Vídeo Richard Stallman na Globonews

Richard Stallman na GloboNews

Fonte: http://video.google.com/videoplay?docid=-1466630128287365475

Entrevista de Richard Stallman ao programa Milênio do canal Globonews, em 19 de março de 2002.

Clique aqui para baixar a transcrição da entrevista em arquivo PDF.

Informações disponibilizadas na Wikipédia sobre Richard Stallman.

Introdução da reportagem

O espírito de liberdade, igualdade e fraternidade dos anos 60 continua vivo. E não é tanto nas ruas, no uso de drogas ou entre os hippies cada vez mais marginalizados. É no centro da chamada Nova Economia, no motor da inovação tecnológica. A Internet, o PC – o computador pessoal – e a criação dos software – os programas de computador que hoje comandam a vida moderna – tudo isso nasceu nos anos 60 e 70 e conserva, em grande parte, o espírito livre e rebelde dos jovens daquela época.

Mas essa liberdade luta contra a ocupação da Internet e da indústria do software pelos grandes interesses comerciais, que se valem das Leis de Direito Autoral e de propriedade intelectual para demarcar territórios. O Movimento pelo Software Livre começou nos anos 70 e 80, e hoje avança em todo o mundo. Calcula-se que 1/3 dos computadores ligados a Internet já usam um programa de domínio público, como o Linux, e essa fatia está crescendo.

O fundador do movimento Richard Stallman, 49 anos, preserva o espírito de rebeldia e contestação. Ele lidera a crescente comunidade de programadores que abrem mão de direitos autorais sobre sua criação. Mas software livre não quer dizer software de graça: cobrando uma quantia moderada pelas cópias, quem participa do movimento não tem os lucros astronômicos da indústria do software mas sobrevive.

O Movimento pelo Software Livre se coloca no centro de uma luta crucial do nosso tempo. De um lado os interesses comerciais, do outro aqueles que pregam o acesso livre e universal aos produtos da criação intelectual, sejam ele software, livros, música ou novos remédios. O sucesso do movimento de Richard Stallman mostra que existe um caminho aberto para a liberdade.

Mais recente modificação por

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.