Em 20 de março de 2019, a equipe do Laboratório GRID-PPGCI e o vice coordenador da Defesa Civil de Porto Alegre foram recebidos pelas moradoras da Rua da Represa, situada no bairro São José, em Porto Alegre para a realização de uma caminhada junto  às margens de parte do Arroio Moinho, onde frequentemente ocorrem enxurradas. Em 8 de junho de 2017, nesta localidade uma forte enxurrada provocou a destruição total ou parcial de 3 casas e o óbito de uma moradora.
A parceria com a Defesa Civil municipal e moradoras, iniciada em 2018 através da disciplina “Oficina de gestão de risco aplicada”, terá continuidade  com a proposição de uma série de encontros ampliados para a participação de um grupo maior de moradores. Os encontros acontecerão para aplicação da metodologia para Redução de Vulnerabilidades Socioambientais e qualificação da percepção de risco, desenvolvida pelo GRID no âmbito do Projeto Finep Rede Morar.ts, e certificada pela Fundação Banco do Brasil como Tecnologia Social no ano de 2013.
Além disso, o grupo buscará até o final do ano de 2019, contribuir para a construção coletiva de um plano de ação buscando reduzir vulnerabilidades e aumentar a resiliência ao impacto dos desastres.