Abuso e Dependência de Substâncias Psicoativas

O que é? 

Abuso de substância é quando consumimos alguma droga em excesso. As principais classes de drogas/substâncias psicoativas são: álcool, cafeína, cannabis, alucinógenos, inalantes, opioides, sedativos, estimulantes e tabaco. Os excessos de uso da droga se dão por conta da ativação do sistema de recompensa do cérebro. Esse sistema libera neurotransmissores responsáveis por sensações de prazer e, quando ativado pela droga, o sistema produz essa sensação de prazer (denominadas de “barato” ou “viagem) muito mais rápido do que produziria com atividades normais (por exemplo, estudar antecipadamente para uma prova e ter a sensação de prazer quando tirar uma nota alta). 

É característico do uso abusivo de substância a presença de sintomas cognitivos, comportamentais e fisiológicos. Por exemplo, as recaídas constantes (tenta parar, mas volta ao uso) e a fissura intensa pela substância (desejo muito intenso de usar a droga) são sintomas exibidos por indivíduos que fazem uso abusivo de substância(s).   


Quando identificamos um Transtorno por Uso de Substância, ele é caracterizado por: 

– Baixo controle sobre o uso da substância (você vê que é prejudicial e gostaria de parar de usar, mas não consegue); 

– Prejuízo social (você deixa de fazer coisas que gostaria no dia-a-dia em função da substância); 

– Uso arriscado da substância (você coloca sua vida ou a de terceiros em risco, e.g. dirige sob o efeito de droga);  

– Efeitos farmacológicos (tolerância e abstinência – ver abaixo). 


Conceitos importantes para entender melhor: 

O que é tolerância? Quando o sistema de recompensa se adapta à quantidade de substância ingerida, tornando-se menos sensível a ela. Portanto, o indivíduo precisa maiores e mais frequentes doses para sentir o prazer rápido e intenso que sentia, quando começara o uso, e para aliviar os sintomas da abstinência. 

O que é intoxicação? Aparecimento de sintomas específicos devido ao uso recente da substância. Alterações do humor, sudorese, taquicardia, alucinações, ataques de pânico, agitação, (…), são exemplos de sintomas agudos do uso recente.  

O que é abstinência? Sintomas devido à interrupção ou à diminuição do uso da substância. Dentre eles, podemos citar sintomas depressivos, fadiga, aumento de apetite, pesadelos, insônia, pensamento lento, tremores, agitação. 

O que é dependência? A pessoa é incapaz de parar o uso, mesmo que saiba o quanto isso está lhe causando problemas sociais e de saúde. 


Existe Tratamento? 

Sim! Tratamentos são baseados em estratégias de Redução de Danos, de Promoção de Abstinência, de Suporte Social e de Promoção de saúde (http://www.saude.gov.br/politica-nacional-de-saude-mental-alcool-e-outras-drogas). Você pode encontrar grupos de tratamento, instituições de tratamento e de internação e você também pode iniciar um tratamento individual.  

Informações: 

AA – https://aars.org.br/ 

NA – https://www.na.org.br/csa/csa_porto_alegre.html 

CAPS Álcool e Drogas: http://www2.portoalegre.rs.gov.br/sms/default.php?p_secao=686  


Referências: 

Amaral, R. A. do, Malbergier, A., & Andrade, A. G. de. (2010). Manejo do paciente com transtornos relacionados ao uso de substância psicoativa na emergência psiquiátrica. Revista Brasileira de Psiquiatria, 32(suppl 2), S104–S111. doi:10.1590/s1516-44462010000600007 

American Psychiatric Association. (2014). Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais DSM-5. Porto Alegre: Artmed.  

National Institute on Drug Abuse; National Institutes of Health; U.S. Department of Health and Human Services. (2018). Drugfactscocaine. Recuperado de drugabuse.gov 

Pianca, T. G., Sordi, A. O., Hartmann, T. C., & von Diemen, L. (2017). Identificação e manejo inicial de intoxicações por álcool e outras drogas na sala de emergência pediátrica. Jornal de Pediatria93(Suppl. 1), 46-52. https://dx.doi.org/10.1016/j.jped.2017.06.015