Imagem: Divulgação
Notícia 10 dezembro, 2018

Evento reflete sobre curadoria, aceleração e lentidão na arte

Nos dias 10 e 11 de dezembro de 2018, ocorre o evento Trajetórias Curatoriais entre a aceleração e a lentidão – Slow Curatorial Trajectories, com a presença da curadora, pesquisadora e educadora Carolyn Strauss (EUA) para compartilhar suas pesquisas e reflexões a respeito dos processos de aceleração e lentidão na arte contemporânea. Carolyn também abordará algumas das investigações criativas que tem desenvolvido como diretora do espaço independente Slow Lab, plataforma multidisciplinar de criação e curadoria, e como mentora no De Appel Curatorial Programme, ambos sediados em Amsterdam (Holanda).

Em 10 de dezembro (segunda-feira), às 18h30, ocorre um bate-papo com Carolyn na Sala 703 A do Instituto de Artes da UFRGS -IA (Rua Sr. dos Passos, 248 – Centro Histórico). Neste dia, ela falará sobre suas reflexões, proposições curatoriais e experiências como gestora do Slow Lab Research e mentora no Programa Curatorial De Appel. Em relação a este último, refletirá sobre como os curadores participantes foram desafiados a se envolver com seus sujeitos de pesquisa para explorar ritmos variados ao realizar seus projetos e assim recalibrar suas identidades pessoais e objetivos como pesquisadores e curadores.

Após a fala de Carolyn Strauss, as professoras do IA Ana Albani e Bruna Fetter apresentam o Curso de Especialização em Práticas Curatoriais, programado para iniciar em março de 2019 na UFRGS. Na sequência, será promovido um ambiente de trocas entre a palestrante e responsáveis por projetos independentes em Porto Alegre, como Diego Groisman (Casa Baka), Mel Ferrari (Papelera), Fernanda Medeiros (Cactus Edições) e Chico Soll (Galeria Prego).

No dia 11 de dezembro (terça-feira), às 14h, acontece uma sessão de leitura de portfólio de artistas convidados realizada por Carolyn na Sala 602 do IA. A atividade será aberta para alunos, artistas, curadores e demais interessados que desejarem acompanhar as conversas e trocas possibilitadas pela atividade.

Carolyn F. Strauss (EUA, vive e trabalha em Amsterdã) é curadora, educadora e facilitadora criativa, cuja experiência percorre os campos da arquitetura, design, arte contemporânea, tecnologia emergente e ativismo social e ambiental. Na Slow Lab, ela envolve uma coleção dinâmica de pensadores e profissionais em um espectro de atividades de pesquisa locais e internacionais exposições, publicações, workshops, diálogos in situ e experiências de estudo imersivas realizadas em colaboração com parceiros acadêmicos, institucionais e sem fins lucrativos.

Ambas as atividades do Trajetórias Curatoriais entre a aceleração e a lentidão são gratuitas e preveem emissão de certificados de participação. Esta é uma atividade de Extensão promovida pelo Grupo de Pesquisa Práticas artísticas contemporâneas e suas narrativas de legitimação, coordenado por Bruna Fetter e vinculado ao Departamento de Artes Visuais do IA.

Share this:

Notícias relacionadas:

Av. Paulo Gama, 110 - Reitoria, 5° andar - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul - CEP: 90040-060

divulgacao@prorext.ufrgs.br - +55 51 3308.3374 (Atendimento: 9h-12h e 14h-17h30)