Apresentações em vídeo possibilitam o contato com os trabalhos do Salão UFRGS 2021

São 3.717 produções científicas realizadas pelos participantes e visitas são abertas a qualquer interessado

Foto: Gustavo Diehl

Até 2019, a comunidade da UFRGS estava acostumada a receber centenas de visitantes para a divulgação dos trabalhos do Salão UFRGS. Devido à pandemia de covid-19, desde a edição de 2020, pôsteres e sessões de apresentação foram adaptados para vídeos publicados pelos eventos paralelos. Desse modo, visitantes podem acompanhar um total de 3.717 vídeos em 2021. A visita pode ser feita acompanhando os diversos trabalhos em cada um dos eventos paralelos e há, ainda, mecanismos de buscas e divisões por áreas temáticas. A seguir, as orientações do modo de agir em cada um dos ‘salões’. Os vídeos são curtos e podem ser visualizados via plataforma Youtube.

Imagem do Salão UFRGS 2014 – Foto: Gustavo Diehl/ UFRGS Arquivo

O evento com maior número de apresentações é o Salão de Iniciação Científica (SIC), com 1.914 trabalhos. A PROPESQ, organizadora desse salão, desenvolveu uma ferramenta de busca voltada exclusivamente para esta edição do evento. A busca informa dados gerais sobre os trabalhos e traz os vídeos. O buscador pode ser visualizado em desktops, tablets e smartphones. É recomendada a utilização dos navegadores Mozilla Firefox ou Google Chrome. Veja um exemplo: “Estudo da viabilidade de células-tronco quando associadas à hidrogel e partículas bioativas”, de Luiza Silva de Oliveira, da área Ciências da Saúde.

Além das diversas atividades culturais e oficinas, o Salão de Extensão da UFRGS também apresenta a Mostra Virtual. São 485 projetos de extensão desenvolvidos pela UFRGS e a visualização está distribuída nas seguintes áreas temáticas: ComunicaçãoCulturaDireitos Humanos e JustiçaEducaçãoMeio AmbienteSaúdeTecnologia e Produção e Trabalho (Basta clicar em cada termo para acessar aos trabalhos). Já a Feira de Inovação (Finova) conta com 120 vídeos de divulgação de trabalhos e as áreas são as seguintes: Ciências AgráriasCiências BiológicasCiências Exatas e da TerraCiências HumanasCiências da SaúdeCiências Sociais AplicadasEngenharias e Iniciação Empreendedora. Confira o trabalho “Desenvolvimento do aplicativo Memória da ditadura no RS”, de Carla Borges Maestri, na área Ciências Humanas:

Salão UFRGS Jovem também conta com uma ferramenta de busca dos trabalhos, aos moldes do SIC. Por meio da ferramenta (disponibilizada aqui), é possível acessar a cada um dos 712 vídeos de estudantes da educação básica (educação infantil, ensino fundamental e ensino médio), educação profissional técnica de nível médio e educação de jovens e adultos (ensino médio). São 71 escolas participantes e o desenvolvimento da ciência é incentivado nas diversas áreas e, para muitos dos participantes, é a primeira pesquisa científica apresentada em um evento universitário. Veja um exemplo: “Alterações nos hábitos cotidianos: Quais os impactos sobre a emissão de CO2 na cidade de Gravataí?”, de Paula Thainá Rodrigues Machado e colegas, da Escola de Ensino Médio Dora Dimer, de Gravataí/RS, na área de Ciências da Natureza e suas tecnologias – Química.

Os 446 vídeos de apresentações do Salão de Ensino estão divididos em cinco diferentes modalidades: experiências de ensino na graduaçãoexperiências de ensino na pós-graduaçãoexperiências educadoras em ações afirmativas e relações étnico-raciaisexperiências em avaliação institucional e experiências com recursos e materiais digitais educacionais (o clique nas áreas leva à série temática). No Salão EDUFRGS, em sua 8ª edição, foram submetidos 6 trabalhos de docentes e 34 trabalhos de técnico-administrativos, num total de 40 inscrições. As modalidades são: relatos de experiência, relatos de pesquisa e a modalidade de Inovação Pedagógica no Ensino. Todos os trabalhos estão disponibilizados em: https://www.ufrgs.br/salaoedufrgs.

Para que os participantes convidem colegas, amigos e familiares para conhecerem as apresentações, as redes sociais da UFRGS promovem a campanha “Vem me Ver no Salão”, com incentivo à divulgação dos links das pesquisas. Todo acesso é livre e aberto durante a semana do Salão UFRGS.