Foto: Divulgação
Notícia 9 novembro, 2016

“Medula” no Som do Salão de hoje (09 de novembro)

O show desta quarta-feira (09) do projeto Som no Salão 2016 será com a Medula – coletivo de experimentos sonoros formado por artistas ligados ao Grupo de Pesquisa em Criação Sonora da Ufrgs. A apresentação ocorre às 20h, no Salão de Atos da Ufrgs (Av. Paulo Gama, 110), com entrada franca.

O grupo apresentará o espetáculo multimídia Forças, que mistura alta e baixa tecnologia, ações, objetos, textos e vídeos, produzindo diversas sonoridades, em uma sequência de onze números apresentados de forma contínua, sem interrupção, que alternam noise, pancadão, imagens vertiginosas, barulheira, ações performativas, texturas, microsons e superposição de narrativas sonovisuais. O trabalho teve sua estreia na abertura do 3º Kino Beat, em outubro, em Porto Alegre.

No show, entram em cena objetos grandes em contraste com pequenos – alguns destes construídos pelo grupo e colocados ao lado de outros de tecnologia já consolidada. Desta forma, são produzidos tanto sons acústicos quanto amplificados, com variações de intensidade, combinando adensamentos, beats e ruídos. O grupo lida com rupturas e quebras de expectativa, utilizando o espaço cênico como parte e da experiência total do espetáculo.

 Medula

A Medula é formada por André Brasil (mesa de som e instrumentos inventados), Chico Machado (aparelhos transoperativos e ritimifiqueitor), Carlos Ferreira (guitarra, guitarra preparada e guitarra desligada), Isabel Nogueira (sintetizadores, voz e pedal de loop, guitarra), Isadora Nocchi Martins (guitarra e pedais), Luciano Zanatta (sax, computador, guitarra e pedais), Nikolas Gomes (baixo e computador), Ricardo De Carli (vitrola, pedal de loop, pêndulo, pedais e guitarra).

No Som no Salão eles ainda contarão com a participação da DESANDANCE, protobanda que cria gravações e performances que tem na colagem o procedimento gerador. São utilizados recortes de vídeos achados na internet, improvisações gravadas e montadas, leituras abertas de partituras-esboços escritas a partir de fragmentos anotados em um caderno de rascunhos e mixagens de processos eletrônicos de transformação de som. Participam Bruno Vargas (baixo), Carlos Ferreira (guitarra), Fabrício Gambogi (guitarra) e Luciano Zanatta (sax, computador e cavaquinho transgênico).

Som no Salão

Criado em 2010, o Som no Salão tem possibilitado a aproximação de novas manifestações artísticas musicais com o público de Porto Alegre, a partir de espetáculos que têm como um de seus pilares a formação de plateia, uma vez que os projetos selecionados apresentam uma diversidade de estilos musicais. São trabalhos cuja originalidade, singularidade e qualidade possibilitam uma experiência sonora para além do entretenimento. Desenvolvido e coordenado pela administração do Salão de Atos da Ufrgs, o Som no Salão tem o objetivo de promover o acesso e firmar uma ação cultural para este espaço, que é um dos principais equipamentos culturais de Porto Alegre.

O projeto recebe a cada ano cerca de cem inscrições. Já passaram pelo palco músicos como Raquel Leão, Quinteto Canjerana, Trem Imperial, Tratak, Bhia Tabert, Fruet& Os Cozinheiros, Caio Martinez, Bandinha Di Da Dó, Funkalister, Marcelo Birck, Gustavo Telles & Os Escolhidos, Quiçá, se Fosse, Bianca Obino, entre outros. Os artistas contemplados ganham todas as condições técnicas de palco e de divulgação para a difusão do trabalho, além de terem seu show gravado pela UFRGS TV, que é parceira do projeto.

Share this:

Notícias relacionadas:

Av. Paulo Gama, 110 - Reitoria, 5° andar - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul - CEP: 90040-060

prorext@prorext.ufrgs.br - +55 51 3308.3374 (Atendimento: 8h-12h e 14h-18h)