UFRGS sedia reunião da Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação

Foi possível apresentar o ecossistema de inovação e empreendedorismo desenvolvido na Universidade. Atualmente, existem 37 startups incubadas e quatro empresas associadas não-residentes

*Conteúdo original do site ufrgs.br/ufrgs/noticias

Inovação e empreendedorismo foram os assuntos norteadores da reunião realizada na manhã desta terça-feira, 18 de dezembro, no Centro de Empreendimentos em Informática (CEI/Instituto de Informática, no Campus Vale) da Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação (Reginp). A UFRGS faz parte da Rede que, mensalmente, se reúne para debater sobre geração de renda, novos produtos, empregos e sustentabilidade econômico-financeira na casa de um dos integrantes. No encontro, a Universidade apresentou o seu ecossistema de inovação, que visa integrar estudantes, Poder Público e empresas no desenvolvimento de ações integradas de inovação e empreendedorismo.

O conceito de inovação e empreendedorismo na UFRGS tem se desenvolvido por meio de uma política de gestão. “Esses ambientes são importantes, além de ser uma obrigação da Universidade perante os retornos que a sociedade espera de nós. A inovação e o empreendedorismo já estão no nosso DNA”, disse o reitor Rui Vicente Oppermann durante a abertura dos trabalhos da Rede.

O ecossistema de inovação e empreendedorismo adotado pela UFRGS é descentralizado, composto pela Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico (Sedetec), o Parque Zenit, quatro incubadoras e as empresas juniores, entidades que compõem a Rede de Incubadoras Tecnológicas da Universidade (Reintec). Atualmente existem 37 startups incubadas e quatro empresas associadas não-residentes na UFRGS e é por meio dessas estruturas que ela se relacionado com a Reginp, oferecendo ambientes favoráveis ao desenvolvimento, o acompanhamento e ao apoio de atividades das incubadoras.

Essa estrutura foi apresentada durante a reunião, dentre elas as experiências de sucesso de sete startups incubadas nas dependências da Universidade. Um dos principais atrativos de pessoas física e jurídica ao ecossistema da UFRGS é a qualidade, tanto da estrutura como do corpo técnico, e as conexões possíveis dentro desse ambiente. Segundo Luciana Nedel, diretora da incubadora Centro de Empreendimentos em Informática (CEI), o propósito desses espaços é estar o mais próximo possível dos estudantes e da pesquisa. “Precisamos estar perto do que acontece em cada área de atuação da UFRGS”.

Para integrar o ambiente acadêmico com a sociedade, são lançados editais a cada quatro meses como forma de chamar pessoas física e/ou jurídica interessadas em incubarem os seus projetos na Universidade. “A ideia é submetida à seleção via edital, que segue para a fase de pré-incubação, depois seguimos para a incubação e, por fim, à graduação da empresa. Nessa caminhada o participante tem acesso à estrutura física, laboratórios, assessoria jurídica e consultoria”, explica o diretor da incubadora Empresarial do Centro de Biotecnologia (IECBiot), Giancarlo Pasquali.

O secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Luís da Cunha Lamb, esteve presente na reunião para apresentar as propostas do governo quanto aos incentivos à inovação no Estado gaúcho. Destaca-se na sua fala o Programa Inova RS que busca, por meio de várias ações, colocar o RS como um Estado que faz inovação. “Precisamos estar alinhados com a economia do século XXI, pois a nossa missão é olhar para o futuro e apostar em atividades que alavanquem a economia e melhorem a qualidade de vida”, disse ele. Lamb é professor da UFRGS e exerceu a função de Pró-reitor de Pesquisa.

As atividades da manhã se encerraram com uma visita às incubadoras (CEI e IECBiot) e ao Laboratório de Negócios do Campus do Vale. A tarde, os participantes deram continuidade à reunião.

Inovação e empreendedorismo na UFRGS

Para conhecer e acompanhar as atividades do ecossistema de inovação e empreendedorismo da UFRGS, acesse o site da Reintec. Aos interessados em submeter projetos, está aberto até 31 de março o período de inscrições ao Edital de incubação Parque Zenit UFRGS 2020. Podem participar membros da comunidade interna e externa à Universidade e o edital unificado visa selecionar propostas para instalação de empreendimentos em modalidade de incubação.

Saiba mais em:

https://www.ufrgs.br/zenit/

https://www.ufrgs.br/inovacao/

https://www.ufrgs.br/startups/

https://www.ufrgs.br/sedetec/

By |2020-02-18T13:52:51+00:00fevereiro 18th, 2020|Notícias|
EnglishPortuguese