ANTT cita Projeto Ponto de Partida como case em capacitação para RDT

Em palestra realizada no XXXI ANPET, a Agência Nacional de Transportes Terrestres apresentou relatório referente aos Recursos para Desenvolvimento Tecnológico.

Os Recursos para Desenvolvimento Tecnológico (RDT) são verbas anuais que estão previstas nos contratos de concessão de rodovias federais destinadas à aplicação em projetos e pesquisas na área de engenharia rodoviária, para promover a modernização da infraestrutura, o desenvolvimento e o aprimoramento das concessões de rodovias federais.

Na ocasião dois programas desenvolvidos na Universidade Federal do Rio Grande do Sul mereceram destaque:

  • PETER: Programa Especial de Treinamento em Engenharia Rodoviária, coordenado pelo professor Lélio Brito do Laboratório de Pavimentação – LAPAV;
  • Projeto Ponto de Partida: coordenado pelos professores Daniel Sergio Presta García e Christine Tessele Nodari do Laboratório de Sistemas de Transportes – LASTRAN.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *