Guia Alimentar para crianças menores de 2 anos

Criado em 2004, revisado em 2010 e nesta nova edição totalmente refeita foi colocada em consulta pública em 2018 sob a denominação de Guia Alimentar para Crianças Menores de 2 Anos. O Guia ajuda pais e responsáveis com “recomendações e informações sobre como alimentar crianças nos dois primeiros anos de vida para promover saúde, crescimento e desenvolvimento de acordo com o potencial de cada criança.” Por ser um documento oficial do Ministério da Saúde, subsidia ações de educação alimentar e nutricional individual e coletivamente no Sistema Único de Saúde (SUS), sendo também um orientador de políticas, programas e ações, que visam uma melhor alimentação das crianças brasileiras.

Fonte: Thamires Motta                                       iStock.com/Getty Images

A importância do Guia abrange todas as esferas sociais, desde a família, a escola, a saúde e a política. Logo, como o próprio Guia Alimentar cita: “Sua publicação reforça o compromisso e a prioridade absoluta do Ministério da Saúde de contribuir para o desenvolvimento de estratégias para a promoção e realização do direito humano à alimentação adequada às crianças, considerando a especificidade e a relevância dos primeiros anos de vida no desenvolvimento do ser humano.”

Sendo assim, uma consulta pública foi aberta em agosto de 2018, que já está encerrada, para a construção do um novo documento mais completo. Essa versão ainda não foi publicada pela mudança de governo, mas encontra-se disponível no link abaixo. Ler sobre a alimentação adequada para os pequenos é de extrema importância para a prevenção de doenças precocemente, como sobrepeso, obesidade, desnutrição e anemia. E a melhor fonte para isso certamente é o Guia Alimentar para Crianças Menores de 2 Anos.

Guia Alimentar para Crianças Menores de 2 Anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *