Teses

  • Minha música sendo outra: a narratividade como coisa composicional.

    Autor: Bruno Milheira Angelo
    Orientador: Prof. Dr. Celso Giannetti Loureiro Chaves
    Data da defesa: 28/03/2014
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/97667

    Esta tese apresenta estudos interpretativos sobre as obras musicais compostas pelo autor durante seu doutoramento: Introverso (piano), Ao Pó (clarinete em si

    Resumo / Abstract
  • A inserção da música na escola: um estudo de caso em uma escola particular de Porto Alegre.

    Autor: Carla Eugenia Lopardo
    Orientador: Profª Drª Jusamara Vieira Souza
    Data da defesa: 31/03/2014
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/103871
  • Ensinar música na escola: um estudo de caso com uma orquestra escolar.

    Autor: Carla Pereira dos Santos
    Orientador: Profª Drª Luciana Marta Del-Ben
    Data da defesa: 26/03/2013
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/70372

    Este trabalho tem como objetivo geral analisar como se configura um modo de ensinar música na escola através de uma orquestra escolar e, como objetivos específicos, investigar as dimensões envolvidas nesse processo de ensino (o que, como, quem, para quem, por que e para que se ensina música nesse grupo) e compreender os significados que constituem esse modo de ensinar música na escola. A cultura escolar foi tomada como construto teórico, possibilitando olhar para o campo e entender o que nele está sendo produzido, assim como as dimensões envolvidas no ensino, a partir da prática escolar. Adotando uma abordagem qualitativa, a pesquisa tem como método investigativo o estudo de caso e, como campo empírico, a orquestra de uma Escola Municipal de Ensino Fundamental da cidade de Porto Alegre-RS. Os dados foram coletados através de observações registradas em notas de campo;registros audiovisuais, mais especificamente fotografias e filmagens;e entrevistas semiestruturadas. A análise e interpretação dos dados indicou que o modo de ensinar música na escola através da Orquestra Villa-Lobos se configura a partir da prática musical em grupo, com referência na profissão, tendo as apresentações e espetáculos como a culminância da aprendizagem musical. Nesse processo, os vínculos afetivos vão sendo fortalecidos pelo convívio e pela prática coletiva, cultivando o que os próprios integrantes denominam como segunda família, criando a ambivalência entre a estrutura rígida e formal de uma orquestra com o ambiente acolhedor da segunda família. Essa prática coletiva foi fazendo sentido para a instituição por suas ações e resultados e o ensino na Orquestra Villa-Lobos se consolidou como um modo de ensinar música na escola, sobretudo, porque foi construído, articulado e sedimentado dentro da própria escola. Palavras-chave: ensino de música na educação básica;grupos instrumentais escolares;cultura escolar.

    This study aims at analyzing a school orchestra sets up a way to teach music in schools. More specifically, the study aims to investigate the dimensions involved in this teaching process (what, how, who, to whom, why, and to what purpose music is taught to this group) and to understand the meanings that help to constitute this way of teaching music in schools. Taken as a theoretical construct, the school culture made it possible to understand what is being produced in the field, as well as the dimensions involved in music teaching, from the perspective of the school practices. Adopting a qualitative approach to research, a case study with the orchestra of a Municipal School of Basic Education of Porto Alegre-RS was carried out. Data were collected through observations recorded in field notes, audiovisual recordings, specifically photographs and footage, and semi-structured interviews. Data analysis indicates that the way of teaching music in the school orchestra is set up from the practice of making music together, taking the music profession as a reference, and public performances as the culmination of the process of music learning. In this process, the affective ties are strengthened both by participants’ interaction and collective practice, cultivating what the members themselves call a second family. This creates ambivalence between the rigid and formal structure of an orchestra and the welcoming atmosphere of the second family. Through its actions and outcomes, this teaching practice gradually became meaningful for the institution. The way of teaching music in the orchestra was consolidated as a way of teaching music in the school because it was built, articulated and settled within the school itself. Keywords: music teaching in basic education;school instrumental groups;school culture.

    Resumo / Abstract
  • Proposição De Modelo Conceitual De Performance Musical Prejudicada Por Ansiedade

    Autor: Carlos Alberto Assis
    Orientador: Drª Cristina Maria Pavan Capparelli Gerling
    Data da defesa: 23/03/2016
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/140168
  • Metáforas e significados na composição musical : quando o compositor revisita e ressignifica seus passos

    Autor: Carlos Walter Alves Soares
    Orientador: Prof. Dr. Antonio Carlos Borges Cunha
    Data da defesa: 31/08/2016
    Repositório: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/148285
  • Educação musical na família : as lógicas do invisível .

    Autor: Celson Henrique Sousa Gomes
    Orientador: Profª Drª Jusamara Vieira de Souza
    Data da defesa: 27/03/2009
    Repositório: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/15575

    O presente estudo versa sobre a aprendizagem musical de uma família originária da cidade de Santarém, no estado do Pará, no norte do Brasil, cujos integrantes desenvolveram e ainda desenvolvem atividades musicais. A pesquisa busca analisar a dinâmica de produção/reprodução e os processos de transmissão/aprendizagem musical vividos por essa família ao longo de quatro gerações, compreendendo um período de aproximadamente um século. Tomando em consideração pressupostos sociológicos, o estudo considera que as aprendizagens e formação musical encontram-se imbricadas em um contexto de interações e de aprendizagens múltiplas. A análise dos dados busca compreender questões educativas subjacentes a essas interações e aprendizagens, tais como o projeto educativo dos pais, as expectativas e oportunidades de aprendizagem e de formação musical, assim como suas relações com a tradição cultural e à dinâmica de mudanças sociais vividas pela família ao longo de sua existência. A partir das referências de Bourdieu, Gayet, Lahire, Setton e Singly, e utilizando como metodologia a História Oral, é possível constatar que as práticas e as aprendizagens musicais, bem como o projeto educativo da família investigada estão relacionados com suas próprias trajetórias familiares, valores, heranças, particularidades e especificidades presentes, também em sua produção musical familiar, compondo, arranjando, registrando, catalogando e escrevendo música e sobre música, produção essa relacionada, também, com a vida em sociedade mais ampla, apontando para a importância da prática musical na sociabilização familiar e social. Essa dinâmica de aprendizagem musical familiar vem, também, acompanhando e adaptando-se às mudanças socioculturais.

    This study is about a family`s musical learning from the city of Santarém in the state of Pará in northern of Brazil, whose members developed and are still developing musical activities. The research aims at analyzing the dynamics of production/ reproduction and the processes of transmission/musical learning experienced by this family over four generations, including a period of about a century. Taking into consideration sociological assumptions, the study considers that the training and musical learning, are overlapping pattern into a context of multiple interactions and learning. The data analysis seeks to understand educational issues underlying these interactions and learning, such as parents’ educational project, expectations and opportunities for learning and musical training, as well as their relations with the cultural dynamics of social changes experienced by this family throughout its existence. From the references of Bourdieu, Gayet, Lahire, Setton and Singly, and using the methodology of the Oral History, it is possible to certify that the practices and the musical learning as well as educational project are related to their own family histories, values, heritages, and special features are also present in the family´s musical production: composing, arranging, recording, cataloging and writing music and about music. This production is also related to the life in broader society, pointing to the importance of musical practice in social and familiar socialization. This dynamic of familiar musical learning, also comes monitoring and adapting to the sociocultural changes.

    Resumo / Abstract
  • Estudar e trabalhar durante a graduação em música : construindo sentidos sobre a formação profissional do músico e do professor de música .

    Autor: Cintia Thais Morato
    Orientador: Profª Drª Jusamara Vieira de Souza
    Data da defesa: 25/09/2009
    Repositório: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/17686

    A temática desta pesquisa diz respeito a uma dimensão da educação superior em música: a formação profissional dos alunos. O que interessa nessa dimensão é a realidade de alunos que já atuam profissionalmente com música enquanto cursam a graduação na área. A pesquisa tem como objetivo geral compreender como os alunos, vivendo no curso e no trabalho, vão estabelecendo relações e produzindo sentidos que instituem a sua formação profissional em música. E, como objetivos específicos: investigar como os alunos vão aprendendo a ser professores de música e/ou músicos à medida que estudam e trabalham e o que consideram importante em suas oportunidades concomitantes de atuação profissional e de estudo na graduação;identificar os sentidos atribuídos pelos alunos à importância de trabalhar e estudar simultaneamente;e examinar as opções feitas, decisões tomadas e ações empreendidas para gerenciar as exigências demandadas pelo seu trabalho e pelo curso. Adoto como conceito de formação as perspectivas teóricas de Jorge Larossa (2002, 2004a, 2004b, 2005), que também se subscreve Larossa Bondiá (2002), e Marie-Christine Josso (2004a). Por essas perspectivas teóricas, a formação se constitui ao longo das experiências vividas pelas pessoas (o âmbito instituinte da formação) quando em relação com as instâncias formadoras (o âmbito instituído da formação). A metodologia adotada é o estudo de caso por se tratar de um fenômeno contemporâneo (YIN, 2005) que interrompe as normas socialmente instituídas (PASSERON;REVEL, 2005), de acordo com as quais tanto o aluno deve primeiro realizar sua formação para depois trabalhar, como a profissionalização em música não se legitima pela formação superior e respectiva titulação. A pesquisa contribui para que os profissionais envolvidos com o ensino superior em música possam problematizar os conceitos sobre formação com os quais preparam os alunos para a vida profissional, bem como questionar os julgamentos que constroem sobre quem são os seus alunos. Os resultados contribuem para a teoria da educação musical ao contemplar mais uma faceta da multiplicidade da vida musical dos alunos de cursos superiores que já trabalham, uma vida musical que se transforma em vida profissional que, por sua vez, retroalimenta a vida musical, num movimento infinito.

    This paper’s theme has to do with one dimension of higher degree education in music: the professional training of the students. What is of interest in this dimension is the fact of those students who already exercise music professionally while undergoing education in this area. The general aim of this study is to understand how students, sharing their lives between school and work, keep on establishing relationships and developing senses which establish their professional education in music. The specific aim is threefold: investigate how students keep on learning how to be music teachers and/or musicians while at school and at work, and what they, while at school and at work, consider important in their concomitant opportunities of professional experience and of school education;identify the senses given by students to the importance of working and studying simultaneously;and examine the options taken, decisions made and actions carried out to meet the requirements imposed by their professional work and their course in education. The education concept I adopted is that of both Jorge Larossa’s (2002, 2004a, 2004b, 2005), who also subscribes Larossa Bondiá (2002), and Marie-Christine Josso’s (2004a) theoretical perspectives. According to these theoretical perspectives, education is reached throughout the experiences undergone by people (education’s establishing surroundings) when in relation with the educating instances (education’s established surroundings). The methodology adopted is that of the case study as it deals with a contemporary phenomenon (YIN, 2005) that breaks the norms socially established (PASSERON;REVEL, 2005) according to which not only should the student first complete his/her education and afterwards pursue professional work, but also professionalization in music is not legitimized by higher education and respective degrees. This study contributes to those involved in higher music education being capable of problematizing the concepts on education with which they prepare their students for a professional life, and also contributes to their questioning the judgements they make on who their students are. The results contribute to the theory of musical education as it contemplates one more facet of the multiplicity of the musical life of those higher education students who are already working professionally, a musical life that turns into a professional life which, in turn, provides feedback to a musical life, thus establishing a perpetual motion pattern.

    Resumo / Abstract
  • Por uma ecologia da formação de professores de música : diversidade e formação na perspectiva de licenciandos de universidades federais do Rio Grande do Sul. .

    Autor: Cristiane Maria Galdino de Almeida
    Orientador: Profª Drª Luciana Marta Del Ben
    Data da defesa: 29/09/2009
    Repositório: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/17690

    O presente trabalho teve como objetivo investigar como estão sendo formados os professores de música para trabalhar com/em a diversidade presente na sociedade, a partir da perspectiva dos licenciandos. Os objetivos específicos foram identificar em que condições os licenciandos estão sendo preparados – condição de produção/reprodução dos discursos e práticas na universidade e que nestas estão implicadas sua cultura, sua etnia e suas múltiplas identidades;identificar quais os instrumentos de construção/manutenção/transformação sociocultural de que vão dispor;e analisar que conhecimentos são priorizados nessa formação. O referencial teórico do trabalho está fundamentado em conceitos da teoria crítica pósmoderna, entre eles, sociologia das ausências e teoria da tradução, propostos por Boaventura de Sousa Santos (2005a). Foi realizado um estudo de entrevistas com 17 licenciandos de três universidades federais do Rio Grande do Sul. A técnica de pesquisa utilizada foi a da entrevista episódica, e as informações socializadas foram analisadas qualitativamente. A partir da análise, considerei que a diversidade ainda não faz parte da formação como um projeto consolidado institucionalmente e que o conhecimento é predominantemente monocultural. Esses aspectos tornam a formação um espaço de tensões e possibilidades. Proponho que ela seja vista a partir de uma ecologia da formação, como espaço de inter-relações, onde os diálogos interculturais sejam exercitados e, consequentemente, seja possível viver a formação com/em a diversidade para formar professores de música que possam trabalhar com/em a diversidade.

    This research aimed at investigating how future music teachers are being educated to work with/in the diversity present in the society, from the perspective of the music student-teachers. The specific objectives aimed at identifying the conditions in which the music student-teachers are being prepared – the conditions of production/reproduction of the belief system and practices in the university, in which are implied their culture, their ethnicity, and their multi-faceted identities;identifying the available tools to generate sociocultural construction/maintenance/transformation;as well as analyzing the knowledge prioritized during the initial education course. The theoretical framework was composed by concepts coming from the post-modern critical theory, proposed by the Portuguese sociologist Boaventura de Sousa Santos (2005a). An interview study was carried out with 17 students from three federal universities in the state of Rio Grande do Sul (southern Brazil). The research technique used was the episodic interview. The information shared with the students underwent a qualitative analysis. The analysis revealed that diversity is still not part of the initial education course as an institutional project and that the knowledge present in the course is mainly monocultural. Based on such aspects, the initial education course can be understood as a place of tensions and possibilities. Then, I propose that it be conceived as an ecology of education, as a space of interrelationships where the intercultural dialogues are exercised and, consequently, it will become possible to live educational processes with/in diversity in order to educate music teachers who can work with/in diversity.

    Resumo / Abstract
  • Alunos de ensino médio e suas aprendizagens na aula de música como componente curricular : um estudo com a turma do Colégio Estadual Júlio de Castilhos, Porto Alegre, RS

    Autor: Cristina Bertoni dos Santos
    Orientador: Prof.ª Dr.ª Luciana Marta Del Ben
    Data da defesa: 22/06/2015
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/122535
  • As crenças de autoeficácia dos professores de música.

    Autor: Cristina Mie Ito Cereser
    Orientador: Profª Drª Liane Hentschke
    Data da defesa: 06/05/2011
    Repositório: http://hdl.handle.net/10183/31429

    O presente trabalho teve como objetivo investigar as crenças de autoeficácia dos professores de música para atuar na educação básica em relação a variáveis demográficas e de contexto. O referencial teórico do trabalho está fundamentado na perspectiva social cognitiva, mais especificamente na teoria da autoeficácia de Bandura. De acordo com o meu objetivo o survey se mostrou o método mais adequado para realizar esta pesquisa. Como instrumento de coleta de dados foi utilizado o questionário autoadministrado publicado na internet. Esse questionário foi constituído de questões sobre informações pessoais e 21 itens em escala de Likert medidos em cinco pontos. Os itens da escala foram agrupados em cinco dimensões das crenças de autoeficácia do professor de música para atuar na educação básica: a) ensinar música;b) gerenciar o comportamento dos alunos;c) motivar os alunos;d) considerar a diversidade do aluno;e e) lidar com mudanças e desafios. Esse instrumento foi denominado de Escala de Autoeficácia do Professor de Música. Fizeram parte da amostra 148 professores e estagiários que atuavam na educação básica ministrando aula de música no currículo. A metodologia foi divida em duas fases. A fase 1 teve como objetivo testar o desenho da pesquisa, que seguiram as seguintes etapas: a) adaptação e elaboração da escala para investigar o grau das crenças de autoeficácia dos professores de música;b) estudo-piloto para verificar a confiabilidade do instrumento de medição;e c) seu layout e logística via internet. Na fase 2 foram realizadas a coleta e a análise de dados. Para análise dos dados foram utilizadas a estatística descritiva e a estatística inferencial. Os resultados apontaram que em geral os professores atribuíram altos e médios índices aos itens de todas as dimensões de crenças de autoeficácia. As dimensões que apresentaram menores índices de crenças de autoeficácia foram: gerenciar o comportamento dos alunos e motivar alunos. Esse resultado parece sugerir que os professores de música sentem menores crenças de autoeficácia em lidar com dimensões que se referem ao relacionamento interpessoal (professor-aluno). Além disso, foi constatado que quanto maior a faixa etária e tempo de atuação do professor de música maior tende ser o valor do escore médio da dimensão gerenciar o comportamento dos alunos. Esta pesquisa pretende contribuir para a área de educação musical ao trazer uma perspectiva teórico-metodológica para compreender as crenças de autoeficácia dos professores de música.

    The current work aimed to investigate the music teachers’ self-efficacy belief to teach in school related to demographic variables and context. The theoretical framework is based on social cognitive perspective, specifically on Bandura’s self-efficacy theory. The survey has shown to be the most appropriate method to conduct this research. A self-administered questionnaire published on the internet was used as the data collection tool. This questionnaire was composed of questions about personal information and 21 items in 5-point Likert’s scale. The scale items were grouped in five dimensions of music teacher self-efficacy belief to teach in school context: a) teach music;b) manage students’ behavior;c) motivate students;d) consider the students’ diversity;and e) cope with changes and challenges. This tool was called Music Teacher’s Self- Efficacy Scale. The sample consisted of 148 teachers and trainees working on school teaching curricular music classes. Methodology was split into two phases. Phase 1 aimed testing the research design, following these stages: a) development of the scale to investigate music teachers’ self-efficacy belief;b) a pilot study to check the reliability of the measurement tool;and c) its layout and logistics via internet. In phase 2 data collection and data analysis were performed. For data analysis we used descriptive statistics and inferential statistics. The results showed that teachers usually gave high and medium indexes in all self-efficacy belief dimensions. The dimensions showing the lowest self-efficacy scores were: manage students’ behavior and motivate student. This result suggests that music teachers have lower self-efficacy belief when dealing with dimensions related to interpersonal relationship (teacher-student). Furthermore, it has been learned that the greater the age and work experience of the teacher, the higher is the average score in the dealing with managing students’ behavior dimension. This research intends to contribute with the music education field providing a theoretic-methodological perspective to help understanding the music teachers’ self-efficacy belief.

    Resumo / Abstract
Página 2 de 1012345...10...Última »