Lançamento da Campanha #inovaçãoUFRGS

Lançamento da Campanha #inovaçãoUFRGS

Campanha #inovaçãoUFRGS quer promover a inovação e o empreendedorismo da Universidade.

No dia 19 de dezembro de 2017 a UFRGS lança a campanha #inovaçãoUFRGS.

.

A campanha #inovaçãoUFRGS tem como objetivo consolidar o papel da Universidade Federal do Rio Grande do Sul como instituição inovadora e empreendedora. 

Assim, a campanha #inovaçãoUFRGS nasce com a proposta de ampliar e divulgar os impactos e potencialidades das ações de inovação e empreendedorismo desenvolvidas pela Universidade.

O desenvolvimento da campanha #inovaçãoUFRGS parte do entendimento de que a UFRGS é reconhecida nacional e internacionalmente por sua excelência no ensino, na pesquisa e na extensão, no entanto, ainda há espaço para ampliar e consolidar suas ações e imagem de Universidade inovadora e empreendedora.

A campanha pretende estimular o envolvimento das diferentes Unidades da Universidade na realização de ações ligadas à inovação e ao empreendedorismo.

Para identificar esta campanha, a Universidade lança a marca #inovaçãoUFRGS, que pode ser utilizada na promoção e divulgação de ações relacionadas à inovação e ao empreendedorismo.

Saiba mas sobre a campanha em: https://www.ufrgs.br/inovacao/campanha-inovacao-ufrgs/

.

.

UFRGS sedia Kick Off Meeting do Projeto LISTO

UFRGS sedia Kick Off Meeting do Projeto LISTO

Programa propõe cooperação entre universidades da América Latina e da Europa sobre inovação e empreendedorismo

A Universidade sedia até o dia 13 de dezembro, o Kick Off Meeting do Projeto LISTO. As reuniões de trabalho com os parceiros do projeto iniciaram na manhã de hoje, no prédio Centenário da Escola de Engenharia, e objetivam alinhar vários assuntos referentes ao desenvolvimento e implantação do programa. O LISTO, cooperação latino-americana e europeia sobre inovação e empreendedorismo, é um projeto fomentado pela União Europeia no âmbito do Erasmus+.

O objetivo geral da cooperação é fortalecer o papel das universidades parceiras latino-americanas como agentes de crescimento sustentável e inovação na sociedade. O projeto propõe fomentar as relações universidade-indústria, iniciar novas colaborações e aumentar a compreensão mútua das capacidades/sinergias da inovação; aprofundar as habilidades empresariais de professores e alunos, com ênfase na colaboração internacional e fortalecer o espirito de inovação e empreendimento na universidade.

O projeto, que tem duração de 36 meses, será coordenado pela Universidade de Uppsala, da Suécia. Participam deste consórcio, as Universidade de Groningen (Holanda), Universidade de Valhadolide (Espanha), Universidade Federal de Pernambuco e Universidade de São Paulo (Brasil), Universidade Nacional de Córdoba e Universidade Nacional do Litoral (Argentina), Universidade Católica do Uruguai e Universidade ORT Uruguai. Participam do projeto pela UFRGS os professores Nicolas Maillard, Alejandro German Frank, Marcelo Soares Lubaszewski, Michele Oberson de Souza e José Luis Duarte Ribeiro.

Galeria de Fotos

18º Maratona de Empreendedorismo da UFRGS divulga startups destaques

18º Maratona de Empreendedorismo da UFRGS divulga startups destaques

Foram divulgadas na tarde de terça-feira, 5 de dezembro, as startups destaques da 18ª Maratona de Empreendedorismo da UFRGS. A premiação fez parte da cerimônia de encerramento do curso de extensão promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico – Sedetec, voltado à capacitação de empreendedores e ao desenvolvimento de novos empreendimentos.

Startups destaques

  • Destaque Inovação: Quickway
  • Destaque Inovação Sustentável: Pé de Porongo
  • Destaque Engenharia: Axion
  • Destaque Biotecnologia: BioIn
  • Destaque TI: Moagro

Novidade desta edição – Agenda 2030 da ONU: Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 

A edição de 2017 da Maratona de Empreendedorismo da UFRGS buscou incentivar o desenvolvimento de startups de impacto, capazes de impactar o maior número de pessoas. Os projetos participantes estão alinhados com a Agenda 2030 da ONU, que propõe Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS.

O secretário de Desenvolvimento Tecnológico José Luis Duarte Ribeiro ressaltou a qualidade, a relevância dos trabalhos apresentados e salientou o alinhamento dos projetos de startups aos desafios da Agenda 2030 proposta pela ONU. A vice-reitora Jane Tutikian, por sua vez, destacou a importância da institucionalização da inovação, do empreendedorismo e do desenvolvimento tecnológico no âmbito da Universidade.

Veja fotos do evento AQUI.

Pesquisador da UFRGS vence Prêmio Vale-Capes de Tecnologia e Inovação

Pesquisador da UFRGS vence Prêmio Vale-Capes de Tecnologia e Inovação

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES anunciou sexta-feira, 1º de dezembro, os vencedores do Prêmio Vale-Capes de Tecnologia e Inovação – Edição 2017.

Na categoria Pesquisador Emérito, o escolhido foi o professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Jorge Rubio Rojas.

Premiação

Na categoria Emérito, o vencedor recebe da VALE um auxílio de R$ 100 mil. A CAPES também vai conceder ao premiado uma bolsa equivalente à de Pesquisador Visitante do Exterior ou à de Estágio Sênior no exterior.

A premiação considerou itens como artigos científicos, livros e capítulos, patentes e orientações em cursos de pós-graduação. Os critérios de premiação foram originalidade do trabalho e relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social e de inovação.

Acesse o resultado.

Saiba mais em: capes.gov.br

Contemplados Bolsa BIT-PRAE | 2018

Contemplados Bolsa BIT-PRAE | 2018

Confira os neste link os CONTEMPLADOS COM A BOLSA BIT-PRAE | 2018

.

Sobre as Bolsas de Iniciação Tecnológica

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica visa promover e despertar o interesse de estudantes de graduação da UFRGS pelo desenvolvimento tecnológico e inovação e complementar sua formação acadêmica, contribuindo para a formação de pessoas que se dedicarão ao fortalecimento da capacidade inovadora no País e para a formação do profissional, com condições de participar de forma criativa e empreendedora na sua comunidade.

.

.

SAÚDE SUMMIT – Oportunidades e Desafios Para a Inovação

SAÚDE SUMMIT – Oportunidades e Desafios Para a Inovação

Acontece no dia 14/12, na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, o evento Saúde Summit: Oportunidades e Desafios para a Inovação.

O encontro irá reunir estudantes, empreendedores, empresas incubadas, profissionais e gestores da área da saúde para apresentar, debater e trocar experiências sobre o tema. 

Quando:  14/12/2017 – 14h às 18h.
Local: Anfiteatro Hugo Gerdau (Rua Prof. Annes Dias, 295).

Mais informações e inscrições AQUI.

Do Ponto de Vista Do Investidor – Qual Tipo de Investimento Que Sua StartUp Deve Buscar?

Do Ponto de Vista Do Investidor – Qual Tipo de Investimento Que Sua StartUp Deve Buscar?

O tema principal da palestra será os diferentes tipos de investimentos existentes (seja financiamento, programas de incentivos, investidores anjo, aceleração, fundos, etc) que contemplam as StartUps ou empresas em estágio inicial.

Outro ponto interessante sobre o evento é que nele se buscará também esclarecer sobre a realidade dos atores locais na busca por novos negócios e por empreendedores engajados, ou seja, o que realmente torna o negócio atrativo e se prova como diferencial e quais os principais fatores que são levados em conta.

Quando: 12/12, terça-feira, às 18h30min

Onde: Escola de Engenharia – Auditório Poente.

BNDES lança Fundo de Coinvestimento Anjo

BNDES lança Fundo de Coinvestimento Anjo

Com patrimônio estimado em R$ 100 milhões, Fundo busca estimular o empreendedorismo e o ecossistema de inovação, além de disseminar o investimento anjo no Brasil.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por meio de seu braço de participações societárias, a BNDESPAR, estruturou chamada pública para seleção de Fundo de Coinvestimento Anjo para apoiar empresas nascentes (startups), que atuem prioritariamente nos setores de Agronegócios, Biotecnologia, Cidades Inteligentes, Economia Criativa, Nanotecnologia, Novos Materiais, Saúde e Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC).

Além disso, o Fundo é multiestágio, o que permite que ocorram outras rodadas de capitalizações em empresas nascentes do portfólio com melhor desempenho, que atingirem o patamar de “pequena empresa inovadora” (empresas com faturamento anual entre R$ 1 milhão e R$ 16 milhões, apurada no ano imediatamente anterior à aprovação do investimento). Esses investimentos adicionais, por empresa, poderão atingir o limite máximo de R$ 5 milhões, incluindo eventuais valores anteriormente aportados.

Candidatos a gestor do Fundo de Coinvestimento Anjo têm até o dia 12 de janeiro de 2018 para enviar suas propostas, que serão avaliadas pela BNDESPAR de acordo com critérios relacionados no Edital, tais como histórico do gestor, governança, qualidade da proposta e estrutura de custos, entre outros. Detalhes e outras informações estão disponíveis no endereço: www.bndes.gov.br/fundoanjo.

Interessados na gestão do Fundo devem enviar propostas até 12/01/18.

UFRGS ocupa 4º lugar no ranking das universidades mais favoráveis ao ecossistema empreendedor do Brasil

UFRGS ocupa 4º lugar no ranking das universidades mais favoráveis ao ecossistema empreendedor do Brasil

O Ranking Nacional de Universidades Empreendedoras é um estudo organizado pela Confederação Brasileira de Empresas Juniores.

O objetivo do ranking, que está em sua segunda edição, é premiar as comunidades acadêmicas inseridas em ecossistemas favoráveis que mais ajudam a desenvolver a sociedade, por meio de práticas inovadoras.

Mais de quatro mil estudantes foram consultados sobre como formular o índice de universidades empreendedoras no ano de 2016, resultando em seis pilares: capital financeiro, cultura empreendedora, extensão, infraestrutura, inovação e internacionalização. Esses mesmos quesitos foram usados na edição deste ano.

Ao todo, 55 universidades entraram na avaliação final de 2017, após testes de confiabilidade das respostas. Outras 10 mil respostas foram tiradas de depoimentos dos próprios estudantes, que avaliaram a diversidade de alunos, as metodologias de ensino e as motivações que os faziam entrar e continuar nas universidades.

As pesquisas foram feitas entre junho e agosto de 2017. Os dados levantados mostram que ainda há muito espaço para crescer quando se fala no fomento da criação de empresas próprias.

.

Posição Universidade Nota final
1 Universidade de São Paulo (USP) 7,26
2 Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) 6,9
3 Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) 6,84
4 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) 6,45
5 Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) 6,18
6 Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) 6,16
7 Universidade Federal de Viçosa (UFV) 5,91
8 Universidade de Brasília (UnB) 5,86
9 Universidade Federal de Itajubá (Unifei) 5,8
10 Universidade Federal do Paraná (UFPR) 5,74

.

Saiba mais em http://brasiljunior.rds.land/indice-de-universidades-empreendedorasexame.abril.com.br