UFRGS em Diálogo com os Movimentos Sociais

Em nome de uma suposta ordem, sujeitos e instituições têm seus papéis e funções por vezes ressignificados. Essa ordem normalmente não leva em conta a diversidade e a riqueza cultural existente em nossa sociedade. E, justamente por não contemplar estas diferenças, ocorrem embates entre variados segmentos das faces civil e política do Estado, expressando correlações de força que movem e determinam a sociedade. Os movimentos sociais – organizados ou não,  expressam as lutas que os sujeitos engendram no âmbito do Estado e são formas de resistência às condições materiais e simbólicas por meio das quais produzem suas vidas enquanto alternativas de superação ao que está posto.  A Universidade pode e deve ser o espaço do diálogo onde saberes sistematizados possam absorver saberes de vida, diferenças e em um movimento de troca, engendrar, senão soluções, caminhos para uma vida mais plural e solidária. A Roda UFRGS em Diálogo com os Movimentos Sociais contará com refugiados, mulheres, LGBTS+, negros(as), pessoas com deficiência e todos que tentam dialogar com um mundo feito para ser linear.

Data Horário
24 de outubro de 2019 a partir das 14h30 até 17h30
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support