Notícia 12 novembro, 2015

Último concerto da Série UFRGS 2015 recebe maestro da Grécia

Para reger seu próximo concerto no Salão de Atos da UFRGS, a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre convida Vassilis Christopoulos, destacado regente da Grécia que vem pela primeira vez ao Brasil. No dia 17 de novembro, terça-feira, às 20h30, o maestro conduz os músicos na interpretação de três obras: o Concerto para piano nº 3, de Ludwig van Beethoven (1770-1827); a suíte do balé O Mandarim Miraculoso, de Béla Bartók (1881-1945); e Bolero, de Maurice Ravel (1875-1937). O pianista André Carrara faz os solos da primeira peça da noite.

Os ingressos custam R$ 20, com 50% de desconto para estudantes, seniores e sócios do Clube do Assinante ZH. Podem ser adquiridos a partir do dia 16 de novembro na bilheteria do Salão de Atos. Estudantes, funcionários e professores da universidade podem retirar ingressos de cortesia na Administração do Salão de Atos a partir de quinta-feira (12).  A cota é limitada, e a distribuição é feita por ordem de chegada. É necessário apresentar o Cartão da UFRGS e cada pessoa pode retirar 2 ingressos. O horário de funcionamento da administração é das 9h às 12h e das 14h às 18h.

Vassilis Christopoulos é um dos mais renomados maestros gregos. Entre 2011 e 2014, foi diretor artístico da Orquestra do Estado de Atenas. Nesse período, elevou substancialmente o padrão de desempenho do grupo – a venda de ingressos para as apresentações dobrou apesar da severa crise financeira do país. Nascido em Munique, na Alemanha, foi também regente titular da Orquestra Filarmônica do Sudoeste Alemão em Constança.

Para abrir o concerto, ele conduz uma obra com a participação do solista. André Carrara une-se à orquestra para apresentar o Concerto para piano nº 3 de Beethoven. Na peça, escrita entre 1879 e 1880, o compositor desafiou as possibilidades do instrumento solista, o piano, que na época passava por incrementos tecnológicos significativos.

A segunda obra do programa é inédita no repertório da Ospa, e um dos destaques da programação da orquestra neste ano devido à sua complexidade. A suíte do balé-pantomina O Mandarim Miraculoso, escrita pelo húngaro Bartók entre 1918 e 1924, acompanha a narrativa sobre a execução de um sórdido plano de prostituição, fraude, roubo e assassinato. A estreia ocorreu em 1927, em Colônia (Alemanha), causando polêmica pelo seu conteúdo inovador.

Por fim, o público poderá apreciar a mais famosa obra de Ravel. A música de dança ocupa um lugar de destaque na produção desse compositor, que se inspirou no ritmo espanhol para criar Bolero em 1928.

A apresentação do Quarteto de Cordas DhPHaro, formado pelos estudantes avançados da Escola de Música da Ospa, que antecederia o evento, foi cancelada. [Informação Atualizada]

Share this:

Notícias relacionadas:

Av. Paulo Gama, 110 - Reitoria, 5° andar - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul - CEP: 90040-060

prorext@prorext.ufrgs.br - +55 51 3308.3374 (Atendimento: 8h-12h e 14h-18h)