Bill Gates em 1976 – defesa do software proprietário


Carta aberta aos robistas (entusiastas)

Fonte: http://zandrebran.blog.br/?p=223

Autor: Zandre Bran
Publicado:12/09/2011

Ôlas Navegante.

Revendo minha palestra sobre “Software Livre e Ubuntu” resolvi publicar a “An open letter to hobbyists” do “tio Bill” onde se originou o modelo de negócio do software proprietário (essencialmente na década de 80 e 90). Segue:

Por William Henry Gates III
3 de Fevereiro, 1976
Carta aberta aos “robistas”

Para mim, a coisa mais crítica no mercado de hobby é a falta de bons cursos de software, livros e software em si. Sem bons programas, e um usuário que entenda de programação, um computador de hobby está desperdiçado. Software de qualidade será escrito para o mercado de amadores?

Há cerca de um ano, Paul Allen e eu, apostando no crescimento do mercado de entusiastas, contratamos Monte Davidoff e desenvolvemos o Altair BASIC. Apesar do trabalho inicial ter demorado apenas 2 meses, nós 3 passamos a maior parte do ano passado documentando, melhorando e acrescentando funções ao BASIC. Hoje temos BASIC de 4k, 8k, EXTENDED, ROM e DISK BASIC. O preço em horas de computação que utilizamos para isso já passa dos U$ 40.000

A reação de centenas de usuários que dizem estar utilizando nosso BASIC tem sido toda positiva. No entanto, duas coisas aparentes nos surpreendem: 1) a maioria desses usuários que nos escreveram não compraram nosso BASIC e 2) a quantia que recebemos proveniente das vendas do Altair BASIC nos renderam menos de U$ 2.00 por hora.

Por quê? Como a maioria dos hobbyistas devem saber, a maior parte de vocês rouba os programas que usam. Hardware deve ser comprado, mas software é algo para se compartilhar. Quem se importa com o pagamento daqueles que criaram o software?

Isso é justo? Uma coisa que vocês não fazem, ao roubar programas, é se vingar da MITS por algum problema que possam ter.(Nota do blog: o MITS era o fabricante dos Altair onde o BASIC de Bill Gates rodava. A montagem era caseira e muitos dos kits vinham com defeitos, causando problemas de hardware, os quais Gates comenta aí.). A MITS não ganha dinheiro vendendo software. Os royalties pagos a nós, o manual impresso, a fita e custos adicionais nos deixam trabalhando a preço de custo, sem lucro. Uma coisa que vocês conseguem com isso é impedir que bons programas sejam escritos. Quem tem o luxo de trabalhar profissionalmente sem pagamento? Qual entusiasta pode investir 3 anos-homem em programação, encontrando todos os problemas, documentando o sistema e depois distribuir tudo isso grátis? O fato é que ninguém além de nós investiu tanto dinheiro no mercado de software para entusiastas. Nós escrevemos o BASIC para o 6800, e estamos criando o 8080 APL e 6800 APL, mas há pouco incentivo para tornar estes programas disponíveis para os hobbyistas. Mais diretamente, o que vocês conseguem com isso é apenas roubar.

E o pessoal que revende o Altair BASIC seu autorização, eles não ganham dinheiro com software de hobby? Sim, mas esses sobre os quais ficamos sabendo podem sair perdendo no fim. São eles que dão aos entusiastas má fama, e deveriam ser expulsos das reuniões de grupo nas quais aparecerem.

Eu gostaria de receber cartas de qualquer um que deseje nos pagar, ou que tenha sugestões ou comentários. Me escrevam no endereço 1180 Alvarado SE, #114, Albuquerque, Novo México, 87108. Nada me agradaria mais do que poder contratar dez programadores e inundar o mercado de hobby com bom software.

Bill Gates
General Partner, Micro-Soft

———————-

An Open Letter to Hobbyists (1976)

Fonte: http://en.wikisource.org/wiki/Open_Letter_to_Hobbyists

by William Henry Gates III
February 3, 1976
An Open Letter to Hobbyists

To me, the most critical thing in the hobby market right now is the lack of good software courses, books and software itself. Without good software and an owner who understands programming, a hobby computer is wasted. Will quality software be written for the hobby market?

Almost a year ago, Paul Allen and myself, expecting the hobby market to expand, hired Monte Davidoff and developed Altair BASIC. Though the initial work took only two months, the three of us have spent most of the last year documenting, improving and adding features to BASIC. Now we have 4K, 8K, EXTENDED, ROM and DISK BASIC. The value of the computer time we have used exceeds $40,000.

The feedback we have gotten from the hundreds of people who say they are using BASIC has all been positive. Two surprising things are apparent, however, 1) Most of these “users” never bought BASIC (less than 10% of all Altair owners have bought BASIC), and 2) The amount of royalties we have received from sales to hobbyists makes the time spent on Altair BASIC worth less than $2 an hour.

Why is this? As the majority of hobbyists must be aware, most of you steal your software. Hardware must be paid for, but software is something to share. Who cares if the people who worked on it get paid?

Is this fair? One thing you don’t do by stealing software is get back at MITS for some problem you may have had. MITS doesn’t make money selling software. The royalty paid to us, the manual, the tape and the overhead make it a break-even operation. One thing you do do is prevent good software from being written. Who can afford to do professional work for nothing? What hobbyist can put 3-man years into programming, finding all bugs, documenting his product and distribute for free? The fact is, no one besides us has invested a lot of money in hobby software. We have written 6800 BASIC, and are writing 8080 APL and 6800 APL, but there is very little incentive to make this software available to hobbyists. Most directly, the thing you do is theft.

What about the guys who re-sell Altair BASIC, aren’t they making money on hobby software? Yes, but those who have been reported to us may lose in the end. They are the ones who give hobbyists a bad name, and should be kicked out of any club meeting they show up at.

I would appreciate letters from any one who wants to pay up, or has a suggestion or comment. Just write to me at 1180 Alvarado SE, #114, Albuquerque, New Mexico, 87108. Nothing would please me more than being able to hire ten programmers and deluge the hobby market with good software.

Bill Gates
General Partner, Micro-Soft

Mais recente modificação por

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.