Foto: Elizabeth Thiel
Notícia 4 abril, 2018

Atividade de extensão realiza cerimônia para entrega de certificados no Madre Pelletier

Na tarde do dia 27 de março, o Presídio Estadual Feminino Madre Pelletier ficou mais colorido e alegre com a cerimônia de entrega dos certificados das atividades integradas na Atividade de Extensão “Justiça com as próprias mãos: manualidades e direitos humanos das mulheres”. A cerimônia contou com a presença de 22 detentas que aguardavam ansiosas pelo horário da entrega dos seus certificados. Maquiadas, perfumadas, penteadas e com um belíssimo sorriso no rosto, as apenadas coloriram aquela tarde chuvosa, na sala VerdeLilás da penitenciária.  

As formandas receberam os certificados do curso de produção de sabonetes com ervas medicinais e da roda de leitura – oficina que tem como objetivo contribuir para a educação de mulheres encarceradas, criando um espaço educativo que contribua para que elas participem de projetos de elevação de escolaridade e de remição de pena pela leitura. Foram trabalhadas somente obras de autoras mulheres, cujos títulos foram escolhidos pela coordenadora da atividade, Aline Cunha e por sua colega, Ana Claudia Godinho. As discussões incluíram questões relacionadas à emancipação feminina e as atividades tiveram carga horária equivalente a um dia de remição de pena.

As aulas foram ministradas pelas professoras da Faculdade de Educação Aline Cunha e Ana Claudia Godinho e por cinco bolsistas de extensão (alunas dos cursos de Pedagogia, Ciências Sociais e Letras). A Pró-Reitoria de Extensão da UFRGS foi responsável também pela disponibilização dos materiais e recursos utilizados no evento.

Antes do início da atividade, Aline e duas bolsistas realizaram a organização da sala VerdeLilás para a recepção das formandas. Enfeitaram o quadro de giz com frases motivacionais, imagens alegres, palavras-chave e com os nomes de cada uma das 22 mulheres. Ao chegarem, as apenadas foram recepcionadas por toda a equipe responsável pelo projeto com abraços, conversas, sorrisos e um “boas-vindas” cheio de orgulho e satisfação.

A bolsista Amanda Lourensen iniciou a cerimônia chamando as convidadas Liliane Giordani, professora da FACED, a Vice Pró-Reitora de Extensão, Claudia Aristimunha, e a diretora substituta do Madre Pelletier, Sabrina Nunes, que compuseram a mesa. Em sua fala de abertura, Claudia reforçou a importância de um projeto voltado às mulheres: “a alegria é para a Universidade, que tem um projeto voltado às mulheres e com um objetivo tão especial assim. Desejo que a atividade tenha muito tempo de vida e que as participantes aproveitem os ensinamentos fora daqui”.

Ana Claudia Godinho aproveitou o momento de emoção e declarações sucintas e também deixou um recado para as detentas. “Seja na sala de aula ou aqui no Madre Pelletier, educação é importante e todos têm direito. O projeto veio para mostrar e afirmar isso. Parabéns, gurias”, frisou.

Convidadas a falar, as formandas também agradeceram as oportunidades que tiveram. Três delas agradeceram em voz alta, ressaltando a importância de ter o certificado na mão e levantaram-se para abraçar todos os envolvidos no projeto. “Este é o momento em que as apenadas mais precisam do apoio da comunidade”, ressaltou a Diretora substituta do Presídio.

Foto: Elizabeth Thiel

Foto: Elizabeth Thiel

Share this:

Notícias relacionadas:

Av. Paulo Gama, 110 - Reitoria, 5° andar - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul - CEP: 90040-060

divulgacao@prorext.ufrgs.br - +55 51 3308.3374 (Atendimento: 9h-12h e 14h-17h30)