Ambientes Digitais de Aprendizagem – ADAs

Alguns artigos sobre Ambientes Digitais de Aprendizagem :

Criando uma plataforma para Projetos de Aprendizagem: desafios e reflexões no desenvolvimento do AMADIS
Autores: Juliano de Vargas Bittencourt, James Zortéa, Lilian Junqueira, obson Mendonça, Marcus Vinícius Basso, Léa da Cruz Fagundes, Crediné ilva de Menezes, Rosane Aragon de Nevado
http://www.cinted.ufrgs.br/renote/jul2006/artigosrenote/a42_21221.pdf

Ambientes Virtuais de Aprendizagem e suas possibilidades construtivistas
Autores: Luciano da Costa e Sérgio Franco
http://www.cinted.ufrgs.br/renote/maio2005/artigos/a25_ambientesvirtuais.pdf

Interação dialógica: Uma proposta teórico-metodológica em ambientes virtuais de aprendizagem
Autoras: Margarete Axt, Carime Rossi Elias, Janete Sander Costa, Elena ídia Sol (in memoriam), Paloma Dias Silveira
http://www.cinted.ufrgs.br/renote/jul2006/artigosrenote/a32_21197.pdf

APRENDIZAGEM COLABORATIVA NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ASPECTOS TEÓRICOS, ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS E EXPERIÊNCIAS REALIZADAS
Luciano Andreatta Carvalho da Costa Sergio Roberto Kieling Franco
http://penta3.ufrgs.br/Ciclo8/artigo25158.pdf

Julgamento Moral – Jean Piaget

Vejam abaixo quatro das questões que Jean Piaget utilizou para
investigar o desenvolvimento do juízo moral nas crianças.
Especificamente se referem a uma maior ou menor culpabilidade em casos
de roubo.

Vocês já devem ter estudado isso.

As crianças menores (6 anos) tendem a considerar mais grave o roubo de
um objeto grande. Não são consideradas as intenções presentes no ato de
roubar. Comparativamente, é mais condenável o ato de roubar um pãozinho
para dar a um amigo pobre que está faminto do que o ato de roubar para
si um pequeno laço de fita para o cabelo.

A tendência das crianças maiores (9-10 anos) é considerar mais
importante as intenções. O tamanho do objeto roubado não importa. Assim,
quem rouba com motivos altruístas é menos culpável do que quem rouba
para benefício próprio.

Tive a idéia de fazer uma pequena pesquisa adaptando essa perguntas para
a população adulta. E, mais especificamente, para a questão da compra e
do uso de cópias ilegais de software.

Seria possível?

=====================

Pág. 108 do livro de Jean Piaget. O Julgamento Moral na Criança. São
Paulo: Mestre Jou, 1973.

1a) O menino Alfredo encontra um amigo muito pobre. Esse menino lhe diz
que não havia almoçado naquele dia, porque em sua casa não havia nada
para comer. Então, Alfredo entra numa padaria mas, como não tinha
dinheiro, aproveita o momento em que o atendente está de costas para
roubar um pãozinho. Sai depressa e dá ao amigo.

1b) Letícia entra em uma loja. Vê sobre o balcão um lindo laço de fita e
acha que ficaria bem em seu cabelo. Então, enquanto a vendedora está de
costas, rouba a fita e foge logo em seguida.

2a) Albertina tinha uma amiga que criava um passarinho numa gaiola.
Albertina achava que o pássaro era infeliz e pedia sempre para que sua
amiga o soltasse. Mas a menina não aceitava. Então, um dia em que a
amiga não estava em casa, Albertina foi libertar o passarinho. Soltou-o
e escondeu a gaiola bem longe, para que ninguém mais prendesse pássaros
nela.

2b) Julieta roubou bombons de sua mãe, num dia em que ela não estava, e
os comeu às escondidas.

Combate à pirataria

Fiz uma pesquisa e encontrei alguns documentos sobre pirataria de software no sítio da BSA. Mas ainda não consegui dados mais detalhados sobre a realidade brasileira.

http://www.bsa.org/brazil/research/upload/IDC-Study.pdf
http://www.bsa.org/portugal/resources/upload/BSA%20Portugal%202006%20IDC%20Whitepaper.pdf
http://www.bsa.org/brazil/research/upload/Estudo%20IDC%20Final-2.pdf
http://www.bsa.org/brazil/research/upload/Global-Piracy-Study-2004-portuguese-Nov2004.pdf
http://www.bsa.org/brazil/research/upload/Oitavo-Estudo-Anual-Pirataria-de-Software-no-Mundo.pdf
http://www.bsa.org/brazil/research/upload/Informacoes-resumidas-dos-paises-da-America-Latina.pdf
http://www.bsa.org/brazil/research/upload/Setimo-Estudo-Global-de-Pirataria-de-Software-BSA.pdf
http://www.bsa.org/brazil/research/upload/Brazil-Slide-Presentation.ppt
http://www.bsa.org/brazil/research/upload/White-Paper.pdf
http://www.bsa.org/brazil/research/upload/VII-Estudo-sore-pirataria-de-software.pps
http://www.bsa.org/idcstudy/pdfs/Latin_America.pdf
http://www.bsa.org/idcstudy/pdfs/Brazil.pdf
http://www.bsa.org/idcstudy/pdfs/White_Paper.pdf
http://www.bsa.org/idcstudy/pdfs/Argentina.pdf
http://www.bsa.org/idcstudy/pdfs/Uruguay.pdf

Há também o www.mj.gov.br/combatepirataria .

Editores de HTML e de Imagens

Uma relação grande de endereços de editores HTML e de editores de imagens de software livre.

Editores de HTML:
Amaya (Windows e Linux) http://www.w3.org/Amaya/
NVU (Windows e Linux) http://www.nvu.com
Kompozer (Windows e Linux) http://www.kompozer.net/
SeaMonkey Composer (Windows e Linux) http://www.seamonkey-project.org/
Bluefish (Linux) http://bluefish.openoffice.nl/
Screem (Linux) http://www.screem.org/
Quanta (linux) http://quanta.kdewebdev.org/

http://oficinas.psico.ufrgs.br/html/html/index_html.htm
http://www.icmc.usp.br/ensino/material/html/
http://www.linuxnewmedia.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM09_bluefish.pdf
http://www.linuxmagazine.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM14_editoresHTML.pdf

=======================

Editores de imagens:
Gimp (Windows e Linux) http://www.ogimp.com.br/
Inkscape (Windows e Linux) http://br.gnome.org/bin/view/InkscapeBrasil/

http://www.rau-tu.unicamp.br/gimp/read.php
http://www.novateceditora.com.br/livros/gimp/sumario8575220772.pdf
http://www.novateceditora.com.br/livros/gimp/capitulo8575220772.pdf
http://blogdodesenhador.blogspot.com/2007_11_01_archive.html#2643023419018093478
http://www.tuxresources.org/blog/archives/183
http://www.vivaolinux.com.br/dicas/verDica.php?codigo=7230
http://nacaolivre.org/2007/03/05/diga-adeus-ao-photoshop-efeitos-de-camadas-no-gimp/
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=4266
http://blog.thembid.com/index.php/2007/08/24/removing-backgrounds-quickly-in-the-gimp/
http://freakcode.wordpress.com/2007/11/19/lidando-com-a-interface-do-gimp/
http://www.dicas-l.com.br/dicas-l/20071208.php
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=4025[
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=4457
http://br-linux.org/linux/cmyk_no_gimp_com_o_plug-in_separate___
http://cidandrade.blogspot.com/2006/09/gimp.html
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=5471
http://www.softwarelivre.org/news/2074
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=6101
http://www.linuxnewmedia.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM05_gimp.pdf
http://www.linuxnewmedia.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM07_gimp.pdf
http://www.linuxnewmedia.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM11_GIMP.pdf
http://hamacker.wordpress.com/2007/09/28/lancado-o-plugin-liquid-rescale-para-o-gimp/
http://br-linux.org/linux/cmyk_no_gimp_com_o_plug-in_separate___

http://www.linuxnewmedia.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM12_inkscape.pdf
http://www.linuxnewmedia.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM03_ilustracao.pdf
http://fabianopereiradesigner.blogspot.com/2008/01/vetorizando-com-inkscape-parte-2-de-2.html
http://fabianopereiradesigner.blogspot.com/2007/12/software-livre-para-web-desenho.html
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=5688
http://br.gnome.org/bin/view/InkscapeBrasil/