Teses

  • Aprendizagens e práticas musicais no Festival de Música Estudantil de Guarulhos.

    Autor: Vania Aparecida Malagutti da Silva Fialho
    Orientador: Profª Drª Jusamara Vieira Souza
    Data da defesa: 28/03/2014
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/96922

    Esta pesquisa buscou compreender as aprendizagens e práticas musicais presentes e desencadeadas no e pelo Festival Música Estudantil de Guarulhos, que teve caráter competitivo e focou as músicas produzidas por estudantes. O objetivo do evento foi o de mobilizar as escolas do município de Guarulhos – SP, e, dar visibilidade às ações músico-pedagógicas nelas desencadeadas. Organizado pela Secretaria de Cultura do município, o Festival envolveu professores e gestores escolares, gestores municipais e, especialmente, 23 grupos musicais formados por jovens estudantes. O evento foi aberto a todas às formações de grupos instrumentais/vocais e a todos estilos/gêneros musicais, o que resultou em uma variedade significativa de jeitos e formas de tocar e cantar. Organizado em duas semifinais e uma final, o evento teve como premiação prometida a gravação de um CD com as dez músicas finalistas. As questões que guiaram a pesquisa foram: Que práticas musicais juvenis aparecem no evento? Como elas apareceram? Que ações músico-pedagógicas o Festival pôde mobilizar nos jovens participantes? E na escola, como isso ocorreu? Em que medida os jovens participantes, e a escola, interferiram nas decisões e na dinâmica do Festival? Para discutir estas questões, enfoquei o Festival de Música Estudantil de Guarulhos considerando que sua dinâmica e funcionamento potencializam aprendizagens musicais para os envolvidos. O Festival foi tomado como uma ação criada a partir de uma política pública, que pode congregar e remodelar práticas culturais no âmbito da música. A pesquisa foi orientada pela abordagem qualitativa e teve como método investigativo o estudo de caso. A inserção em campo se deu entre os meses de outubro de 2011 e junho de 2012, e os dados construídos no trabalho de campo constituíram-se em: 1) observações com registros fotográficos e em audiovisual das eliminatórias e a final do festival de 2011; 2) entrevistas semiestruturadas com os integrantes das bandas e grupos musicais, a equipe pedagógica das escolas participantes, e a equipe organizadora do Festival – incluindo funcionários da Secretaria de Cultura do Município de Guarulhos e da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo; e, 3) documentos relativos ao evento. Os dados da pesquisa permitem a compreensão da dinâmica, da estrutura, e do potencial músico-pedagógico imbuídos nesse tipo de evento. Ao longo do Festival ocorreram diversos momentos profícuos em aprendizagens musicais, tais como a preparação dos jovens estudantes para o evento, e, as situações em que os organizadores possibilitaram o contato deles com outros músicos que lhes passaram dicas e instruções musicais. O Festival alavancou a prática musical de vários jovens e modificou o cenário escolar a partir do engajamento de estudantes e professores com composições, organização de bandas e apresentações musicais. Os resultados mostram que o Festival extrapolou o espaço e o calendário formalmente estabelecido pelos organizadores, contemplando a vida e a música de seus participantes.

    This research aimed at understanding the learning and musical practices triggered in and by the student music festival in Guarulhos. The festival had a competitive nature and focused on the songs produced by the students. Another as important objective was to mobilize the municipal schools in Guarulhos – SP, and also highlight the music education actions developed there. This event was organized by the Municipal Department of Culture involving teachers, school and municipal managers and, especially, twenty-three music groups formed by young students. It was open to all instrumental/vocal groups of any formation and music style, which resulted in a great variety of manners of singing and playing music. The festival had two semifinals and a final, the prize was the recording of a CD with the ten best songs. The leading questions to the research were: What are the juvenile musical practices present at the event? How did they appear? What music education actions did the festival cause in the young participants? And at school, how did that happen? To what extent did the young participants – and the school – interfere in the decisions and dynamics of the event? In order to discuss these questions, the research focuses the student music festival in Guarulhos based on the arguments of field of music education has – understood as a field of knowledge that takes interest in the processes of music teaching and/or learning. The research was guided by the qualitative approach and had a case study as the investigative method. The inclusion in the field occurred between the months of October 2011 and June 2012. The resulting data consists of: 1) audiovisual and photographic records of the playoffs and the final in 2011; 2) semi-structured interviews with participating groups, participating schools’ pedagogical team, and the organizing staff of the Festival – including people from the Department of Culture of Guarulhos and people involved in the Education Department of the State of São Paulo; and, 3) festival-related documents and reports. The resulting data allow the understanding of aspects such as the dynamics, structure, and the music and educational potential present in this kind of event. There were several fruitful moments of music learning during the festival, such as the students’ preparation for the event, and the possibility the organizers gave them to be in touch with other musicians who provided them with hints and instructions concerning music. The festival boosted the music practice of several young students, changing the school setting from the commitment of students and teachers in composing, forming groups, and the music performances. The results show that the festival went beyond the space and schedule the organizers had formally established – by contemplating its participants’ life and music.

    Resumo / Abstract
  • Imagens da docência de música na educação básica : uma análise de textos da Revista da ABEM (1992-2013)

    Autor: Vanilda Lídia Ferreira de Macedo
    Orientador: Prof.ª Dr.ª Luciana Marta Del Ben
    Data da defesa: 27/05/2015
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/122555
  • A diversidade de gênero e sexualidade na perspectiva de licenciados/as em música

    Autor: Vivian Regina Siedlicki
    Orientador: Profª Drª Luciana Marta Del Ben
    Data da defesa: 31/10/2016
    Repositório: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/150804
  • Processos intersubjetivos na composição musical de crianças : um estudo sobre a aprendizagem criativa .

    Autor: Viviane Beineke
    Orientador: Profª Drª Liane Hentschke
    Data da defesa: 21/09/2009
    Repositório: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/17775

    A presente pesquisa está situada no campo das pesquisas sobre a aprendizagem criativa, conceito emergente nas áreas de Educação e de Educação Musical que focaliza o desenvolvimento da criatividade de crianças e jovens em situação de aprendizagem. O objetivo da pesquisa foi investigar como as dimensões da aprendizagem criativa se articulam em atividades de composição musical no contexto do ensino de música na Educação Básica. O referencial teórico foi elaborado com base em dois eixos: as perspectivas das crianças e do professor sobre a aprendizagem criativa. O primeiro eixo, construído segundo o modelo sistêmico de Csikszentmihalyi, revisto através de pesquisas e questionamentos da área de educação musical sobre as práticas e as concepções musicais das crianças, focaliza três dimensões da criatividade: o domínio – ideias de música das crianças;o campo – a comunidade em sala de aula e o indivíduo – contribuições individuais e coletivas. O segundo eixo – perspectiva do professor na aprendizagem criativa – enfoca o papel do professor na construção das relações sociais em aula e as dimensões que caracterizam o ensino criativo: as relações sociais em sala de aula, o engajamento dos interesses dos alunos e a valorização das suas contribuições em atividades de composição musical. O método consistiu em um estudo de caso realizado em aulas de música de uma turma da 2ª série do ensino fundamental. A coleta de dados incluiu: (1) observação e registro em vídeo de dois conjuntos de atividades de composição musical na turma participante, (2) grupos focais com os alunos e (3) entrevistas semiestruturadas e entrevistas de reflexão com vídeo com a professora de música da turma. Os resultados revelam que as dimensões da aprendizagem criativa se articulam nas atividades de composição em grupo, apresentação e crítica musical das produções dos alunos, em um ciclo que aciona processos de estabilização e desestabilização de ideias de música construídas intersubjetivamente em sala de aula. Participando das aulas como compositores, intérpretes e audiência crítica, as crianças constroem sua identidade no grupo e tornam-se agentes da própria aprendizagem, construindo coletivamente o conhecimento que sustenta as suas ideias de música, constantemente revistas, atualizadas e ampliadas pelas suas experiências musicais e reflexivas. Ao professor, cabe proporcionar condições para que se crie esse ambiente de relações sociais positivas, de comprometimento com os processos de aprendizagem do grupo, de colaboração mútua, de engajamento de interesses e de valorização das contribuições das crianças em aula. Ao longo do tempo, essas formas de participação social configuram a constituição de uma comunidade de prática musical engajada e comprometida no processo de negociação e significação dessas práticas, compartilhando maneiras de fazer e pensar música que sustentam a aprendizagem criativa.

    The following research it is based on studies about creative learning, an emergent concept in the Education and Music Education areas, which focuses on the development of creativity on children during learning situation. The aim of the research was to investigate how the creative learning dimension articulates itself on musical composition activities in the primary musical education teaching context. The theoretical framework was build to encompass the children and teacher2019s perspectives on creative learning. The first one was built on Csikszentmihalyi2019s systems view of creativity, and reviewed through some researches about practices and children musical concepts focusing on three creative dimensions: the domain 2013 children music ideas;the field 2013 the school2019s community and the individual 2013 collective and individual background. The second point of view about teacher2019s perspectives on creative learning focused the teacher2019s role in the social relationships in class and the dimensions that characterize the creative teaching: the relationships in the classroom, the students2019 commitment interests and the value of their contribution on musical composition activities. The method consisted on a case study carried out in a 2nd grade primary musical class. The data collection involved: (1) observation and video recording of two blocks of activities during musical composition in the participant class, (2) focused groups with students and (3) semi-structured and reflection interviews using video recordings with the participant class teacher. The results show that the dimensions of creative learning articulate themselves in the composition activities in group, musical presentation and critic on students2019 productions;in a cycle that starts the stabilization and investigates how the creative learning dimension articulates itself on musical composition activities in the primary musical education teaching context and stabilization of music ideas intersubjectively built in the classroom. Participating in the classes as composers, performers, and critical audience, the children build their identity in the group and become agent of their own learning, building the knowledge collectively that sustains their music ideas, which are revised and enlarged constantly by their musical reflective experiences. It is up to teacher to create the conditions to build an environment of social positive relations of groups learning processes, the commitment in mutual collaboration, interest and valuing the children contributions in class. As time goes on, these social participation ways represent the constitution of a committed community of musical practice and in the negotiation and meaning process of this practice, sharing ways to do and think music that sustains creative learning.

    Resumo / Abstract
Página 11 de 11« Primeira...7891011