Sono e Desempenho Acadêmico

 

         Depois de muitas pesquisas feitas nas últimas décadas, agora é comprovado que tanto a quantidade como a qualidade do sono influenciam diretamente no funcionamento da memória humana e na saúde do sistema nervoso. De acordo com o Center for Disease Control in the U.S., ter menos de 8 horas de sono resulta em vários efeitos negativos pessoais e de saúde como problemas de humor, frequência de doenças, falta de energia, descontrole emocional, perda de concentração e dificuldade de lembrar de novas informações. O sono leva à consolidação do material aprendido, podendo sua ausência levar à redução de aprendizado. Além disso, durante o sono o cérebro faz uma espécie de auto limpeza, “lavando” toxinas que são conhecidas por contribuir para o Alzheimer e outras desordens do sistema nervoso.

 

O que o estudante pode fazer para ter um sono melhor?

 

  • dormir e acordar em horário regulado, o que ajuda a dormir e acordar com mais facilidade, uma vez que o corpo se acostuma com a rotina
  • comer a última refeição do dia cedo, no mínimo duas horas antes de deitar
  • criar um hábito de relaxamento antes de ir pra cama, como diminuir as luzes e ouvir uma música calma por no mínimo meia hora toda noite.
  • evitar televisão ou eletrônicos uma hora antes de dormir, já que luzes fortes são estimulantes
  • evitar praticar exercícios logo antes de dormir, uma vez que exercícios estimulam o corpo e aumentam a temperatura corporal, dificultando o sono
  • evitar café e álcool antes de dormir. Apesar de muitos acharem que o álcool ajuda a dormir, na verdade ele prejudica o sono.

 

 

Referência:

SNYDER, Steven. Sleep and Academic Performance: What students and faculty need to know.  https://ci.nii.ac.jp/els/contentscinii_20181205030327.pdf?id=ART0010447380

 

 

Autora: Giovanna Vieira Schenini

 

Giovanna Vieira Schenini é aluna de Relações Públicas da UFRGS. Atualmente cursa o terceiro semestre e é bolsista de comunicação no CIPAS, onde atua como programadora visual do site Saúde Mental.