Imagem: Juliana Jacyntho
Notícia 30 abril, 2018

Mostra de videoarte “Audiovisual sem destino” acontece na Pinacoteca do IA/UFRGS

Tem início no dia 8 de maio (terça-feira), na Pinacoteca do IA/UFRGS (Rua Senhor dos Passos, 248, 2º andar — Centro Histórico, Porto Alegre), a 5ª edição da Mostra de vídeos “Audiovisual Sem Destino — AVSD 2018”. Em sua 5ª edição, a mostra de videoarte AVSD apresenta 29 trabalhos de artistas de diferentes partes do Brasil. A seleção teve como jurados Alessandra Bochio, Marina Polidoro e Lucas Leispier, além de membros da equipe AVSD.

A mostra deste ano terá como convidado o Lab eXtremidades, grupo de estudos da PUC—SP que surgiu do encontro crítico e inventivo de cinco pesquisadores, curadores e artistas (Christine Mello, Cyntia Calhado, João Simões, Larissa Macêdo e Lucas Lespier) e explora experiências interconectadas entre múltiplas plataformas, comunidades e linguagens. Christine Mello, crítica, curadora, pesquisadora e professora em arte e comunicação da PUCSP e integrante do Lab eXtremidades, apresentará o Seminário “Extremidades das linguagens” no dia 17 de maio (quinta-feira), às 10h, na Pinacoteca do IA/UFRGS e fará o lançamento do livro “Extremidades: experimentos críticos” no dia 18 de maio (sexta-feira). A programação da mostra AVSD inclui ainda exposição e performances “No comprendo películas”, que acontecem na abertura do evento (dia 08 de maio, 18h). No encerramento da mostra AVSD (19 de maio), os integrantes do LUGAR convidam o Lab eXtremidades para uma noite de experimentações audiovisuais.

Mostra AVSD 2018, vídeos selecionados: “Anus 1 domini 9”, de Aline Gabrielle Renner; “O Período de Férias”, de Paulo Henrique Lange; “Meu nome é Suellen”, de Juliana Jacyntho; “Paper Doll”, de Marluana Fernandes; “Joguete de Moiras”, de Flavia Scalon Fogliato; “Work in regress”, de Louise Kanefuku; “Buraco”, de Joana Burd e Carina Macedo; “Velada”, de Kahena Zanardo Sartore; “UM”, de Angélica Del Nery, Raimo Benedetti; “Desenhar Sísifo: Linha ruidosa”, de Pedro Elias Parente da Silveira; “Desenhos Empilhados”, de Teresa Poester, Kelvin Koubik e Caju Galon; “Diarkís”, de Isis Gasparini; “First Attempt: Escaping”, de Cezar Sperinde e Yael Vishnizki Levi; “Sebastian”, de Filipe Rossato e Sebastian; “Conto com você!”, de Guilherme Bergamini; “Só a banalidade me interessa”, de Chana de Moura e Louise Kanefuku; “Cume/clímax”, de Gabriel Pessoto; “Volição”, de Thatiana Cardoso; “FREAKIN’ JESUS”, de Itapa Rodrigues; “Filmes, montanhas-russas e cogumelos portobello”, de Lucas Pandolfo; “(ØØØ)”, de Alexandre Pinheiro dos Santos Junior; “Les Plage D’Ique”, de Ique Larica Gazzola; “Trabalho em processo (work in progress)”, de Maria Ana Emerich, Pedro Rocha e Karine Emerich; “Still-Life Forms”, de Ana Henriques Brotas e Xavier Napierala Ovídio; “Hierós Glýphein”, de Carlos Diego Alves da Fontoura e Marcelo Casarini Reis; “A bordo”, de Gabriela Guerra Jacobsen; “Ajna — Sara Não Tem Nome”, de Julia Baumfeld; “A Sublime experiência de um olhar”, de Alice Caumo Soster Paskulin, Ana Pessoto, Tainá Musskopf, Douglas Ordovás, Isadora Monteiro, Daniel Gutschwager, Laura Scaramuzza, Luiza da Fonte e Matheus Peixoto

Participantes da Exposição “No comprendo películas”: Ana Paula Pollok, Amanda Teixeira, Isabela de Mendonça, João Paulo Vicentini Frantz, Jordi Tasso, Leo Caobelli, Lu Rabello, Luciane Bucksdricker, Manoela Furtado, Samy Sfoggia e Viviane Gueller.

Mais informações no site do Lab eXtremidades.

Share this:

Notícias relacionadas:

Av. Paulo Gama, 110 - Reitoria, 5° andar - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul - CEP: 90040-060

divulgacao@prorext.ufrgs.br - +55 51 3308.3374 (Atendimento: 9h-12h e 14h-17h30)