Foto: Rochele Zandavalli/SECOM UFRGS
Foto: Rochele Zandavalli/SECOM UFRGS
Notícia 17 maio, 2017

Mulheres participam de formatura de cursos de Extensão na Penitenciária Madre Pelletier

Dezoito mulheres participaram, na tarde da última terça-feira, 16 de maio, da cerimônia de formatura de dois cursos de extensão vinculados ao projeto Justiça com as Próprias Mãos. Os cabelos arrumados, os sorrisos nos rostos e as lembrancinhas entregues às professoras e bolsistas que coordenaram as atividades indicavam a relevância, para aquelas mulheres, do evento que ocorria na sala VerdeLilás da Penitenciária Feminina Madre Pelletier.

As detentas receberam os certificados do curso de produção de sabonetes com ervas medicinais e da roda de leitura, oficina que tem como objetivo contribuir para a educação de mulheres encarceradas, criando um espaço educativo que contribua para que elas participem de projetos de elevação de escolaridade e de remição de pena pela leitura. Foram trabalhadas somente obras de autoras mulheres, e as discussões incluíram questões relacionadas à emancipação feminina. Iniciadas no semestre passado, as atividades tiveram carga horária total de 18 horas, o que equivale a um dia de remição de pena.

As aulas foram ministradas pelas professoras da Faculdade de Educação Aline Cunha e Ana Godinho e por cinco bolsistas de extensão, alunas dos cursos de Pedagogia, Ciências Sociais, Serviço Social e Letras. A UFRGS foi responsável também pela disponibilização dos materiais e recursos utilizados.

Trinta mulheres iniciaram os cursos, e 18 os concluíram. Como afirmou Aline, as professoras não lamentam a taxa de evasão, já que praticamente todas as que descontinuaram as atividades saíram em liberdade. Com convênio válido até setembro, mais turmas serão oferecidas ao longo do ano, e, de acordo com a professora, os coordenadores da atividade pretendem buscar a renovação do projeto.

A diretora da penitenciária Maria Clara Oliveira de Matos relatou sua gratificação em ver as detentas iniciarem e completarem todo o processo. “Nossa intenção é que vocês possam levar alguma coisa positiva daqui quando vocês retornarem. E acredito que vocês levarão muitas coisas positivas desse convênio”, afirmou.

O diretor da Faculdade de Educação Cesar Valmor Machado Lopes aproveitou a ocasião para reafirmar o compromisso da Universidade com o ensino, a pesquisa, a extensão e, especialmente, com a inclusão social. “Essa universidade, que é pública, paga por todos nós tem um compromisso muito maior, também com a extensão. Temos responsabilidade, sim, com todas vocês. Esse trabalho articula ensino, extensão e pesquisa, tentando dar conta desse compromisso da Universidade. Temos um compromisso em incluir todas as pessoas, em construir uma universidade para todas e todos”, enfatizou.

Convidadas a discursar, as detentas também expressaram satisfação com o resultado das atividades: “Estou muito feliz mesmo de estar aqui agora, neste momento. Para mim, é um momento histórico participar desta formatura. É um aprendizado que vou usar pelo resto da vida, com minha família, com meu filho”, relatou Cristiane. “Nesses três anos que estou aqui aprendi muitas coisas. E aprendi que a leitura é muito especial para nós, para depois ensinarmos nossos filhos, nossos irmãos, nossa família”, ressaltou Tatiana.

Texto: SECOM/UFRGS.

Av. Paulo Gama, 110 - Reitoria, 5° andar - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul - CEP: 90040-060

divulgacao@prorext.ufrgs.br - +55 51 3308.3374 (Atendimento: 9h-12h e 14h-17h30)