Neurose Obsessiva

From Wikipsicopato
Jump to: navigation, search

Definição

Angústia

A angústia na neurose obsessiva

Problematizações

- Transtorno ou neurose?

- Neurose Obsessiva e o Destino

- Neurose Obsessiva e Religião

- Neurose Obsessiva, sintoma e sujeito

- A Utilidade da Pesquisa Interespecífica - O Caso do TOC

A contribuição de Lacan

- Mito, Estrutura e Neurose Obsessiva

- A neurose obsessiva em Lacan

Clínica

O caso mais conhecido de neurose obsessiva na literatura psicanalítica é o do Homem dos Ratos, publicado por Freud em 1909. Trata-se de um jovem atormentado por pensamentos agressivos e sentimentos ambivalentes em relação ao pai e à amada, que encontram expressão em uma fantasia sobre uma tortura de guerra a ele narrada por um superior no exército, na qual são introduzidas ratos no ânus de um prisioneiro. O significante “rato” condensava, como o mostrou a análise, as muitas questões que se ocultavam sob seus pensamentos e rituais obsessivos.


- A Escolha da Neurose Obsessiva

- Angústia e inibição na neurose obsessiva

- Neurose Obsessiva e O Homem dos Ratos

- Os sintomas na neurose obsessiva

- Diferenças entre Neurose Obsessiva e Histeria

- Fantasias Neuróticas

A neurose obsessiva na contemporaneidade

- A neurose obsessiva em mulheres: uma questão contemporânea?

O TOC no cinema e nos seriados

- Obsessões e Compulsões em um detetive: Adrian Monk e o TOC