Foto: divulgação
Foto: divulgação
Notícia 19 junho, 2017

Sala Redenção exibe sessão de junho da Mostra Tela Indígena

No dia 21 de junho, quarta-feira, a Sala Redenção – Cinema Universitário (Av. Paulo Gama, 110, ao lado da Reitoria – Campus Centro) exibirá os filmes Para onde foram as andorinhas? e Belo Monte: depois da inundação. A sessão tem início às 19h, e integra a Mostra Tela Indígena que acontece de março a julho de 2017. Após a programação, será promovido um debate.

Para onde foram as andorinhas? (Brasil | 2016 | doc | 21min) – Direção: Mari Corrêa

O clima está mudando, o calor aumentando. Os índios do Xingu observam os sinais que estão por toda parte. Árvores não florescem mais, o fogo se alastra queimando a floresta, cigarras não cantam mais anunciando a chuva porque o calor cozinhou seus ovos. Os frutos da roça estão se estragando antes de crescer. Ao olhar os efeitos devastadores dessas mudanças, eles se perguntam como será o futuro de seus netos.

Belo Monte: depois da inundação (Brasil | 2016 | doc | 52min) – Direção: Todd Southgate

Documentário que relata a situação atual na cidade de Altamira, região em torno da Amazônia. A construção de Belo Monte está completa, e seu reservatório inundado. A primeira turbina da barragem foi testada no início de 2016. Agora vemos as consequências da inundação.

A Mostra Tela Indígena propõe divulgar filmes feitos por indígenas ou que tratam desta temática. É fruto de uma parceria entre o NIT (Núcleo de Antropologia de Sociedades Indígenas e Tradicionais), que faz parte do IFCH (Instituto de Filosofia e Ciências Humanas) da UFRGS, e a Sala Redenção. Acesse o site do DDC/UFRGS para mais informações.

Notícias relacionadas:

Av. Paulo Gama, 110 - Reitoria, 5° andar - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul - CEP: 90040-060

divulgacao@prorext.ufrgs.br - +55 51 3308.3374 (Atendimento: 9h-12h e 14h-17h30)