Teses

  • Música Doméstica”: em direção à composição de música gravada.

    Autor: Luciano de Souza Zanatta
    Orientador: Prof. Dr. Celso Loureiro Chaves
    Data da defesa: 27/04/2007
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/10558

    O presente trabalho é uma investigação a respeito do processo composicional de música gravada. Buscou-se, através de reflexão, identificar e descrever os momentos do processo de tomada de decisões que ligam as composições à gravação, de modo que torne o conteúdo técnico e estético da gravação também conteúdo composicional. O objeto composicional final deste trabalho é um disco, tendo este termo o sentido tanto de objeto físico como o sentido conceitual de agrupamento de composições. A utilização da fenomenologia como abordagem teórica da reflexão permitiu a identificação de duas situações distintas, “composição abstrata” e “estúdio”, com processos mentais específicos que se ligam à stream of consciousness do compositor no processo de concretização em realidade do objeto musical sônico-temporal.

    This is an investigation of the compositional process of music as a recorded product. The relationship between composition strategies and recording processes are identified and described, specifically in what pertains the transformation of technical and aesthetical contents into compositional content. The final product is a set of compositions, as well as their organization as an album of recorded compositions. In the course of the investigation, a phenomenological approach has been taken, leading to the identification of two compositional situations – that of composition as an abstract process and that of composition under a recording situation. Their specific reasoning processes are identified, in relation to the composer’s stream of consciousness and its reflection in the realization of musical products.

    Resumo / Abstract
  • Os saberes docentes na ação pedagógica dos estagiários de música: dois estudos de caso.

    Autor: Maria Cristina de Carvalho Cascelli de Azevedo
    Orientador: Profª Drª Liane Hentschke
    Data da defesa: 24/04/2007
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/10550

    O presente trabalho se propôs a investigar como os estagiários de música desenvolvem sua ação pedagógica a partir dos saberes docentes mobilizados e socializados na atividade de estágio. Os trabalhos de Lee S. Shulman (1986, 1987, 2004), Maurice Tardif (2002) e Clermont Gauthier et al. (1998) fundamentam o referencial teórico desta investigação. A partir desses autores, discuto o conceito de saberes da ação pedagógica;a natureza dos saberes docentes e o conceito de saberes da ação pedagógica. A metodologia de pesquisa adotada foi o estudo de casos. Os participantes desta pesquisa foram dois estagiários que realizavam sua prática docente em aulas coletivas de música no ensino fundamental. A coleta de dados utilizou diferentes técnicas: 1) entrevistas semi-estruturadas;2) entrevistas focadas com técnica de estimulação de memória;3) observação naturalista, não participante;4) gravação em vídeo das aulas observadas;e 5) análise de documentos escritos dos estagiários. A hermenêutica fenomenológica de Gadamer (1997) orientou o diálogo interpretativo com os dados. A interpretação realizada destacou dois pilares de análise: o contexto formativo e interativo da atividade de estágio;e o desenvolvimento da ação pedagógica dos estagiários. Esses pilares são interdependentes e implicam a relação dialética entre a mobilização e a socialização de saberes. Os saberes desenvolvidos pelos estagiários em sua ação pedagógica têm uma natureza própria que reflete a gestão interativa em sala de aula. Esses saberes são saberes experienciais que, validados e legitimados na mobilização e socialização, podem ser identificados como saberes da ação pedagógico-musical. Esta tese defende o reconhecimento destes saberes como base teórica para a formação de professores de música e para o desenvolvimento da profissionalidade docente em música.

    This doctoral dissertation investigates how the student music teachers develop their pedagogical action through the use of a knowledge base that is mobilized and socialized during preservice teaching practice. Authors such as Lee S. Shulman (1986, 1987, 2004), Maurice Tardif (2002) and Clermont Gauthier (1998) provide the theoretical premises for this investigation. Based upon the work of these authors, the research discusses the concept of pedagogical action;the nature of teaching knowledge bases;and the underlying concept of pedagogical action knowledge bases. The research methodology adopted entailed case studies. Two student music teachers, who were undergoing preservice field experience with groups of primary-school students, participated in the research project. Various data collection techniques were employed: 1) semi-structured interviews;2) focused stimulation recall sessions;3) naturalistic non-participated observation;4) video recordings of classes;and 5) analysis of documents written by the student teachers. Gadamer’s phenomenological hermeneutics (1997) guided interpretative dialogue on the data. This interpretation underscored two pillars of analysis: the formative and interactive context of pré-service activities;and the development of pedagogical action on the part of student teachers. These pillars are interdependent and rely on the dialectic relationship between mobilization and socialization of the knowledge base. Knowledge developed by the student teachers in the course of their pedagogical activities is of a singular nature, which reflects their interactive action in the classroom. Such knowledge arises from the experiential knowledge base which, validated and legitimized through mobilization and socialization, can be identified as the pedagogical-musical action knowledge base. This thesis advocates acknowledgement of such knowledge bases as the theoretical premises for music-teacher development and for preparation of professionally qualified music teachers.

    Resumo / Abstract
  • Mobilização de conhecimentos musicais na preparação do repertório pianístico ao longo da formação acadêmica: três estudos de caso.

    Autor: Regina Antunes Teixeira dos Santos
    Orientador: Profª Drª Liane Hentschke
    Data da defesa: 03/04/2007
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/8977

    Três bacharelandos de piano em momentos diferenciados da formação acadêmica – um iniciante, um de meio de curso e um formando – foram acompanhados ao longo de um semestre acadêmico com vistas a investigar como preparavam seus repertórios pianísticos em termos de mobilização de conhecimentos musicais. O método de pesquisa foi o estudo muliticasos, orientado pela perspectiva longitudinal de corte transversal. Quatro técnicas de pesquisas complementares foram empregadas: entrevista semi-estruturada, não-estruturada, de estimulação de recordação, assim como observação de vídeo. A mobilização de conhecimentos musicais foi interpretada a partir de estratégias utilizadas pelos bacharelandos para avançar a preparação do repertório. A noção de mobilização foi fundamentada a partir de Charlot e aprofundada pelos princípios aristotélicos entre meios e fins. As estratégias empregadas pelos bacharelandos foram estudadas à luz de dois modelos de conhecimento musical da literatura: matriz de habilidades cognitivas de Davidson e Scripp e formas de conhecimento musical de Elliot, assim como interpretadas a partir da base aristotélica de pensamento, em conjunto com a literatura específica de pesquisas em prática instrumental. A presentetese argumenta que a mobilização de conhecimentos musicais ocorre de maneira cíclica em aprofundamento qualitativamente diferenciado em termos de produção musical. As estratégias mobilizadas durante a preparação possuem natureza e finalidade distintas. Elas podem ser ações aprendidas ou criadas especificamente para o momento de preparação. Paralelamente, essas estratégias são empregadas para fins de disposições de investigação e de auto-regulação. Através de equilíbrio entre ações e atividades, e entre disposições de investigação e de auto-regulação, os conhecimentos musicais são mobilizados, avançando a preparação do repertório.

    Three undergraduate piano students, in different moments of their academic education – a freshman, a sophomore and a senior – were followed during an academic semester in order to investigate how they mobilize their musical knowledge when preparing their repertoire. Multicase studies were used as research method, combining a longitudinal perspective in a transversal design. Four complementary research techniques were employed, namely, semistructure interview, non-structured interview, recall stimulated interview, and observation of the performance. The mobilization of music knowledge was interpreted from the strategies employed by the students in order to progress the repertoire preparation. The notion of mobilization was grounded on Charlot and deepened by the Aristotelian principles. The employed strategies by the undergraduate students were investigated through two musical knowledge models: matrix of cognitive skills from Davidson and Scripp, and the conception of musicianship and the five forms of musical knowledge by Elliot, as well as interpreted according to an Aristotelian basis and together with data from the specific literature of instrumental practice. The present thesis argues that the mobilization of musical knowledge take place in a cyclic manner in qualitatively deepening in terms of musical production. The mobilized strategies during practice are different in nature and in goal. They can figure as learned or creative actions specifically created for the moment of practice. Also, such strategies can be employed as survey and self-regulation tools. By means of balance between actions and activities, and between survey and self-regulation mechanisms, musical knowledge is mobilized, improving the repertoire preparation.

    Resumo / Abstract
  • Aspectos de estruturação temporal no concerto para violão e orquestra.

    Autor: Rogério Tavares Constante
    Orientador: Prof. Dr. Celso Loureiro Chaves
    Data da defesa: 27/09/2006
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/7798

    Este trabalho apresenta uma reflexão teórica e composicional sobre estruturação temporal em música e, mais especificamente, sobre a estruturação temporal em minha obra Concerto para violão e orquestra (2002). Esta composição está apoiada em conceitos estéticos ligados à Estética do Frio, pensada pelo compositor sul-riograndense Vitor Ramil, e em procedimentos técnico-composicionais definidos em minhas obras anteriores. A reflexão teórica propõe um modelo de estruturação temporal que se adequa às obras constituídas por estratificação e àquelas onde a métrica está essencialmente relacionada à atividade rítmica regular. O trabalho apresenta, também, os principais mecanismos e técnicas utilizados para conceber e construir, no Concerto para violão e orquestra, um percurso musical caracterizado por fluidez, a qual está aqui associada às mudanças suaves de orquestração, de textura, de materiais e, principalmente, de movimentação.

    This Doctoral Dissertation presents a discussion on the theoretical and compositional aspects of the temporal structure of music. Its main focus is my Concert for guitar and orchestra (2002), a piece which is based on concepts developed by Brazilian composer Vitor Ramil in his essays Aesthetic of the cold and on compositional procedures that were developed in my previous compositions. This Dissertation formulates a model for the structuring of time in music through devices like stratification and the linkage of metric to the regularity of rhythm. The main compositional procedures of the Concert for guitar and orchestra are discussed, focusing on its musical discourse, whose fluidity is achieved through gradual changes in orchestration, texture, thematic materials, and tempo.

    Resumo / Abstract
  • A prática de educação musical em ONGs: dois estudos de caso no contexto urbano brasileiro.

    Autor: Magali Oliveira Kleber
    Orientador: Profª Drª Jusamara Vieira Souza
    Data da defesa: 19/06/2006
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/9981

    Esta pesquisa aborda as práticas musicais em Organizações Não Governamentais (ONGs), tomadas como locus de produção de novas formas de conhecimento. O campo empírico da pesquisa constituiu-se de duas ONGS: Associação Meninos do Morumbi, da cidade de São Paulo e o Projeto Villa-Lobinhos, da cidade do Rio de Janeiro, vinculado à ONG VivaRio. Ambas as ONGs têm como eixo comum a educação musical cujo objetivo é congregar crianças e jovens, atingidos pela desigualdade social, em situação de exclusão ou restrição ao acesso de bens materiais e simbólicos. O estudo buscou compreender como se configuram esses espaços de educação musical, focalizando dois aspectos: 1) como as ONGs selecionadas se constituíram e se instituíram como espaços legitimados para o ensino e aprendizagem musicais e 2) como é que se instaura o processo pedagógico-musical nesses espaços de práticas musicais. O objeto de pesquisa insere-se no campo sociocultural da educação musical, compreendido como um fenômeno social. A abordagem metodológica enfatiza o paradigma qualitativo, buscando respaldo no estudo de caso múltiplo e na etnometodologia. As práticas musicais são entendidas a partir da sua constituição sociocultural (SHEPHERD;WICKE, 1998) e o processo pedagógico-musical como um “fato social total” (MAUSS, 2003) enfatizado enquanto um fenômeno social de caráter sistêmico, estrutural e complexo e, portanto, pluridimensional. A produção de conhecimento sociomusical das ONGs foi analisada à luz do conceito de práxis cognitiva (EYERMAN;JAMISON,1998) como fruto da dinâmica das forças sociais que abrem espaços para a produção de novas formas de conhecimento. Assim, o processo pedagógico-musical nas ONGs foi interpretado como possibilidade de produção de novas formas de conhecimento musical nas suas diversas dimensões: institucional, histórica, sociocultural e de ensino e aprendizagem musical. O processo pedagógico-musical mostrou-se permeado pela noção de coletividade e pertencimento ligado às ONGs em questão. A análise e interpretação dos vários aspectos levantados por esse estudo apontam para a compreensão das práticas musicais enquanto articulações socioculturais de caráter eminentemente coletivo e interativo. A performance musical emergiu como condutora de ensino e aprendizagem musical e as ONGs selecionadas apresentaram-se como uma significativa alternativa para trabalhos socioeducativos-musicais. Assim, a presente pesquisa busca contribuir para a reflexão e a prática sobre o papel da educação musical no processo politizado dos movimentos e projetos sociais em ONGs, imersos na busca de transformação e justiça social.

    This research approaches musical practices in Non-Governmental Organizations (NGO) where new ways of knowledge are produced. Two NGO were selected as the empirical field of this study: “Meninos do Morumbi”, situated in São Paulo and “Projeto Villa-Lobinhos”, part of Vivario NGO, in Rio de Janeiro, Brazil. The purpose of both these projects is to promote the inclusivity of children and young people. Therefore, this study aimed at understanding what the musical practice is like in these selected social projects, focusing on two aspects, a follows: 1) How have these projects become legitimized space for the process of teaching and learning music? 2) How has the pedagogic music process been built in this space for musical practice? In order to investigate these questions, the qualitative paradigm of research was chosen as the methodological approach. It was better explored by the Multiple Case Study and the Ethnomethodology. The theoretical framework concerns musical practices as sociocultural events (SHEPHERD;WICKE, 1998) and the pedagogic musica process as a “total social fact” (MAUSS, 2003). Cognitive praxis theory (EYERMAN;JAMISON, 1998) supported the analysis of the sociomusical knowledge produced from and in NGO. Taking this into account, the pedagogic music process was seen as a possibility to produce new ways of music knowledge in its institutional, historical, sociocultural and musical teaching and learning dimensions. The findings show that collectivity and interaction underlie the music practices as sociocultural articulation. The musical performance has been the basis for the process of teaching and learning music and the selected projects reveal themselves as meaningful alternatives for social and educational works because they are flexible, although institutional as the same time. Thus, this research intends to contribute to the reflection on the role of music education in the politicized process of social movements and projects from NGO which aim at promoting social changes and justice.

    Resumo / Abstract
  • Um virtuose do além-mar em terras de Santa Cruz: a obra pianística de Arthur Napoleão (1843–1925).

    Autor: Marcelo Macedo Cazarré
    Orientador: Profª Drª Maria Elizabeth Lucas
    Data da defesa: 12/06/2006
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/7180

    Esta tese trata do significado musical do ponto de vista hermenêutico na obra para piano do pianista-compositor luso-brasileiro Arthur Napoleão (1845-1925). O exame técnicoestético de sua obra pianística adota uma perspectiva relacional entre texto musical e entorno cultural, situando compositor e obra dentro do campo de problematização das várias estéticas que configuraram o Romantismo do século XIX. A elaboração do modelo analítico e as análises empreendidas do corpus musical selecionado compreenderam uma leitura de tipo hermenêutico em que se cruzaram informações contextuais atinentes aos pólos de criação e recepção das obras. Desta forma trataram-se os principais gêneros musicais empregados pelo compositor à luz da recepção de sua carreira de virtuose tanto no Brasil quanto no exterior. O corpus documental é constituído por materiais diversos pesquisados em bibliotecas nacionais e estrangeiras

    This dissertation deals with the hermeneutics of musical meaning in the piano works of Luso-Brazilian composer-pianist Arthur Napoleãp (1845-1925). The technical and esthetical examination of his piano works offers a relational perspective that encompasses musical text and cultural context. The text situates both the composer and his works in relation to the Romantic esthetic pluralism of the nineteenth century. The elaboration of the analytical model and the analysis of selected works offer a hermeneutic reading in which information on the contexts of creation and reception is addressed. The main musical genres employed by the composer are discussed in relation to the reception of his career as a virtuoso pianist both in Brazil and abroad. The documental sources consist of materials collected in libraries in Brazil an abroad.

    Resumo / Abstract
  • Música na educação de jovens e adultos: um estudo sobre práticas musicais entre gerações.

    Autor: Maria Guiomar de Carvalho Ribas
    Orientador: Profª Drª Jusamara Vieira Souza
    Data da defesa: 05/06/2006
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/7177

    Este trabalho tem por objetivo central compreender como se articulam práticas musicais de estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Aborda sobre questões de repertório, divergências e convergências de interesses, entre universos musicais de estudantes de distintas gerações no contexto educacional da EJA. Investiga sobre práticas daqueles/as que não se encontram em idade considerada “ideal” para iniciar ou aprofundar sua formação escolar nessa área, embora a apropriação e a transmissão da música ocupe um lugar importante em suas cotidianidades. A metodologia utilizada é o estudo de caso, tendo como campo empírico uma instituição escolar da EJA, localizada em Porto Alegre. Foram realizadas observações nas aulas e oficinas de música, entre outros espaços, bem como entrevistas com dezessete estudantes cujas idades variaram entre 21 e 78 anos. A presente pesquisa está apoiada em estudos que abordam a temática geracional (Ariès, 1991;Debert, 1998;Salles Oliveira, 1999;Ferrigno, 2003;Brito da Motta, 2005, entre outros), e em estudos da Educação Musical (Small, 1984;Arroyo, 1999, DeNora, 2000;Souza, 2004). Os resultados revelam que uma co-educação musical se gesta entre os/as participantes da pesquisa. Sem perder de vista as diferenças, e em um contexto educacional que preza pela busca de relações igualitárias, aprendizagens musicais mútuas entre gerações, se tecem nesse cenário.

    This work hás for aim understand the articulation of students’ musical practices of the system of Education of Youngers and Adults (EJA). Its approaches questions on repertoire, differences and convergentes of interests between students musical word of differents generations in the educational context of EJA. Research about the musical practices of people who are not in age considered like “ideally” to begin or deepen the formation into area. However, the appropriation and transmission of music take an important place in them lifes. The used methodology is the study of case, carried out in a school of EJA localed in Porto Alegre – Brazil. Observation were realized in music classes and workshops, among others spaces. Also, interviews were realized with seventeen students whose ages were ranking 21 and 78 years old at the time of the research. The present investigation relies on studies that approach the generational subject matter ((Ariès, 1991;Debert, 1998;Salles Oliveira, 1999;Ferrigno, 2003;Brito da Motta, 2005, among others), as well as in studies regard Music Education subject (Small, 1084;Arroyo, 1999;DeNora, 2000;Souza, 2004). The findings reveal that produces a musical co-education between students participants of the investigation. Without losing of sight the differences, in a context that valorize the search of egalitarian relations, mutual musical learning between generations, they are weaved in this scene.

    Resumo / Abstract
  • Valsas de Radamés Gnattali: um estudo histórico-analítico.

    Autor: Nadge Naira Álvares Breide
    Orientador: Profª Drª Cristina Capparelli Gerling
    Data da defesa: 28/04/2006
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/6413

    Este trabalho objetiva evidenciar como “Valsas para Piano” de 1939, de Radamés Gnatalli refletem o diálogo entre os dialetos americanos e as culturas americanas no Brasil dos anos 1930, causados pelo desenvolvimento dos meios de comunicação e acesso às formas de entretenimento de massa. Após o exame de posturas analíticas (MEYER), aponta-se a recorrência de elementos e de seus desvios delineados segundo o modelo literário de Sant’Anna e considerações pontuais de Chase, Schwartz-Kates, Lidov e Santos. A avaliação do rótulo de americanizado atribuído ao compositor Radamés Gnatalli (1906 – 1988) teve por base Schüller, Santos e Garcia&Rodriguez.

    This text aims at showing how the development of mass communication, mass entertainment and cultural diversity during the 1930’s in Brazil, are reflected upon Valsas para Piano (1939), by Radamés Gnattali (1906 – 1988). The analytical interpretation (MEYER) points out to the recurrence of elements as well as patterns of deviation according to the literary model proposed by Sant’Anna. Other references are Chase, Schwartz-Kates, Lidov and Santos. Concerning “American traits” attributed to his music, Schuller, Santos and Garcia &Rodriguez are used as a tools for evaluation.

    Resumo / Abstract
  • Sonatina Nº 2 de Hector Tosar: uma visão histórica e analítica.

    Autor: Silvia Cristina Hasselaar
    Orientador: Profª Drª Cristina Capparelli Gerling
    Data da defesa: 20/04/2006
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/6411

    Este estudo focaliza, sob os aspectos históricos e analíticos, a ‘Sonatina n° 2’ de Héctor Tosar (1923-2002). Trata-se de uma obra representativa do neoclassicismo musical da década de 1950, escrita por um compositor latino-americano com formação em seu país, o Uruguai e no exterior. A análise tem como referencial teórico os pressupostos do próprio Tosar (1992) e de Joseph Straus (1990). Através da análise dos conjuntos, mostram-se a recorrência de um grupo de sons e a resultante fixação da sonoridade característica da obra.

    This paper focuses Hector Tosar’s (1923 – 2002) Sonatina No. 2 in terms of historical and analytical premisses. This work highlights the musical neoclassicism of the 1950s adopted by a Latin-American composer who studied in his country of origin, Uruguay, as well as abroad. The analysis is based on Tosar’s own concepst (1992) and those of Joseph Straus (1990). The use of set theory as an analytical tool points to the recurrences of a group of sounds that establish the characteristic sonority of the piece.

    Resumo / Abstract
  • Eunice Katunda (1915–1990) e Esther Scliar (1926–1978): trajetórias individuais e análise de “Sonata de Louvação” (1960) e “Sonata para Piano” (1961).

    Autor: Joana Cunha de Holanda
    Orientador: Profª Drª Cristina Capparelli Gerling
    Data da defesa: 17/04/2006
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/6604

    Este estudo aproxima Eunice Katunda (1915-1990) e Esther Scliar (1926-1978) pela verificação de suas trajetórias individuais e pela análise musical de ‘Sonata de Louvação’ (1960) e ‘Sonata para Piano’ (1961). A investigação de suas trajetórias enfatiza, com base em documentos como cartas, depoimentos e entrevistas, a experiência vivida. A abordagem prioriza a experiência individual, sem prescindir da contextualização de suas atuações, desde o final dos anos 40, no cenário musical brasileiro. A revisão bibliográfica dos estudos de gênero em música integra o trabalho como ferramenta metodológica para as análises das duas sonatas.

    This study investigates the trajectories of Eunice Katunda (1915 – 1990) and Esther Scliar (1926 – 1978). It offers an analysis of ‘Sonata de Louvação’ (1960) and ‘Sonata para Piano’ (1961). Letters, statements and interviews were the main sources for the approach of their trajectories. Their individual experiences are highlighted as well as their relationships to the cultural context of their main professional activities in Brazil, beginning in the late forties. The bibliography on Gender Studies in Music is the reference for the analysis of the two sonatas.

    Resumo / Abstract
Página 10 de 11« Primeira...7891011