Rede Sapiens é lançada em Porto Alegre

Iniciativa premiará dissertações e teses de mestres e doutores gaúchos

*Conteúdo original (texto e imagem) do site: amanha.com.br
.
O Rio Grande do Sul passa a contar com um novo ambiente digital para troca de conhecimentos e divulgação de trabalhos acadêmicos desenvolvidos por estudantes –mestres e doutores – de universidades gaúchas. É a Rede Sapiens, lançada nesta segunda-feira (25), na Arena uMov.me. O projeto conta com a curadoria da Fapergs e Reginp e apoio da Secretaria de Estado da Inovação, Ciência e Tecnologia, universidades, entidades setoriais e empresas.

.

A rede abrange as áreas de conhecimento baseadas no CNPq: agrárias, biológicas, engenharias e computação, exatas e da terra, humanas, linguística, letra e artes, saúde e sociais aplicadas.

Apesar de ter somente 5% da população do país, o Rio Grande do Sul gera 11,5% da produção científica do país. Para Luís Lamb, secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia do Estado, isso demonstra o potencial gaúcho para gerar riqueza a partir do conhecimento. “Pela primeira vez na história, é possível ficar rico sem nenhum patrimônio natural. O que gera valor hoje é o conhecimento”, ressaltou Lamb.

Representando a UFRGS, o reitor Rui Vicente Oppermann, assinalou o esforço das universidades em democratizar o acesso ao conhecimento. “Temos reconhecimento da sociedade. Produzimos muitos papers, mas não transformamos isso em aplicação. Os trabalhos acadêmicos tem início, meio e fim. O fim tem de ser a apropriação por parte da sociedade, e não a gaveta”, defende o reitor.

Saiba mais aqui.

*Fonte: http://www.amanha.com.br/posts/view/8487/rede-sapiens-e-lancada-em-porto-alegre

By |2019-11-26T09:33:59+00:00novembro 26th, 2019|Notícias|
EnglishPortuguese