Menu fechado

Cursos e Eventos

mar
11
sex
2022
Enrique Serra Padrós: Paixão pela História
mar 11@18:00
Enrique Serra Padrós: Paixão pela História

Na próxima sexta-feira, dia 11, às 18 horas, ocorre a primeira live do Departamento de História do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH/UFRGS) para homenagear a trajetória acadêmica e intelectual do professor Enrique Padrós, falecido em 23 de dezembro de 2021. O encontro terá coordenação e apresentação do docente Cesar Augusto Barcellos Guazzelli e a participação de orientandos, ex-orientandos e pesquisadores que acompanharam o professor Padrós.

Nascido no Uruguai, Padrós fez toda a sua formação acadêmica na UFRGS. O professor ministrava as disciplinas das áreas de Ensino de História e de História Contemporânea, além de orientar estudantes de mestrado e doutorado junto ao Programa de Pós-Graduação em História. Foi coordenador do Movimento de Justiça e Direitos Humanos do RS entre 2011 e 2012 e integrou o Conselho Científico da Rede de Estudo dos Fascismos, Autoritarismos, Totalitarismos e Transições.

Sua tese de doutorado “Como el Uruguay no hay… Terror de Estado e Segurança Nacional – Uruguai (1968-1985): do Pachecato à Ditadura Civil-Militar” é considerada uma referência sobre o tema das ditaduras recentes na América Latina e sobre o conceito de terrorismo de Estado.

O evento será transmitido pelo canal do IFCH no Youtube.

abr
14
qui
2022
“Carvão e Meio Ambiente: Impactos e Alternativas” – live do #FalaIGEO
abr 14@16:00
“Carvão e Meio Ambiente: Impactos e Alternativas” – live do #FalaIGEO

Nesta quinta-feira (14), o #FalaIGEO – Programa de entrevistas e debates do IGEO/UFRGS apresenta a live “Carvão e Meio Ambiente – Impactos e Alternativas”. O programa fecha a série temática Carvão no RS, lançada em novembro de 2021. A transmissão será via Youtube, às 16h.

A série foi organizada em três programas de modo a contemplar diferentes segmentos envolvidos com o tema: o primeiro apresentou o ponto de vista do setor econômico/empreendedor, seguido da visão da gestão pública de recursos energéticos e, para conclusão, se apresentará o assunto na perspectiva indispensável dada pela abordagem ambiental.  Assim, o último programa da série discutirá a problemática do uso de fontes não renováveis como parte da transição energética em nosso país e no mundo, pontuando, entre outras questões, mitigação de danos, compensação de serviços ecossistêmicos e fontes alternativas de energia.

Com a mediação de Ariane K. Bernardes, técnica do Instituto de Geociências e membro da equipe #FalaIGEO, o programa terá como convidado Eduardo Wagner Silva, Engenheiro Civil com pós-graduação em Geoprocessamento Ambiental e Analista Ambiental do IBAMA desde 2003. Ele atua na Diretoria de Licenciamento Ambiental (DILIC) do IBAMA há mais de 10 anos e, desde 2017, chefia a Divisão de Energia Nuclear, Térmicas, Eólicas e Outras Fontes Alternativas (DENEF).

Se inscreva, curta, compartilhe e divulgue o canal do IGEO no YouTube.

Mais informações sobre o projeto no site do Instituto de Geociências/UFRGS.

abr
22
sex
2022
Conversa sobre a Arte Guarani Mbya
abr 22@19:00
Conversa sobre a Arte Guarani Mbya

Museu da UFRGS, em parceria com o Coletivo Encontro de Saberes e o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros, Indígenas e Africanos da UFRGS (NEAB), promove a “Conversa sobre a Arte Guarani Mbya” nesta sexta-feira, dia 22 de abril, às 19h. O evento é gratuito e sem necessidade de inscrição prévia, com transmissão ao vivo pelo canal do Museu da UFRGS no YouTube.

Além de tratar dos aspectos da Arte Guarani Mbya, a conversa abordará o projeto “Mbya e Mbyá rempiapo (artesanato Mbyá-guarani): um olhar sobre o artesanato Mbyá Guarani”, conjunto de três produções em vídeo realizados com financiamento de edital da Lei Aldir Blanc. O evento pretende também dialogar a respeito dos significados do “artesanato”, designação não-indígena para uma produção que expressa uma visão de mundo sensivelmente ligado à espiritualidade, seu entendimento como “arte” e a importância da divulgação desses saberes.

O encontro será mediado por Claudia Porcellis Aristimunha, coordenadora do Núcleo de Ações Educativasdo Museu, e contará com a presença dos indígenas Mbyá-Guarani estudantes da UFRGS Araci da Silva e Laercio Gomes Mariano, da líder espiritual Mbyá-Guarani Talcira Gomes e do professor aposentado do curso de Farmácia da Universidade Mauro Silveira de Castro.

abr
27
qua
2022
“Os conflitos na Ucrânia: Precedentes e Perspectivas Futuras.” – Live do #FalaIGEO
abr 27@17:00
"Os conflitos na Ucrânia: Precedentes e Perspectivas Futuras.” - Live do #FalaIGEO

#FalaIGEO – Programa de entrevistas e debates do IGEO/UFRGS apresenta a live “Os conflitos na Ucrânia: Precedentes e Perspectivas Futuras.” Nesta edição serão tratados aspectos atuais sobre o confronto, além de uma análise do panorama histórico e geopolítico integrado aos países do leste europeu. A live, com mediação de Ariane K. Bernardes (Técnica do Instituto de Geociências e membro da equipe #FalaIGEO), acontecerá no dia 27 de abril, às 17h, no canal do Youtube.

A Ucrânia é o segundo maior país em área do continente europeu, sendo também um dos países mais populosos, com aproximadamente 43,6 milhões de habitantes. As suas principais fronteiras se dão com a Bielorrússia e a Rússia ao norte, além da Moldávia e a Roménia ao sul. A Ucrânia faz divisa ainda com Hungria a sudoeste e com Eslováquia e Polônia a oeste, sendo banhada ao sul pelos mares Negro e de Azov. Após meses de instabilidade com a presença militar russa na fronteira ucraniana, no dia 24 de fevereiro deste ano, teve início na Ucrânia a operação militar, como é denominada oficialmente pelo país de Vladimir Putin. A partir de então, sucessivas invasões, promovidas pelo exército russo, se instauraram por todo território ucraniano com incursões desde a capital Kiev, entre outras importantes regiões do país, configurando o atual cenário de guerra.

A temática desta programação busca contextualizar os antecedentes que estabeleceram, ao longo dos últimos anos, as bases deste confronto, que já figura como um dos maiores conflitos militares na Europa, desde a Segunda Guerra Mundial, abrindo caminho para a maior crise de segurança neste continente desde a Guerra Fria.

Convidados:

Aldomar Arnaldo Rückert. Professor titular no Departamento de Geografia e permanente nos Programas de Pós-graduação em Geografia (IGEO) e em Planejamento Urbano e Regional (PROPUR- Faculdade de Arquitetura), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); Pesquisador CNPq. Membro do Conselho Científico do College International des Sciences Territoriales – CIST – da Université Paris 7 Denis Diderot, Paris, França.

Roberto Uebel. Doutor em Estudos Estratégicos Internacionais pela UFRGS e Professor de Relações Internacionais da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-Porto Alegre). Atualmente é pós-doutorando em Geografia Política na UFRGS. É pesquisador dos seguintes grupos de pesquisa certificados pelo CNPq: Laboratório Estado e Território (LABETER/UFRGS); Atores e Agendas nas Relações Internacionais (ESPM-POA) e; Grupo de Economia do Mar (GEM/EGN-FURG). Pesquisador do Consejo Latino-Americano de Ciencias Sociales (CLACSO). Possui produção científica nas áreas de migrações internacionais, Geopolítica, fronteiras e conflitos internacionais.

Se inscreva, curta, compartilhe e divulgue o canal do IGEO no YouTube.

Mais informações sobre o projeto no sítio do Instituto de Geociências/UFRGS: http://igeo.ufrgs.br/ig/index.php/falaigeo/210-projeto-falaigeo

Contato: falaigeo@ufrgs.br

Lançamento do livro “Quando é preciso decidir: Benjamin Constant e o problema do arbítrio” – Live do Nupergs
abr 27@17:00
Lançamento do livro “Quando é preciso decidir: Benjamin Constant e o problema do arbítrio” - Live do Nupergs

Neste dia 27, às 17h, o pesquisador Felipe Freller, do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), faz o lançamento do livro “Quando é preciso decidir: Benjamin Constant e o problema do arbítrio” no Núcleo de Pesquisa de Política (NUPERGS). Com mediação de Christian Schallenmüller, professor do Departamento e do PPG em Ciência Política, o evento conta a presença dos discentes Roberta Soromenho Nicolete, do Departamento de Ciência Política da UERJ (ICS), e Nikolay Steffen, do curso de Ética e Filosofia Política da UFRGS.

O livro de Freller aborda a obra de Benjamin Constant, um dos “pais fundadores” do liberalismo político, a partir do problema do arbítrio e da decisão. Duas características que têm como base uma sociedade autorregulada, assim como seu sistema judiciário, impedindo que a vontade humana prejudique a aplicação imparcial das leis. Mas essas aplicações são muito mais complicadas.

A transmissão será em pelo canal do Nupergs no Youtube.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support