brasil”
Congresso da ALACDE(14ª Edição) (2010)
Premio Microsoft de Derecho Y Economia: Amin, M.C.; Iglesias, J.R.; Comim, F.V.; Mattos, José Ely de – “Adolescentes Infratores: Contexto Pessoal e Sistema de Justiça Juvenil”
Prêmio Brasil de Economia(16ª Edição) (2010)
3º lugar: Luciana Silva de Souza – “A indústria moveleira de Boa Vista: estrutura e potencialidades”
Prêmio Previc (3ª Edição) (2010)
Riovaldo Alves de Mesquita. Orientador: Giácomo Balbinotto Neto – Tema: “Riscos da Longevidade e os Fundos de Pensão
Prêmio Denatran de Educação no Trânsito (10ª Edição) (2010)
2º lugar: Tanara Rosângela Vieira Sousa. Orientador: Sabino da Silva Pôrto Júnior – “Ensaios em economia da saúde: O Risco e o Valor de uma Vida Estatística no caso dos Acidentes de Trânsito na cidade de Porto Alegre”