Alfabetização Digital

ALFABETIZAÇÃO DIGITAL

Consideremos, por exemplo, a diferença ente uma tarefa de pesquisa
escolar antes da existência da Internet e hoje. Antes, um aluno do
ensino médio coletaria informações para um trabalho pesquisando nos
livros da biblioteca da escola. Esses livros tinham sido avaliados no
minimo 2 vezes: uma vez pelo editor e uma vez pelo bibliotecário que os
adquiriu. Com a confiabilidade do conteúdo dos livros assim
estabelecida, o trabalho do estudante se limitava a coleta e ao resumo
das informações de diversas fontes da biblioteca.

Atualmente, um estudante que se baseia ao menos em parte nas informações
coletadas da Internet possui uma responsabilidade pessoal maior para
avaliar criticamente as fontes, devido a diferença de qualidade e
confiabilidade dos textos disponíveis. De fato, não é possível navegar
ou fazer uma busca na Internet sem avaliar a confiabilidade
das diversas fontes de informação. Um leitor toma decisões ao procurar a
informação numa pagina especifica, ao decidir se prossegue a busca
examinando outras paginas ou se retorna a ferramenta de busca para outra
tentativa. A alfabetização digital critica é um elemento essencial de
leitura na era on line. A leitura critica da web envolve a analise da
credibilidade de uma pagina, examinando o ponto de vista do autor,
questionando por que a informação se apresenta daquela forma especifica,
considerando que tipos de informações são omitidas e determinando que
interesses são atendidos pela ênfase e organização da pagina.

Há mais de meio século já havia sido identificada a dificuldade e a
importância de administrar a quantidade de informação em rápida expansão
da Era Moderna. O desenvolvimento da WWW, junto com diversos outros
bancos de dados públicos e comerciais on line, permitiu o acesso pessoal
sem precedentes a informações mundiais.

Entre os conhecimentos e as habilidades envolvidas na utilização das
tecnologias da informação e comunicação (TICs) para localizar, avaliar e
utilizar as informações, incluem-se as seguintes capacidades:

- desenvolver boas questões de pesquisa,
- definir os lugares mais prováveis onde procurar informações relevantes,
- selecionar a ferramenta de busca mais apropriada,
- formular questões de busca adequadas,
- avaliar os resultados da busca, incluindo a confiabilidade,
a autoria e a aceitação geral da fonte,
- salvar e arquivar as informações obtidas,
- citar ou referir-se as informações coletadas.

A alfabetização digital envolve tanto o conhecimento especifico do uso
do computador (por exemplo, domínio do programa de navegação e das
ferramentas de busca) como habilidades de alfabetização critica mais
amplas (por exemplo, analise e avaliação das fontes de informação).

Muitas das informações disponíveis na Internet possuem qualidade
duvidosa. São indicados 4 tipos de conteúdo on line importunos. Entre
esse 4 tipos incluem-se:

- a informação incorreta que é falsa, desatualizada ou incompleta, de
uma maneira enganosa,
- a informação nociva, considerada "ruim", como imagens degradantes ou
outras informações que incitam o ódio ou a violência,
- a informação confusa que é organizada e apresentada de modo
insatisfatório a ponto de não ser realmente utilizável, e
- a informação inútil em geral, que é abundante na web.

Todos esse tipos de informação importuna também existem em outras
mídias, mas a web apresenta perigos específicos (assim como promessas)
por causa da falta de selecionadores (gatekeepers).

Há uma grande diferença entre informação e conhecimento, e a
alfabetização digital é decisiva para a capacidade de transformar a
primeira no segundo.

Texto adaptado de: Warschauer, Mark. Tecnologia e inclusão social. São
Paulo: Senac, 2006. p. 156-159.

AMBIENTE PEDAGÓGICO COLABORATIVO (APC)

A Secretaria Estadual de Educação do Paraná criou um portal para que os professores compartilhem na Internet as suas criações de materiais didáticos e experiências em sala de aula.

É O AMBIENTE PEDAGÓGICO COLABORATIVO (APC)

http://www8.pr.gov.br

Achei uma ideia MUITO LEGAL!

Cadastre-se, pesquise e tambem contribua.

Ambientes Digitais de Aprendizagem – ADAs

Alguns artigos sobre Ambientes Digitais de Aprendizagem :

Criando uma plataforma para Projetos de Aprendizagem: desafios e reflexões no desenvolvimento do AMADIS
Autores: Juliano de Vargas Bittencourt, James Zortéa, Lilian Junqueira, obson Mendonça, Marcus Vinícius Basso, Léa da Cruz Fagundes, Crediné ilva de Menezes, Rosane Aragon de Nevado
http://www.cinted.ufrgs.br/renote/jul2006/artigosrenote/a42_21221.pdf

Ambientes Virtuais de Aprendizagem e suas possibilidades construtivistas
Autores: Luciano da Costa e Sérgio Franco
http://www.cinted.ufrgs.br/renote/maio2005/artigos/a25_ambientesvirtuais.pdf

Interação dialógica: Uma proposta teórico-metodológica em ambientes virtuais de aprendizagem
Autoras: Margarete Axt, Carime Rossi Elias, Janete Sander Costa, Elena ídia Sol (in memoriam), Paloma Dias Silveira
http://www.cinted.ufrgs.br/renote/jul2006/artigosrenote/a32_21197.pdf

APRENDIZAGEM COLABORATIVA NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ASPECTOS TEÓRICOS, ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS E EXPERIÊNCIAS REALIZADAS
Luciano Andreatta Carvalho da Costa Sergio Roberto Kieling Franco
http://penta3.ufrgs.br/Ciclo8/artigo25158.pdf

Editores de HTML e de Imagens

Uma relação grande de endereços de editores HTML e de editores de imagens de software livre.

Editores de HTML:
Amaya (Windows e Linux) http://www.w3.org/Amaya/
NVU (Windows e Linux) http://www.nvu.com
Kompozer (Windows e Linux) http://www.kompozer.net/
SeaMonkey Composer (Windows e Linux) http://www.seamonkey-project.org/
Bluefish (Linux) http://bluefish.openoffice.nl/
Screem (Linux) http://www.screem.org/
Quanta (linux) http://quanta.kdewebdev.org/

http://oficinas.psico.ufrgs.br/html/html/index_html.htm
http://www.icmc.usp.br/ensino/material/html/
http://www.linuxnewmedia.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM09_bluefish.pdf
http://www.linuxmagazine.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM14_editoresHTML.pdf

=======================

Editores de imagens:
Gimp (Windows e Linux) http://www.ogimp.com.br/
Inkscape (Windows e Linux) http://br.gnome.org/bin/view/InkscapeBrasil/

http://www.rau-tu.unicamp.br/gimp/read.php
http://www.novateceditora.com.br/livros/gimp/sumario8575220772.pdf
http://www.novateceditora.com.br/livros/gimp/capitulo8575220772.pdf
http://blogdodesenhador.blogspot.com/2007_11_01_archive.html#2643023419018093478
http://www.tuxresources.org/blog/archives/183
http://www.vivaolinux.com.br/dicas/verDica.php?codigo=7230
http://nacaolivre.org/2007/03/05/diga-adeus-ao-photoshop-efeitos-de-camadas-no-gimp/
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=4266
http://blog.thembid.com/index.php/2007/08/24/removing-backgrounds-quickly-in-the-gimp/
http://freakcode.wordpress.com/2007/11/19/lidando-com-a-interface-do-gimp/
http://www.dicas-l.com.br/dicas-l/20071208.php
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=4025[
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=4457
http://br-linux.org/linux/cmyk_no_gimp_com_o_plug-in_separate___
http://cidandrade.blogspot.com/2006/09/gimp.html
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=5471
http://www.softwarelivre.org/news/2074
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=6101
http://www.linuxnewmedia.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM05_gimp.pdf
http://www.linuxnewmedia.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM07_gimp.pdf
http://www.linuxnewmedia.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM11_GIMP.pdf
http://hamacker.wordpress.com/2007/09/28/lancado-o-plugin-liquid-rescale-para-o-gimp/
http://br-linux.org/linux/cmyk_no_gimp_com_o_plug-in_separate___

http://www.linuxnewmedia.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM12_inkscape.pdf
http://www.linuxnewmedia.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM03_ilustracao.pdf
http://fabianopereiradesigner.blogspot.com/2008/01/vetorizando-com-inkscape-parte-2-de-2.html
http://fabianopereiradesigner.blogspot.com/2007/12/software-livre-para-web-desenho.html
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=5688
http://br.gnome.org/bin/view/InkscapeBrasil/